Ir para o conteúdo.

Início » Web e redes sociais » Amazon brasileira está no ar com Kindle por R$ 299

A espera acabou. Nesta madrugada, a Amazon finalmente iniciou suas operações no Brasil. A gigante do varejo americano começou a vender livros digitais no país, todos com preços em reais, que podem ser lidos no Kindle e nos aplicativos para as principais plataformas. No site brasileiro, a empresa também afirma que começará a vender o Kindle mais básico pelo preço de R$ 299.

A estreia da Amazon no Brasil era esperada para esta semana, quando a Exame publicou informações de que a empresa havia fechado acordos com editoras e começou a divulgar o domínio amazon.com.br para seus parceiros e distribuidores de conteúdo. Na terça-feira (4), o Blog do Jotacê encontrou imagens hospedadas na própria Amazon que exibiam fotos do Kindle em português e o logotipo da versão nacional.

Nesta fase inicial, a Amazon não está vendendo produtos físicos — provavelmente não será neste Natal que você comprará eletrônicos na lojinha de Jeff Bezos. Mas pelo menos há a promessa do Kindle: o e-reader será vendido “nas próximas semanas” por R$ 299 e os interessados podem fazer o cadastro neste link para receber a novidade em primeira mão. Na loja americana, o modelo era vendido por US$ 89 para os brasileiros, mas as taxas de importação deixavam o produto mais caro que na atual loja brasileira.

Kindle por R$ 299; vendas começam nas próximas semanas

Quem comprar livros na Amazon brasileira poderá lê-los no iPhone, iPod touch, iPad, Android, Windows 8, PC e Mac. Esta é uma das restrições da loja: não é possível ler os livros em e-readers concorrentes ou plataformas não suportadas. Se você não quiser gastar dinheiro, também há livros gratuitos, como obras de domínio público — tem Dom Casmuro, de Machado de Assis, por exemplo. O download dos aplicativos do Kindle pode ser feito na página da Amazon.

Coincidentemente, a Amazon abre sua loja virtual no mesmo dia em que o Google libera a venda de livros e filmes na Play Store brasileira e quando a Livraria Cultura começa a vender o Kobo Touch, leitor de livros digitais da canadense Kobo e concorrente do Kindle.

Atualizado às 01h15.

60 Comentários (Deixe o seu!)

  • Wallyson Rodrigo
    1c

    show de bola

    • Lucas
      164c

      R$ 300,00 pelo kindle que custa R$ 69,00 lá?
      Não.

      • Lucas
        164c

        US$ 69,00 lá

        • YanGM
          1c

          “Na loja americana, o modelo era vendido por US$ 89 para os brasileiros, mas as taxas de importação deixavam o produto mais caro que na atual loja brasileira.”

          89 dólares dos Estados Unidos = 188,67 Reais

          Considerando as taxas absurdas de importação, creio que o preço seja justo.

          • twi_41024155
            1c

            Nao pense que o preco de fabricacao do kindle e’ $69. $69 e’ o preco que o kindle vai pra o consumidor nos EUA ja incluindo todos os tributos dos EUA. Eles fabricam o Kindle por muito menos que isso. R$299 ta muito caro mesmo. Na minha opiniao o preco justo desse kindle basico seria R$150. Nao vale mais do que R$200.

            • Rodrigo Fante
              151c

              Na verdade o Kindle é subsidiado nos EUA, ou seja, o valor dele é maior que esse 69, entao a base de calculo é essa mesmo.

        • ricardo
          1c

          Síndrome de insatisfação.

        • Kessler
          1724c

          Esse aí nunca importou alguma coisa e pagou 92% (!!) em impostos.

      • Rodrigo Fante
        151c

        69 com publicidade, tem que ver se o modelo que está vindo é este, ou sem publicidade inicialmente, que acho mais provável, aí sobe para 89 doláres, calculando impostos e cambio ele chegaria a R$310,00, ou seja, neste preço, está dando prejuízo.

  • Já baixei um livro sobre o Windows 8, de graça! :D

    • Kantaro
      93c

      Internet Explorer 7 e Windows 8?!?!

      • YanGM
        1c

        IE Tester, deve ser designer com preguicite de trocares de navegador.

      • Vinícius
        1602c

        Agente do usuário ou modo de compatibilidade.

  • Diego F. Duarte
    27c

    E tem Cyanogen ainda, acho que serve como um bom tab barato *_*

    • Diego F. Duarte
      27c

      Ops, achei q era o Kindle fire, malz…

  • Linka Brasil
    1c

    Enfim, um passo muito importante para o comércio online!

  • Joao Marcelo
    2c

    Alguém sabe dizer como ficará para quem tem conta [e livros comprados] na Amazon americana? Eles ainda estão aparecendo no Kindle, mas continuarão? E para gerenciar as duas contas, como funcionará? Dúvidas, muitas dúvidas…

    • Joao Marcelo
      2c

      Ao tentar comprar um livro na loja brasileira, automaticamente eles oferecem para você migrar todos os livros comprados da loja americana para a brasileira.

    • Adriano Garcia
      3c

      Estou com o mesmo problema. E, pelo que vi, a solução não é simples. Você pode até transferir sua conta da Amazom americana para a brasileira, mas os preços dos ebooks em inglês na loja brasileira são MUITO mais caros. Manter as duas contas também é complicado: você precisa “desregistrar” e “reregistrar” seu Kindle para acessar as bibliotecas das duas contas. Se você usa iPad, isto significará que todos os livros serão apagados na troca de contas, e rebaixados depois a cada troca.

  • Leandro Gouvea
    1c

    Alguém sabe se a loja brasileira vai vender o Kindle Paperwhite também?

    • Alexandre
      85c

      http://idgnow.uol.com.br/internet/2012/12/06/amazon-vai-vender-kindle-reader-na-loja-brasileira-por-r-299/

      Dentro de algumas semanas

    • Alexandre
      85c

      Anunciaram que “dentro de algumas semanas”, mas não exatamente quando

      • Alexandre, aonde tu pegou essa informação? Também tou seco pelo paperwhite.

  • Robuske
    13c

    Um detalhe BEM importante, não é o Kindle Touch =(
    Em nenhum momento é citado touch screen nem nada do tipo. Mas continua sendo um ótimo começo

  • Ainda prefiro o kobo por causa das limitações do Kindle … mesmo com esse preço atraente

    • Vinícius
      1602c

      Uma reliquia ;O !! Firefox 2 e windows 98

  • Legal, mas falta o resto da turma Kindle, em especial o tão bem falado Kindle Paperwhite.

  • Yago G. Oliveira
    446c

    Estou sentindo cheiro de Dumping

    • RamonGonz
      638c

      com esses preços lá no cume do monte? dificil hein…

  • Viktor Sabóia
    11c

    Só não entendo porque a gente tem que receber o lixo tecnológico dos outros países e pelo dobro do preço praticado lá fora.
    Esse kindle versão defasada que estão anunciando é vendido lá fora por $69, o que dá mais ou menos uns 140 reais, até onde eu me lembro os e-readers entraram na lei de importação de livros, então não pagam impostos, então que diabos de roubo é esse?
    Além disso enquanto não vier o paperwhite, que eu já estava sonhando comprar pro natal, e, além disso, o preço dos livros não estiverem bem abaixo da versão física, o que não acontece hoje, se depender de mim, a Amazon vai a falência no Brasil.
    Seja bem vinda…

    • Kessler
      1724c

      até onde eu me lembro os e-readers entraram na lei de importação de livros

      Não, não entram.

  • Leonardo Caldas
    49c

    Estou achando os valores cobrados pelos livros um pouco altos.

    Não consigo entender a lógica de venda de um livro digital por na Amazon por R$ 27,31 (exemplo de “As crônicas de gelo e fogo”, do George R. R. Martin) quando a versão em papel do mesmo livro custa R$ 31,90 na Siciliano…

    • luizrsilveira
      1c

      Pensei a mesma coisa. Espero que os preços fiquem mais atraentes, porque se ficar assim…

  • Cristiano Viana Alves
    11c

    R$ 40 por tormenta das espadas… Pelo menos já possível comprar!

    • Denis Belo
      419c

      E pelo menos você não precisa carregar aquele livro monstruoso! Fora que A Dança dos Dragões é mais pesado ainda….

      • Leonardo Caldas
        49c

        Mas a meu ver o problema aí não é nem tanto a questão da comodidade (que é óbvia). É que independente dos custos que as empresas que negociam com ebooks possam alegar que tenham, eles com certeza são bem menores que os envolvidos na produção, logística de distribuição, etc, dos custos envolvidos na venda de livros de papel…

        A meu ver não há argumento que explique os preços finais serem quase os mesmos.

        • Kessler
          1724c

          O problema é o mesmo que ocorre em distribuição de jogos digital: as editoras não querem irritar os varejistas colocando preços muito mais baixos que as cópias físicas.

          Infelizmente assim realmente não vale a pena comprar: livros você acha promoções, sebos, etc. Sai muito mais barato.

  • lucasv_vieira
    60c

    Alguém sabe se eu posso comprar um Kindle Paperwhite importado e usar ele na loja brasileira da Amazon ?

  • Rodrigo Nunes Panceri
    4c

    Baixei o app para Windows 7, conectei na loja, escolhi um livro e na hora de fazer o download aparece um aviso que não aparece nenhum dispositivo ou cadastro de Kindle Reader disponível…

    Alguém mais encontrou problema semelhante?

  • Alexandre Cinci
    40c

    U$D89,00 = R$178 + 60%imposto de entrada + 18 ICMS (SP) = 336…

    CADE A LEI QUE BARATEIA OS E-BOOKS?

    CADE A LEI QUE BAIXARIA EM ATE 30% OS PREÇOS DE TABLETS E SMATPHONES ANTES DO NATAL?

    Enquanto um engravatado com patente politica ficar fazendo promessa, vai ser dificil sair alguma coisa e mais dificil ainda acreditar. Cade o Excelentissimo Ministro Paulo Bernardes cumprir suas promessas?

  • Alexandre Cinci
    40c

    Alguem encontrou algum livro em portugues de graça????

  • marcos__freitas
    4c

    É, ia de Kobo, mas o preço do Kindle + catálogo bizarramente grande (já que todos livros dos EUA também estão disponíveis) me fizeram optar pelo Kindle. Deve lançar semana que vem, então o esquema é a partir de domingo ficar no F5 no site da Amazon hahahah

    O único contra, que nem sei se é contra, é o fato de não ser touch. Pelo que eu li de reviews e opiniões muita gente prefere que seja por botão mesmo, para segurar mais facilmente e trocar de páginas usando o botão

  • Marcos Oliveira
    205c

    Criei a conta na Amazon e baixei o app pra Android.
    Depois lembrei por que eu tinha optado pelo Aldiko pra ler meus eBooks no celular… O KINDLE TRAVA TODO O ECOSSISTEMA DO MEU GALAXY WONDER!!! Affff…

    Sério… trava tudo! Às vezes na tela inicial do app! Affff
    Vou ter que continuar com o Aldiko mesmo. Sem sincronia com o meu futuro Kindle!

    • Marcos Oliveira
      205c

      O app do Kobo pra Android é legalzinho.
      Leve, prático e cheio de badulaques “sociais” (como publicar seu progresso de leitura no Facebook… ¬¬)
      Seria bem útil se eu optar pelo Kobo… Ô dúvida crueeeeel

  • Marcos Oliveira
    205c

    Alguém conhece (ou poderia fazer) um comparativo decente entre Kindle e Kobo? Eu vejo pouca diferença entre eles, já que o Kobo veio com o apoio (e catálogo!) da Livraria Cultura.

    Existe alguma bizarrice de incompatibilidade ou travas “a la Apple” em algum deles? Posso carregar meus ePubs (comprados ou “pirateados”) em ambos, de boa?

    • marcos__freitas
      4c

      Também estou querendo saber se alguém já testou os dois ou poderia fazer um comparativo.
      A diferença em usabilidade é o touchscreen, que o Kindle básico não possui. Em catálogo ai acho que a Amazon leva vantagem, já que todos livros que tem na Cultura, Saraiva e outras existem na Amazon e ela tem todo catálogo da loja americana, que é bizarramente gigante.

      E sim, existe trava no Kindle. Teoricamente, não sei se funciona tão bem assim, você pode comprar um e-book em outra loja e converter ele para o formato MOBI, que é um que o Kindle lê. Mas a princípio o Kindle só deixa você ler livros comprados pela Amazon.

      O Kobo por outro lado é livre disso, porém, obviamente, não aceita livros do formato AWZ (que é o padrão do Kindle)

      • Marcos Oliveira
        205c

        Achei esse comparativo:
        http://livrosdoexilado.org/raio-x-do-exilado-kobo-touch/

        Ele recomenda o Kobo para brasileiros que não fazem questão de livros em inglês (maior biblioteca da Amazon).
        Essa restrição e travas do Kindle me incomodam um pouco. Parece que mesmo o formato ePub ele não lê tão bem como o awz…

        Tô achando que vou de Kobo…

    • Leonardo Caldas
      49c

      Pelo menos até a versão DX do Kindle (que é a que eu tenho), o formato ePub não era suportado… Mas te indico uma ferramenta excelente chamada “Calibre”, que é um verdadeiro canivete suiço pra fazer conversões entre formatos.

      • Marcos Oliveira
        205c

        Eu já uso o Calibre pra converter PDFs pra ePub e ler no Aldiko (Android).
        Mas tipo… Não gosto de coisa-que-compra-aqui-só-usa-aqui! Essa trava do Kindle me preocupa… Se amanhã eu descubro que prefiro o Kobo e quero migrar pra ele, lá se vão todos os meus livrinhos!

        Por enquanto, acho o Kobo mais vantajoso… Mais parecido com a cultura Windows-roda-tudo, que de certa forma se repete no Android (guardadas as devidas proporçoes).

        • Leonardo Caldas
          49c

          O que eu não gostei do Kobo, pelo menos aquele sobre o qual o Exilado fez a resenha, é o tamanho da tela. Eu sou leitor voraz de quadrinhos, e faço muito conversões de arquivos para o formato cbz/cbr. Só que meu Kindle é o DX (9.7”), e fica confortável ler nele. Fico imaginando o desespero que não deve ser ler um quadrinho de formato originalmente americano convertido para um reader de 6”. Na verdade uma coisa que vem me irritando é perceber que os fabricantes vem diminuindo os tamanhos dos leitores… A Amazon mesmo, depois do DX, só fez diminui-lo. O tamanho de tela ideal pra mim seria o de uma folha de A4.

          Quanto aos formatos, também penso como você… o ideal é, sempre que a opção não-proprietária for mais vantajosa, usá-la. E nesse caso específico dos formatos de eBook, o epub é reconhecidamente o formato melhor e mais flexível!

  • Luiz Claudio Bastos
    4c

    Esta loja só vai vender Kindle? No futuro ela pretende ser como as outras lojas da rede que alem de kindle também vendem outros produtos?

  • Anderson Antonio Santos Costa
    29c

    Eh…a loja da Amazon não tem “Dom Casmurro” e grandes obras do Machado de Assis como “Quincas Borba” ou “A Mão e a Luva” grátis…Se eu estiver errado

    • Anderson Antonio Santos Costa
      29c

      …postem o link…

      • Kessler
        1724c

        http://www.amazon.com.br/Dom-Casmurro-ebook/dp/B008DMOKT4/ref=sr_1_2?s=digital-text&ie=UTF8&qid=1354815397&sr=1-2

        • Kessler
          1724c

          Tá, grátis não tem. Tem por 2 reais, que é o preço de “entrega” deles para fora dos EUA. Ocorria também na loja dos EUA, que os títulos eram um pouco mais caros para outros países por causa dos acordos para a distribuição via 3G.

          • Anderson Antonio Santos Costa
            29c

            Melhor baixar os livros que estão em domínio público no Superdownloads do q nas lojas da Google e da Amazon…

            • Marcos Oliveira
              205c

              E pra ler livros de domínio público, que geralmente estão em ePub (ou PDF, que dá pra converter), novamente é mais vantajoso o Kobo!
              Pelo menos é o que diz a análise que eu postei acima

  • Felipe Maricato Moura
    1c

    E isso ai pessoal eu resisti heroicamente a livros digitais por ter o prazer de ver minha biblioteca pessoal sempre crescendo. Também para minha filha me ver sempre com um livro na mão.

    Mas com o kiddle a esse preço vou ter que me render de vez.

    Sinto até uma tristeza mas não há resistência eterna contra tecnologia que traz tantas vantagens quanto essa.

  • Guilherme Jales
    3c

    Há uma semana eu disse que esperaria pelo Kindle em vez de comprar o Kobo. Não imaginava que a espera seria tão curta :P

  • meugadget
    5c

    Oi, gente. Eu acabei de disponibilizar meu livro de contos na Amazon brasileira. A publicação foi feita através da Kindle Direct Publishing. Quem quiser baixar e ler, ele está disponível gratuitamente por tempo limitado. O link é esse: https://www.amazon.com.br/dp/B003N3UZY2

Deixar comentário:

Leia | Política de Comentários.