Comportamento

Tecnocast 058 – Viciados em Likes

03/02/2017 às 00h47 por

O algoritmo do Facebook é capaz de diferenciar posts negativos e positivos. Também consegue entender como as pessoas reagem a essas publicações, mas não dá pra dizer que ele se importa muito com isso. Na verdade, entender o que as pessoas sentem é importante, mas por outro motivo: aumentar o tempo de retenção. Lá dentro, somos como ratos em um laboratório virtual, sendo testados, observados e alimentado

Tecnocast 053 – ⭐️⭐️⭐️⭐️⭐️

18/11/2016 às 00h48 por

Atendendo a pedidos, gravamos o primeiro Tecnocast sobre Black Mirror. Hoje conversamos sobre o episódio Nosedive (s03e01). Como seria viver em um mundo onde todas as nossas interações são avaliadas? E se fôssemos obrigados a ter uma nota alta para entrar em restaurantes, alugar carros ou até comprar uma casa? Dá o play e vem com a gente. 😉

Tecnologia, eleições e a luta do Facebook contra a disseminação de boatos

11/11/2016 às 15h55 por

É preciso falar do elefante na sala. Sim, Donald Trump, contrariando praticamente todas as estatísticas, venceu as eleições presidenciais dos Estados Unidos. E antes que esse post seja só mais um entre tantos textos enfadonhos sobre política, garanto que vamos falar aqui de tecnologia e comportamento, não se preocupem. Portanto, sente-se confortavelmente e venha comigo. O impacto da tecnologia em sistemas eleitorais Há alguns anos as redes sociais vêm ganhando mais poder de mídia, poder de diss

RateMe permite avaliar amigos como em Black Mirror

08/11/2016 às 11h43 por

Claro que isto demorou para acontecer: a Netflix criou um aplicativo chamado RateMe, que permite avaliar qualquer pessoa com até cinco estrelas. E você também pode descobrir a nota de todo mundo, bastando digitar o nome da pessoa na página. Assim, se um colega de trabalho chato estiver com nota baixa, você pode impedir que ele entre no escritório hoje, por exemplo. Tecnocast 088 – O Tinder do Facebook

Um app que analisa os hábitos do usuário para bloquear o smartphone em caso de roubo

04/11/2014 às 20h29 por

Pesquisadores da Universidade Caledônia de Glasgow, no Reino Unido, estão trabalhando em um software que promete bloquear automaticamente o seu smartphone em caso de roubo ou furto. Como? Analisando os seus hábitos de uso. Ao perceber um comportamento fora do padrão, o aplicativo entra no modo de proteção. Para funcionar da maneira esperada, o software precisa analisar os hábitos do usuário por, no mínimo, uma semana. Vários dados são coletados e analisados: identificação das torres de celulares, redes Wi-Fi normalmente detectadas, níveis de iluminação e ruído dos ambientes

Colocar modelos em estandes de eventos não aumenta o público, diz CMO da Frontback

20/01/2014 às 18h33 por

Já faz algum tempo que a importância das booth babes vem sendo questionada. Elas são aquelas modelos bonitas que ficam fazendo pose nos eventos e viraram meio que uma marca dos de tecnologia, de tão frequente que é a presença delas. A intenção é que atraiam o público para um estande e interajam com ele, fazendo com que fique interessado no produto que elas promovem. Mas, na prática, as garotas passam o dia todo em pé, com roupas desconfortáveis e saltos altos, aguentando cantadas e posando para fotos de pessoas que não têm o mínimo interesse na empresa. E, mesmo que tivessem

Facebook mostra quando os casais mais se separam

03/11/2010 às 10h08 por

Os casais que escolherem divulgar sua relação no Facebook podem marcar que estão juntos através da característica de relacionamentos do site. Podem marcar a opção de casados, namorando, noivos e diversas outras. A rede social guarda isso em privado ou divulga para todo mundo, dependendo do que o usuário escolher. O importante é que eles registram tanto os dados de quando a relação começou no site e quanto da data em que ela terminou. Por curiosidade, um pesquisador resolveu angariar os dados públicos de quando os casais marcaram o término de uma r

10% dos jovens consideram normal responder SMS durante ato sexual

06/05/2010 às 19h11 por

A Retrevo fez mais um levantamento com seus frequentadores, e, de acordo com essa amostra, concluiu que responder a SMSs está sendo considerado normal até nas situações mais íntimas, principalmente por jovens de até 25 anos. A pesquisa concluiu que, para a faixa etária que vai até 25 anos: Responder um SMS durante uma reunião é considerado normal para 22% dos entrevistados; Responder durante uma refeição não é nada de mais para 49% deles; Responder enquanto se está no banheiro é normal pra 24% dos pesquisados; Para 10% dos entrevi

Sites de notícias são mais populares que jornais impressos nos EUA

01/03/2010 às 16h14 por

Um estudo conduzido pela empresa Pew Research Center e divulgado nesta segunda-feira mostra que a internet se tornou oficialmente a terceira maior fonte de informações para o norte-americano médio, ficando atrás apenas da televisão. Depois de entrevistar 2.259 adultos entre os últimos dias 28 de dezembro e 19 de janeiro, concluíram que: 92% dos entrevistados costumam se informar diariamente em mais de um tipo de mídia.