Início » Comportamento » Homem expõe sua mulher nua ao vivo no serviço de streaming do PS4

Homem expõe sua mulher nua ao vivo no serviço de streaming do PS4

Por
4 anos atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Uma das funcionalidades do PlayStation 4 é permitir o streaming de vídeo ao vivo, o que é legal, por exemplo, para fazer gameplays mostrando a sua reação ou outro tipo de conteúdo relacionado a jogos – um casal criou um talk show chamado The Spartan Show que chamou atenção até da própria Sony.

Mas sempre tem um idiota que não sabe usar as coisas e esse conseguiu ser pior que o que esqueceu de desligar a webcam antes de fazer sexo com a namorada e teve o ato todo assistido ao vivo por inúmeros jogadores de World of Warcraft.

O usuário identificado como Darckobra resolveu transmitir pela internet uma bebedeira com a esposa. Depois de vários drinks, a mulher dormiu no sofá e ele achou que seria uma ótima ideia mostrar os peitos dela para toda a internet.

Sério: ele abaixou o decote da blusa dela até eles aparecerem.

ps4 unboxing 6

“This is why we can’t have nice things”

Como se isso já não fosse o suficiente para ele perder o direito de viver em sociedade, cerca de 15 minutos depois da primeira exposição, a transmissão ficou preta por um tempinho e, quando voltou, a mulher reapareceu completamente nua (e inconsciente).

O Twitch, que é o serviço que a Sony adotou no PS4 para fazer esses lives, tratou de banir o usuário Darckobra e reiterou suas políticas no Twitter:

“Continuamos a fazer a moderação de acordo com nossos Termos de Serviço. Conteúdo não-relacionado a games não é permitido. Ao usar o Playroom do PS4 (programa que permite gravar vídeos), o conteúdo deve ser sobre jogos.”

Ok, entendemos o recado. Mas o problema não pode ser ignorado dessa forma – quer dizer, não foi mencionado nada sobre ele na declaração – e tanto o Twitch quanto a Sony têm uma questão bem complicada nas mãos: é mais do que controle de conteúdo inapropriado, é o que fazer quando o meio é utilizado para expor uma pessoa de uma maneira com a qual ela não concorda – e, dado o estado que ela se encontra nas fotos (que não iremos mostrar aqui porque isso seria expô-la ainda mais), nem tinha como opinar.

Recentemente, temos visto vários casos de revenge porn que são certa forma semelhantes ao do Darckobra aqui no Brasil e que resultaram em suicídios das garotas. Ou seja, o assunto é muito, mas muito sério, e só banir os usuários que fazem isso não me parece nem de longe o suficiente ou adequado para desestimular esse tipo de atitude. Não é o caso de acabar com o serviço, já que este foi mais um caso isolado que algo que tem ocorrido com frequência (de fato, foi o primeiro que tivemos notícia), mas de ajudar a penalizar de maneira mais efetiva quem o utiliza “para o mal” – por exemplo, permitindo a localização dessas pessoas pelas autoridades.

Entramos em contato com a Sony para saber a posição dela e, assim que obtivermos uma resposta, damos o update.

Com informações: Daily Mail, Game Revolution

Mais sobre: ,
        • Thiago Roberto

          cade o video ?

          • msousap15

            Qual parte do “que não iremos mostrar aqui porque isso seria expô-la ainda mais” você não entendeu?

          • S¡las

            Nossa! Homens que estão discutindo muito, façam o imenso favor de se matarem, deu até náusea vê-los fazendo esse tipo de coisa.