Backdoor

Asus corrige brecha que distribuiu malware para milhares de PCs via atualização

26/03 às 17h04 por

Cerca de 500 mil computadores da Asus com Windows receberam um backdoor através da ferramenta de atualização Live Update: ele identificava se o PC tinha um endereço MAC específico e, em caso afirmativo, baixava malware para a máquina. A Asus atualizou o Live Update e implementou medidas de segurança para evitar que isso aconteça de novo. Celulares da Nokia são investigados na Finlândia por enviarem dados à China

OnePlus esquece de desinstalar app que funciona como backdoor nos smartphones

14/11/2017 às 17h03 por

A Qualcomm libera para as fabricantes de smartphones um aplicativo de diagnóstico chamado EngineerMode, que permite testar os componentes de hardware do aparelho. Mas ele é tão poderoso que pode dar acesso root a qualquer um, sem necessidade de desbloquear o bootloader, abrindo uma potencial brecha de segurança. E a OnePlus esqueceu de removê-lo de seus dispositivos. O EngineerMode é uma ferramenta utilizada somente dur

Reino Unido quer brechas na criptografia do WhatsApp após atentado

27/03/2017 às 14h11 por

O ataque terrorista em Londres, na semana passada, reabriu uma velha discussão sobre a criptografia dos aplicativos de mensagens. O governo do Reino Unido quer abrir uma brecha na proteção do WhatsApp (ou seja, um backdoor) para monitorar os usuários e evitar que o mensageiro seja utilizado como meio de comunicação por terroristas. A secretária de assuntos internos do Reino Unido, Amber Rudd, declarou à BBC

Aplicativo malicioso para Android instala malware no Windows

04/02/2013 às 12h50 por

A Kaspersky descobriu no final de janeiro um novo malware para Android. O aplicativo malicioso estava sendo distribuído na Play Store há pelo menos duas semanas e tinha uma característica diferenciada: em vez de infectar o próprio Android, o malware usava o dispositivo para instalar um trojan no Windows. Ele também era capaz de gravar conversas usando o microfone do PC, sem que o usuário soubesse. O aplicativo malicioso se chamava Superclean e prometia deixar o Android mais rápido fin

Carregar mais posts