Evento sobre bitcoin para de aceitar pagamentos de ingressos com bitcoin

Paulo Higa
Por
• Atualizado há 1 mês
Foto por Marco Verch/Flickr

O bitcoin é um dos assuntos mais comentados dos últimos tempos, não apenas no nicho de tecnologia. Só que o rápido crescimento da criptomoeda tem causado alguns problemas: as taxas de transação ficaram muito altas e o tempo para processar um pagamento está cada vez mais longo. Por isso, algumas empresas deixaram de aceitar bitcoins, incluindo… uma conferência sobre bitcoins.

A North American Bitcoin Conference (TNABC) acontecerá em Miami na semana que vem e se autodenomina “a conferência sobre blockchain mais importante do ano”. Os ingressos do último lote estão sendo vendidos por US$ 1.000 e podiam ser pagos com cartão de crédito ou criptomoeda. Podiam.

Nesta edição, a empresa responsável pela organização decidiu parar de aceitar pagamentos com criptomoedas “devido ao congestionamento da rede e ao processamento manual” das transações. A companhia faz questão de ressaltar que “sempre aceitará criptomoedas para as conferências”, mas somente até 14 dias antes do evento.

Isso será necessário para cumprir prazos, já que transações pagas com bitcoins precisam ser registradas manualmente no sistema da empresa, o que leva tempo. Além disso, como a rede do bitcoin está congestionada, os pagamentos podem levar horas ou dias até serem confirmados.

A capacidade limitada da rede é um problema antigo do bitcoin. O usuário decide quanto quer pagar de taxa de transação; quanto maior a taxa, mais rápido o pagamento será processado. No entanto, como uma grande quantidade de pessoas passou a utilizar o bitcoin, as taxas ficaram altas demais. A tarifa média era de US$ 6 no começo de 2017, passou para US$ 30 em outubro e atingiu um pico de US$ 162 no Natal.

¯\_(ツ)_/¯

Com informações: Bitcoin News

Receba mais sobre Bitcoin na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Paulo Higa

Paulo Higa

Ex-editor executivo

Paulo Higa é jornalista com MBA em Gestão pela FGV e uma década de experiência na cobertura de tecnologia. No Tecnoblog, atuou como editor-executivo e head de operações entre 2012 e 2023. Viajou para mais de 10 países para acompanhar eventos da indústria e já publicou 400 reviews de celulares, TVs e computadores. Foi coapresentador do Tecnocast e usa a desculpa de ser maratonista para testar wearables que ainda nem chegaram ao Brasil.

Canal Exclusivo

Relacionados