Início » Mobile » Uma olhada de perto nos novos Moto X: hardware potente ou bateria?

Uma olhada de perto nos novos Moto X: hardware potente ou bateria?

Moto X Style tem Snapdragon 808, 3 GB de RAM e tela enorme de 5,7 polegadas.
Para os devoradores de bateria, o Moto X Play acompanha uma de 3.630 mAh.

Por
2 anos e meio atrás

Além de lançar a esperada nova geração do Moto G, a Motorola apresentou nesta terça-feira (28) a atualização do Moto X, que foi desmembrado em dois modelos. De um lado, temos o Moto X Style, um topo de linha gigante de 5,7 polegadas. Do outro, uma opção para quem precisa de bateria maior: o Moto X Play. O que eles têm de bom? Eu fui dar uma olhada de perto nos aparelhos.

A primeira impressão ao pegar os novos Moto X, bem frequente entre os colegas jornalistas que acompanhavam a coletiva de imprensa da Motorola, é: eles estão gigantes. Sim, a Motorola até fez um bom trabalho em reduzir as bordas ao máximo, para deixar o aparelho mais compacto, e a curvatura na traseira continua contribuindo para melhorar a pegada…

Moto X Style: grandalhão de 5,7 polegadas

Moto X Style: grandalhão de 5,7 polegadas

Moto X Style: detalhe da câmera frontal com flash LED para selfies

Moto X Style: detalhe da câmera frontal com flash LED para selfies

Moto X Style: as curvas de design da Motorola permanecem vivas

Moto X Style: as curvas de design da Motorola permanecem vivas

E essa traseira vermelha muito me agrada

E essa traseira vermelha muito me agrada

Mas nenhuma borda compacta ou design ergonômico é capaz de disfarçar a tela LCD (tchau, AMOLED) de 5,7 polegadas do Moto X Style. Particularmente, achei o aparelho bastante desconfortável de manusear e, claro, não há como alcançar as bordas da tela com apenas uma mão. Aqui, temos um concorrente legítimo para aparelhos como Galaxy Note 4 e iPhone 6 Plus, mas custando bem menos (ou pelo menos é o que a Motorola promete, já que o preço ainda não foi anunciado).

Já o Moto X Play pode até ter um display LCD um pouquinho menor, de 5,5 polegadas, mas o conforto é basicamente o mesmo do Moto X Style — e me fez ter bastante saudade da primeira geração do Moto X, de 4,7 polegadas, que encaixava perfeitamente nas mãos. Embora seja menos largo, a curvatura na traseira do Moto X Play é quase inexistente, porque a Motorola tentou aproveitar o máximo de espaço possível para encaixar uma bateria gigante de 3.630 mAh.

Moto X Play: na frente, a principal diferença é a falta do flash LED

Moto X Play: na frente, a principal diferença é a falta do flash LED

Moto X Play: uma traseira com toque emborrachado e textura... diferente

Moto X Play: uma traseira com toque emborrachado e textura… diferente

Moto X Play: o modelo vendido no Brasil terá suporte a dois chips

Moto X Play: o modelo vendido no Brasil terá suporte a dois chips

Moto X Play: tire o slot de SIM cards, vire-o e... olha, uma entrada para microSD

Moto X Play: tire o slot de SIM cards, vire-o e… olha, uma entrada para microSD

Moto X Play: tampa removível, mas bateria selada

Moto X Play: tampa removível, mas bateria selada

Moto X Play: sai o alumínio, entra o plástico

Moto X Play: sai o alumínio, entra o plástico

Moto X Play: a lateral também ganhou novo acabamento

Moto X Play: a lateral também ganhou novo acabamento

Moto X Play: cores, cores, cores

Moto X Play: cores, cores, cores

As melhorias bem-vindas

O que eles trazem de novo? Acredito que a Motorola conseguiu resolver os dois principais pontos fracos do Moto X de 2ª geração: câmera e bateria.

Ainda não temos fotos de exemplo das câmeras, mas a Motorola afirmou poder garantir que “as câmeras dos smartphones agora serão as melhores em suas categorias“ — praticamente uma maneira de admitir que eles realmente estavam abaixo dos concorrentes, mas que a empresa finalmente aprendeu. Em vários momentos, a Motorola destacou que os novos aparelhos possuem uma das três melhores câmeras do mercado.

As câmeras traseiras de ambos os smartphones têm sensor com resolução de 21 megapixels e lente com abertura f/2,0. A diferença está na captura de vídeo: o Moto X Style filma em 4K a 30 quadros por segundo, inclusive em HDR, enquanto o Play está limitado ao velho Full HD. Isso é uma restrição do processador Snapdragon 615 do Moto X Play, que não suporta captura nem reprodução em 4K.

Moto X Play (branco) e Moto X Style (preto)

Moto X Play (branco) e Moto X Style (preto)

Aliás, aqui é importante lembrar que o Moto X Play não é propriamente um sucessor do Moto X de 2ª geração, embora esteja sendo lançado pelo mesmo preço de R$ 1.499 — câmera e bateria podem ser melhores, mas o novo perde capacidade de processamento, principalmente em gráficos. O acabamento também é inferior: saem as belas bordas de alumínio, entra uma moldura de plástico pintado. A traseira, com toque emborrachado, também não me agradou, embora colabore com o grip.

As baterias, por sua vez, ganharam um belo upgrade e devem satisfazer os que não se contentavam com as 2.300 mAh do Moto X de 2ª geração. Mas, além de aumentar a capacidade da bateria, de 3.000 mAh no Moto X Style e 3.630 mAh no Moto X Play, a Motorola aprimorou o tempo de recarga, outro fator bastante importante — a empresa já havia investido nisso no Moto X atual, que passou a vir com carregador Turbo.

TurboPower de 25W acompanha o Moto X Style

TurboPower de 25W acompanha o Moto X Style

Também haverá diferenças nos carregadores inclusos na caixa. O Moto X Play tem carregador de 15W, que já é bem rápido — é basicamente a mesma potência que a fornecida pelo carregador Turbo do Moto Maxx. Quem comprar o Moto X Style ganhará um novo carregador TurboPower, de absurdos 25W (são 2,15A na linha de 12V!). Ou seja, dá para recarregar os 3.000 mAh em pouco mais de uma hora, o que é um grande feito de engenharia.

E aí?

motorola-play-style-abre

Como o Moto X Play é focado em bateria, faz sentido que ele tenha um hardware mais econômico. No entanto, mesmo sabendo da alta do dólar, no fundo é um pouco decepcionante saber que a Motorola não conseguiu trazer um sucessor do Moto X de 2ª geração na mesma faixa de preço. E, considerando as regras de desoneração de impostos da Lei do Bem, é praticamente certo que o Moto X Style virá numa faixa superior aos R$ 2 mil, para ficar ao lado do Moto Maxx. Aos poucos, a Motorola do custo-benefício imbatível, agora sob nova direção, voltará a dar dinheiro.

Também acho questionável a estratégia de lançar dois modelos, um focado em bateria e outro em hardware, mesmo que o Moto X Style também possua uma bateria de alta capacidade, de 3.000 mAh. O processador octa-core Snapdragon 615, que acompanha o Moto X Play, é algo que eu gostaria de ver no Moto G de 3ª geração, não em um aparelho da linha X — é um chip bem competente, mas ainda estamos falando de um processador com os econômicos núcleos Cortex-A53.

A estratégia usada nos antigos RAZR me agradava mais: havia o RAZR, um smartphone topo de linha fino e com belo design; e o RAZR MAXX, que trazia o mesmo hardware, mas uma bateria de 3.300 mAh, algo monstruoso para a época. Um hardware potente não deveria sacrificar a bateria. Muito pelo contrário.

Raio-X (entendeu, entendeu?)

Moto X Style
Moto_X_Style_Champagne_Front_Back

  • Tela: LCD de 5,7 polegadas (2560×1440 pixels) com Gorilla Glass 3;
  • Processador: Snapdragon 808 (dois Cortex-A57 de 1,8 GHz e quatro Cortex-A53 de 1,4 GHz);
  • GPU: Adreno 418;
  • Memória: 3 GB (RAM) e 32 GB (armazenamento). Entrada para microSD de até 128 GB;
  • Bateria: 3.000 mAh;
  • Câmeras: 5 MP (frontal, com flash LED) e 21 MP (traseira, com gravação 4K);
  • Conexões: 4G Dual SIM, Wi-Fi 802.11ac e NFC.

Moto X Play
Moto_X_Play_Black_Front_Back

  • Tela: LCD de 5,5 polegadas (1920×1080 pixels) com Gorilla Glass 3;
  • Processador: Snapdragon 615 (quatro Cortex-A53 de 1,7 GHz e outros quatro Cortex-A53 de 1,0 GHz);
  • GPU: Adreno 405;
  • Memória: 2 GB (RAM) e 32 GB (armazenamento). Entrada para microSD de até 128 GB;
  • Bateria: 3.630 mAh;
  • Câmeras: 5 MP (frontal) e 21 MP (traseira, com gravação 1080p);
  • Conexões: 4G Dual SIM, Wi-Fi 802.11n e NFC.

Quando e quanto

Moto X Style (abaixo) e Moto X Play (acima): a diferença do plástico para o metal

Moto X Style (abaixo) e Moto X Play (acima): a diferença do plástico para o metal

O Moto X Play de 32 GB chega ao Brasil em agosto, por R$ 1.499. O Moto X Style será lançado um mês depois, por um valor não definido. Ambos os aparelhos são dual chip, suportam 4G, têm entrada para microSD e rodam Android 5.1.1 Lollipop quase puro.

O review dos dois smartphones será publicado nas próximas semanas. O que vocês querem saber sobre eles?

  • Alisson Silva

    O que mais me agrada no Moto X, não são necessariamente as especificações, mas sim o Android limpo. Meu próximo aparelho, se for um Android, será um Motorola.

    O dólar bateu outro recorde hoje, quem tiver pensando em comprar o Moto X Style, é melhor preparar logo o coração para o anúncio do preço.

    • Willian Nobuo

      LImpo virgula ne? o Moto X 2gen vem com um amontoado de aplicativos do google q vc nunca usa e não pode apagar. Miui ta mais limpa.

      • Thalles Ferreira

        Nem tanto, tem BÚSSOLA na Miui, gravador, segurança, anotações, leitor QR e outros tantos que não posso desinstalar também (do meu Redmi) e aí? Elas por elas.

        PS: eu uso quase toda a suite Google, do Keep ao Play Livros.

        • Magnosama

          adoro o Keep,
          o Google devia lançar um app pro iOS tbm,

  • Lucas Elias

    Boas críticas Higa. O lance do 615 é propaganda, lança campanha publicitária falando que é octacore em tudo que é lado e pronto! Poucas pessoas vão se preocupar com o detalhe de o snapdragon 615 ter 2 conjuntosde quadcores cortex A53, uma versão de clock mais alto e outro com frequencia mais baixa e econômica “tipo o 410”.

  • Marcelo de Souza

    Estou muito interessado na qualidade desse display, me acostumei bastante às cores do Moto X 2nd gen…

    • Luiz Henrique

      Mas o Moto X 2nd gen é AMOLED

      • Marcelo de Souza

        Justamente, estou curioso para saber se essa terceira geração com LCD TFT está melhor ou pior…

  • Alison Augusto

    esse dual chip 4g é semelhante ao redmi 2, ambos são para dados? o acabamento em plástico decepcionou .

  • David

    Estou interssado em comprar o X play e gostaria de saber a autonomia de bateria e como funciona esse Slot do SIM(pelo que eu vi vai ser um trampo do capeta colocar o SD)

  • Alberto Prado

    Acho que vou fica mais uma geração com meu Moto X 2013. Ainda acho ele o mais inteligente nas specs, tamanho, design, etc.

  • Thalles Ferreira

    Concordo que é “decepcionante” o upgrade trazer um Snap 615, mas queria que no review abordassem isso com jogos pesados e jogos simples. Jogos pesados (Modern Combat 5, Real Racing 3 e afins) me parecem que vão sofrer com isso, mas os jogos mais populares da Play Store (Pou, Clash of Clans, Candy Crush, Monument Valley etc.) não devem mudar nada. No fim das contas, a maioria das pessoas não vai perceber tanta diferença prática na execução de aplicativos, mas sim se o telefone pode ficar mesmo 2 dias sem carregar. Tem como testar isso no review? Se sim, agradeço bastante.

    Deixando claro que, até onde sei, Snapdragon 615 e sua GPU meia-boca não rodam “pior” streaming de música, Whatsapp, Facebook, Evernote e outras coisas simples (em relação ao Snap 810 ou mesmo o 801).

    • Antony

      Rodo esses jogos “pesados” no meu Note 8 lá de abril de 2013, com Exynos 4412 Quad Core/Mali 400. Não acredito que existam muitas aplicações hoje que utilizem o potencial de processamento atual dos Snapdragon’s topos de linha.

    • Achei um problema o fato de eles terem tirado o poder de processamento e acrescentado o nome “Play”. Sei lá… Logo quando eu li, fiquei com a impressão de que ele seria o mais parrudo por isso.

    • Fernando

      Eu rodo liso o Real Racing 3 no meu nexus 4 que é do final de 2012

    • Leo Bauberger

      Estou indo por este mesmo raciocínio. Agora pensando na bateria, aí que é tá o problema. Tem gente que diz que o SD 615 consomem muito mais bateria do que a série 8xx, não sei se é verdade. Além disso, fazendo uma comparação com o antigo e ainda sem atualização, moto maxx, qual será que se sai melhor em relação a bateria? Queria saber disso.
      Lembrando que
      Moto Maxx: bateria – 3900 MaH, display – 1440×2560, processador – Snapdragon 805 (2.7 GHz Quad Core)
      Moto X Play: bateria – 3630 MaH, display – 1080×1920, Processador – Snapdragon 615 (1.7 GHz Cortex-A53 & 1.0 GHz Cortex-A53 Both Quadcore)
      São aproximadamente 40% menos pixels para puxar energia com uma bateria 10% menor, a minha dúvida fica no consumo dos diferentes processadores.

      • Thalles Ferreira

        Só lendo o review mesmo, amigo, sua dúvida é minha dúvida rs

      • ♞♞♞CAVALINHO♞♞♞

        Cara também estou nesse dilema entre Moto Maxx e Moto X play. Preciso decidir até a black Friday, que é quando irei comprar um dos dois.

        Na Saraiva tive a chance de testar os 2 lado a lado, realmente a tela e a camera do moto x play são superiores. Enquanto a tela do moto x play é mais clara e nítida, a do moto maxx é mais escura e morta.

        Só que eu preciso saber qual deles tem uma bateria melhor. Além desses pontos que vc levantou, acho que o fato do moto x play ser dual chip e a gente usar 2 chips, deve gastar mais bateria. Como o moto x play tem um processador mais potente, também deve ser um fator que resulte num gasto maior de energia, correto?

        • Alex Medeiros

          seu post poderia ter sido escrito por mim. Também estou na dúvida de qual celular pegar na black friday. Saraiva estava esses dias vendendo moto maxx por 1499. O x play chega a custar 1150, o que é muito bom. Mas fico com medo dos 2gb do x play ficarem obsoletos antes dos 3gb do maxx. Tenho duvidas também sobre qual processador desempenha melhor, um quad de 2,7 ou um octa de 1,8 (sendo que 4 nucleos são 1,0). Alguém nos dê uma luz!!!

  • joaofla123

    Tamanho – Moto G + Processador, RAM e Armazenamento – MOTO X Style + Bateria – MOTO X Play + Proteção Aguá – Moto G + Flash Frontal – Moto X Style + Camera – Moto X Style + TV Digital – Moto G + Preço R$ 1900,00 – 2000,00. Pronto fiz meu smartphone ideal.

    • David Rabelo

      oO

    • Thalles Ferreira

      Deveria ter botado o preço do Moto E de 1ª geração, já que é um post bobo à toa rs

    • Fausto Santos De Souza

      Bateria eu colocaria a do Moto Maxx, muito melhor.

  • Marcos

    Qualidade da tela é importante, sair do AMOLED para LCD parece retrocesso!
    Também deve gastar mais bateria do que o AMOLED com a Moto Tela, o que compensa a bateria maior.

    Gostaria de saber se o Moto X Play também tem os sensores infravermelhos na frente, como o X 2014.

    • Luiz Ricardo Silveira

      Pensei nisso. Eu não vejo problema numa LCD para a maioria dos celulares, mas a linha X da Motorola possui umas personalizações bem interessantes com o Moto Tela. Será que a Motorola vai deixar isso de lado?

      • Marcos

        Acho que não, pode ver que em algumas fotos aparece o ícone do Moto Ações, que engloba todas estas funcionalidades.

        • Alison Augusto

          TFT LCD é superior ao IPS LCD?

          • Marcos

            Pesquisando rapidamente no Google, a resposta é não. Tem diversos artigos técnicos sobre as diferenças, não tem uma resposta simples.

          • Willian Nobuo

            eh a lenovo fudendo a motorola….

          • Louis

            No.

          • Samuel Matos

            Não, a fidelidade de cores, saturação de imagens e angulo de visão são piores no TFT mas ela gasta menos energia para deixar todos os pixels ligados.

        • Luiz Ricardo Silveira

          Que funciona, funciona sim. A diferença é que com AMOLED apenas os pixels da notificação precisam ser ativados. No caso da LCD, a backlight inteira. Nesse caso a função principal do Moto Tela que é evitar ter que ligar a tela inteira para economizar energia se perde.

      • Louis

        Se até o Moto g com tela de lcd há tempos já recebeu essa função é claro que essa nova linha também terá.

        Não precisa ser AMOLED para ter essa função – por sinal, tem aplicativos na Play Store que disponibilizam isso para qualquer aparelho e funciona até nas antigas telas TFT.

        • Renan Dias Serrou

          A questão do AMOLED com essa função é que nele só ligam os leds que precisam, o preto não acende assim gastando menos bateria, já o LCD não tem isso ou liga toda a tela ou não liga…

          • Louis

            Sei muito bem disso, mas não foi esse ponto questionado.

            Fora que as telas da Motorola, principalmente AMOLED tinham qualidade bem inferior a outras fabricantes do mercado.

            O uso de painel IPS pode trazer telas melhores.

            Além disso, quem defende tanto o uso de AMOLED esquece (ou nem sabe) que ela gasta mais que IPS ao exibir cores claras.

            E o Android da Motorola sem muitas modificações, que tanta gente acha o ideal, não permitiria utilizar um tema escuro no Lollipop.

        • Tá manjando pra caramba hein?

          Lê o comentário do @renandiasserrou:disqus e entenda a diferença de uma tela LED e uma LCD, principalmente por conta da feature exclusiva do Moto X.

          • Louis

            Sei muito bem disso. Mas, não foi esse ponto questionado.

          • Daniel Soares

            Exatamente, a tela do Moto X 2 foi um dos principais motivos pra me fazer vender o meu em menos de 2 meses. As cores eram ótimas, contraste também, mas ela tinha alguma coisa que me incomodava muito, como se eu tivesse sempre vendo um JPEG bem comprimido, que eu não via nos telefones da Samsung.

          • Genumano

            As telas dos Moto X novos não são IPS, são TFT.

          • Louis

            Não sabia disso, afinal outras fabricantes como LG investem em telas IPS em modelos bem mais básicos.

            As telas TFT tem péssimo ângulo de visão comparadas as tecnologias mais recentes e praticamente não dá para se ver nada com luz solar.

            Os problemas nas telas da Motorola devem continuar firmes e fortes.

          • Cesar Rodrigo Bagatoli

            Louis, motorola usa tela IPS e AMOLED, não TFT.

          • Cesar Rodrigo Bagatoli

            Tirando o Moto X Force, são IPS LCD sim, e a do Moto X Force é AMOLED flexível.

          • Genumano

            Depois da própria Motorola ter colocado na página do aparelho como como o mesmo sendo apenas TFT e corrigir para IPS-LCD TFT por causa das críticas, não dá para acreditar. Ainda mais quando você pega o aparelho e o inclina, fica evidente a falta da tecnologia IPS.
            A amoled do Force não é flexível, ela quebra como qualquer outra. A vantagem é que ela é coberta com uma película Shatter Shield desenvolvida pela Motorola e que traz a resistência demonstrada ao aparelho.

          • Cesar Rodrigo Bagatoli

            Opa Ganumano, é flexível sim, saca só “Motorola calls is ShatterShield and it involves five components. At the base is an aluminium frame for strength. On top is a P-OLED screen that’s flexible and can take an impact (the P stands for plastic)……”. Resumindo os reviews que eu vi pela net, é flexível, uma tecnologia nova da motorola. Porém vai demorar muito pra eu ter um desses, vou ficar com o meu Moto X2 mesmo rsrs. Até.

          • Genumano

            De fato. Vi o vídeo oficial e a descrição no site. Mas achei estranho. Se a tela é flexível, então não precisaria de proteção. O P-Oled vem sendo desenvolvido por um consórcio de empresas há alguns anos (antes da Samsung e LG iniciarem pesquisas próprias) e a intenção é criar uma tela verdadeiramente flexível, que por si só (sem proteção extra) se tornaria inquebrável. A lógica é óbvia: se é flexível, não quebra.
            Muitos sites dizem que a tela do Galaxy S6 Edge é flexível, quando na verdade é apenas curva. Se tentar colocar ela reta, ela quebrará.
            Já a do LG G Flex é levemente flexível, pois se tentar entortar mais do que o permitido, ela se rompe.
            Dizem que a Samsung lançará um smartphone ainda esse ano com uma tela dobrável. Se for verdade, será a primeira tela verdadeiramente flexível do mercado.

            De toda forma lhe agradeço, um abraço.

          • Genumano

            De fato. Vi o vídeo oficial e a descrição no site. Mas achei estranho. Se a tela é flexível, então não precisaria de proteção. O P-Oled vem sendo desenvolvido por um consórcio de empresas há alguns anos (antes da Samsung e LG iniciarem pesquisas próprias) e a intenção é criar uma tela verdadeiramente flexível, que por si só (sem proteção extra) se tornaria inquebrável. A lógica é óbvia: se é flexível, não quebra.
            Muitos sites dizem que a tela do Galaxy S6 Edge é flexível, quando na verdade é apenas curva. Se tentar colocar ela reta, ela quebrará.
            Já a do LG G Flex é levemente flexível, pois se tentar entortar mais do que o permitido, ela se rompe.
            Dizem que a Samsung lançará um smartphone ainda esse ano com uma tela dobrável. Se for verdade, será a primeira tela verdadeiramente flexível do mercado.

            De toda forma lhe agradeço, um abraço.

          • Genumano

            Depois da própria Motorola ter colocado na página do aparelho como como o mesmo sendo apenas TFT e corrigir para IPS-LCD TFT por causa das críticas, não dá para acreditar. Ainda mais quando você pega o aparelho e o inclina, fica evidente a falta da tecnologia IPS.
            A amoled do Force não é flexível, ela quebra como qualquer outra. A vantagem é que ela é coberta com uma película Shatter Shield desenvolvida pela Motorola e que traz a resistência demonstrada ao aparelho.

        • Luiz Ricardo Silveira

          Eu ia responder, mas já responderam por mim. 🙂

      • Fabio Figueiredo

        Pronto, a motorola não trouxe para o X Play os sensores para acordar o aparelho com o movimento das mãos, ao tirar do bolso ou virar o aparelho, a tela TODA se acende, mas ele não reconhece mais o movimento das mãos sobre a tela, assim como no X 2ª geração. A moto tela continua, apenas notificando informações, mas acendendo toda a tela.

        Fonte: Forum oficial da motorola: http://community.motorola.com/pt-br/forum/moto-x-play/sensores

    • helmygalindo

      Matou o Moto X…

      • Samuel Matos

        E o Moto G tb.

    • Fábio

      Galera, essa Tela TFT é a LCD de óxido de zinco Gálio, mas conhecido como IGZO.
      Não é aquela TFT antiga, não.

      • Evandro Cesar

        Quais as diferenças? Sabe explicar, ou tem um link onde explicam? Estou muito curioso e interessado. Obrigado.

        • Fábio

          Segue um explicativo e as diferenças entre as telas:

          http://www.androidauthority.com/amorphous-igzo-and-beyond-399778/

          TFT IGZO é uma baita tecnologia…A galera tá falando sem conhecimento de causa.
          Inclusive, os novos Ipads pro virão com essa nova tela.

          • Evandro Cesar

            Motorola deu mole de não destaque a isso. Obrigado, vou ler aqui.

          • Fábio

            É verdade, eles poderiam ter frisado isso.
            Deram mole.

          • Cesar Rodrigo Bagatoli

            95% da população que compra celular não sabe nem que existem tipos de tela diferentes, porque eles destacariam algo que a maioria nem conhece? rsrs. Isso é só assunto pra nerd mesmo 😉

    • F. S.

      Nem tinha percebido isso, então a decepção não é só o tamanho da tela… É toda ela em si.

    • Samuel Matos

      Eu já tive um tablet samsung com tela 2k TFT e sinceramente parecia que tinha uma pelicula branca em cima das imagens , só fui ver o quanto era ruim quando usei SuperAmoled e a amoteld do moto x 2014

  • Felipe Luiz

    Quero ver uma comparação de tamanho, um do lado do outro. Moto G 3, X Play e X Style. Quero ter uma visão melhor do tamanho deles. E como a Moto Tela se comportará numa tela LCD, que é estranho para um aparelho desse tipo.

  • Christyan Yury

    Ridículos. Sem +

  • Diego Medeiros

    Ótimo texto. Estava esperando o feedback de vocês. Vejo agora que não vale o upgrade do Moto X 2ª Geração para o de 3ª Geração. Vamos ver o de 4ª geração nos mostrará.

    • Willian Nobuo

      depois dessa, ja estou esperando mais “cagadas” para a próxima geração. Vão lançar 3 moto X, um com processador snap 420, outro com 620, e por fim um com 816. O preços escalando, começando em 1499 e assim sucessivamente. ahuahuah

    • Angelo Machado

      Se a Motorola tivesse lançado a versão do X2 com esses 3000 mAh teria sido mais perfeito ainda. O upgrade pros X 2015 seria ainda mais inviável, embora a bateria do X2 nunca tenha me deixado na mão.

  • Angelo Machado

    A ‘Xing lingnização’ da Motorola está completa. Se juntar esses dois não dá um Moto X 2014.

    • Antony

      A câmera, processador e tela do Moto X Style que o diga né?

      • Angelo Machado

        Vai lá e compra o seu Style, pra alguém te perguntar: – É o moto G?
        Pra começar o X2 ainda é o melhor custo x benefício dos tops , Quanto ao xing ling diga-se lenovo, virou uma bagunça a Motorola, (oi linha galaxy) , também quis me referir aos downgrades de tela (só falta você me dizer que TFT gasta menos) e qualidade de construção do play-plástico.

        • Thalles Ferreira

          Ah, esqueci que ter um celular parecido com o do faxineiro não é chique, desculpe não ter repassado seu memorando à Motorola.

          • Angelo Machado

            Obrigado pela interpretação de texto excepcional.

          • Thalles Ferreira

            De nada.

    • Willian Nobuo

      foi o que pensei…o google deixou a empresa no caminho certo, vem a lenovo e fode com a empresa….

      • Angelo Machado

        Exato.

  • Quitto

    Meu único problema com meu moto x 2 é a câmera, que é simplesmente horrível. Gostaria de um review detalhado da câmera nova, como se comporta em condições de pouca luz de verdade (como shows, bares, etc) e não aquela ladainha de luz de fim de tarde.

  • Louis

    Quero saber sobre o aplicativo da câmera. O aplicativo da câmera dos Motorolas era bem ralo que me lembro.

    Outra coisa é que agora com telas maiores, a Motorola tem algo para aproveitar melhor isso? Como abrir dois aplicativos ao mesmo tempo, um modo para mãos menores ou algum truque novo para facilitar a usabilidade?

    Finalmente o Moto X terá 2 alto falantes frontais?

    Faça um bom review Higa!

  • Dener

    Além da decepção com com o hardware e o preço, a minha decepção com o tamanho das telas. Precisava mesmo dos modelos com telas tão grandes? Nem a samsung usou na linha S uma tela tão grande.

    • Louis

      É o que vende.

      Pena que o aproveitamento frontal ainda está ruim e estão pesados.

      • Thalles Ferreira

        Não acho 75% ruim, não vejo muitos com aproveitamento frontal maior.

        • Louis

          A indústria está bem acomodada. Já deveriam ter removido há tempos todo espaço das bordas laterais e inferior, no mínimo.

          Com isso telas 5,5″ seriam perfeitas.

          Tenho certeza que faria um grande sucesso.

          • Mario Junior

            Um exemplo é a Sony, que coloca bordas de tablets nos smartphones.

          • Kafeh

            Nesse quesito tem a Sharp dando baile com seus modelos Aquos (Crystal 1 e 2, XX), hardware “tímido”, porém com excelentes câmeras.
            Como sempre digo: Nasci do lado errado do mundo T.T

      • Dener

        Sim, eu entendo isso, mas lançar dois modelos com tela gigante de uma vez. Por que não atender o publico de prefere uma tela menor? A samsung e a sony ainda usam telas de 5.2, não é tão menor mas com certeza é melhor que 5.7 polegadas.

        • Louis

          Desculpa, mas é um completo absurdo sua comparação. As bordar da linha Xperia são gigantescas e extremamente largas. Sua comparação parece com o povo que defende tamanho da tela do iPhone e esquece (ou finge) das bordas gigantes que deixam ele próximo de um S5 ou mesmo LG G3.

          A indústria está acomodada nesse sentido.

          • Dener

    • Angelo Machado

      No quesito ergonomia e usabilidade é realmente decepcionante, já sofro muito pra usar o meu X2 com uma só mão, visto que minha mão é bem grande, imagina o baile que eu levaria de uma ‘TFT’ de 5.7″

    • Dids

      A Samsung AINDA não usou uma tela grande na linha S. Se os rumores estiverem certos, o S6 edge +, terá quase a mesma altura do note 5. Temos que entender que tela grande hoje é sinônimo de lucro. Apple tá ai para provar. Foi só aumentar a tela, que seus lucros aumentaram e de quebra, reduziram o poder da linha S (o note não concorre com o plus na verdade).

  • Willian Nobuo

    Minha pergunta é, por quanto virá o MI 4i que tem um hardware parecido com o moto x play?
    E outra, era melhor ter apostado na continuação do snap 801 para o play, processador top e com preço em conta atualmente, agradaria mais.

  • jairo

    Bom review comparativo.

  • O que mais me decepcionou no Moto X Play foi o acabamento em plástico. Poxa, Motorola! Poxa Lenovo!
    Higa, no review, lembra de ver se os aparelhos têm speakers stereo como o Moto G 2014, ou se é só enfeite como o Moto X 2014.

    • R0gério

      O Play é mono. Mais uma decepção pra lista. Tela TFT, acabamento plástico e som mono. O Moto X Play devia ser chamar de Moto G Turbo.

  • Jacques

    O que quero saber é:
    Pra quem tem um moto X de primeira geração, vale a pena o upgrade ou não?
    A tela por não ser mais AMOLED passa a sensação de inferior ou não?

    • Tenho um Moto X da segunda geração e digo que (na minha opnião) o upgrade não vale a pena.

      Mas no seu caso… bem, é um salto bem grande. Daí vale a pena esperar os primeiros reviews/testes de benchmark e avaliar a situação. Além é claro do preço, mas não esses preços de lançamento.

    • Breno

      Eu tenho o MX2013 e n vou trocar!

      O celular ainda atende muito bem! Só a bateria q n é como a de antes.

      TB, pretendo pegar o próximo celular só com conector UBS type c.

    • R0gério

      Eu também tenho e não pretendo trocar por nenhum desses dois principalmente pelo tamanho. Melhor esperar pegou lançamento do novos Maxx (ser acontecer) e do Nexus 5 (se vier pro Brasil). Se não rolar nenhum dos dois, vou catar um Moto X 2014.

  • FaloNaCara ¯ _ (ツ) _ / ¯

    Agora com preços na faixa dos 1200 reais sem dúvidas que o Moto X 2a geração é MUITO mais negócio que esse Moto X Play. Tela um pouco menor e bateria também mas é um excelente aparelho ainda, e feito de metal e não esse plástico pintado estilo Samsung que vai descascar no primeiro mês de uso.
    Tenho um Moto G 2014 16GB e vou correr pra comprar o X 2014 enquanto ele ainda existe.

    • Rodrigo

      Cara, nessa faixa de preço vá de Xperia Z3 Compact. Mesmo processador do X2014, mas a Sony fez um belo trabalho, a bateria tem uma duração excelente, o gerenciamento de RAM está muito bom, e olha que o android é o 5.0.2. Mas veja uns reviews antes. Estou num Moto X 2013, ainda sem planos de trocar, mas meu irmão pegou um Z3 Compact e conseguiu, fácil, 2 dias de bateria (sem dados etc. e 2h de tela), mas mesmo deixando meu X 2013 em modo avião, gasta uns 15% em 8 horas em standby. Não conseguiria isso nem se não mexesse no celular.

      • Leo Bauberger

        tenho um z1 compact e não recomendo. Você só se incomoda com o atraso das atualizações do OS quando sente na pele. A Sony demora muito para atualizar os aparelhos. Além disso, o meu deu ruim na bateria e agora terei que trocar por um novo muito antes do previsto

  • Breno

    A cada ano q passa a Motorola vem me recepcionando mais e mais. =(

    Ela foi uma lenda em 2013 com o lançamento do MotoX com a melhor pegada, lançou o MotoG, revolucionando o preço dos MidEnd e criou duas linhas clara: um Top e um MidEnd, indo totalmente contra da filosofia de diversos aparelhos da Samsung, mostrando q menos é mais.

    Agora em 2015 a Motorola lança 2 top de linha, mas um é disfarçado de top de linha e isto enganará muita gente por ter o nome X.

    Eleva o preço do MotoG

    E destrói o q o MotoX2013 tinha de melhor: uma boa pegada.

    Triste, = Motorola tinha tudo pra ser a top1…

    • se4n

      Também já começo não gostando dessas sub versões. Por mim poderiam ter lançado um Moto M ou Moto Z top de linha com os specs do Style. Mantido o X Play, como moto X só que com um processador melhor e tela menor, o que já traria uma economia de energia muito boa, já que a tela não eh Quad HD e a bateria eh muito maior.
      Assim a Motorola manteria a consistência Moto E, Moto G, Moto X e Moto Z, casa um com preço e specs de acordo com a letra. Bem mais lógico não?
      Outra coisa que decepcionou foi a Moto não ter conseguido melhorar o Amole e ter agregado pro LCD que eh comum de tantas outras fabricantes. O Moto Tela era um diferencial muito bacana que perde um pouco o sentindo numa tela LCD.
      Também acho q a Moto vem perdendo aquele brilho desde o Moto Maxx.

    • Rodrigo

      Seria tão simples lançar um Moto X grande e um Moto X pequeno. O Moto X Play poderia tranquilamente continuar nas 4,7 polegadas e 720p para reduzir o preço. Faça igual a Sony, mantém o hardware, muda só a tela.

      Mesmo a Motorola diminuindo o SoC, poderia diminuir mais a tela. 5,5 para 5,7 é praticamente a mesma coisa.

      E isso não afetaria tanto o preço. O Z3 Compact já se encontra na faixa dos 1200.

  • O que custa, colocar a p2 na parte inferior do aparelho (Iphone, G2, G3, G4, S6)? Cara, quando se utiliza o fone de ouvido, aquele emaranhado de fio na parte superiorse torna uma poluição visual enorme….

    • Que continue sendo em cima! A quantidade de fones de ouvido que já morreram por viverem sempre dobrados entre o aparelho e o bolso você não faz ideia!

  • R0gério

    O engraçado (ou trágico) é que a Motorola põe o mesmo processador em três gerações do G, mas não consegue fazer isso com o Moto X Play. Acho que muitas das críticas seriam dirimidas apenas com a manutenção do SD 801. Boas observações do Higa sobre o tamanho monstruoso e usarem o nome Moto X pra empurrarem um mid na verdade.

  • Frederico Freire

    O que mais eu estou vendo é um equivocação nos comentários. A evolução do Moto X (2014) e o Moto X (Style). O Moto X Play é somente mais uma variante para o mercado.

  • Daniel Soares

    O Moto X poderia vir com 8GB de ram, bateria de 10mil mAh e processador exclusivo com 16 núcleos que o povo ainda iria falar: “meh, vou ficar com o atual mais 1 anos”.

    Eita povo chato.

    Eu troquei um iPhone 5s por um Moto X ano passado, mas a câmera, tela ruim e alguns lags me fizeram vender em poucas semanas. Agora estou pensando novamente em comprar esse novo, mas dessa vez não compro mais às cegas, vou testar um antes de me decidir.

    Gostei muito dos recursos e da aparência (ainda mais com o MotoMaker).

  • Asgard

    Bah, poderia ter uma tela de 5 polegadas.

  • Rony

    Digamos q eu estava a uma semana entusiasmado por esses smarts e me surpreendo com 2 celulares bons, e o pior, me frusto com o preço.
    Me parece q a Motorola está quase dos quase acertando… Mas infelizmente está a se igualar com as concorrentes. Vejo q estamos a perder nossa defensora do custoXbenefício 🙁
    Fikei triste em saber q 1 aparelho q nem é sucessor do anterior custa o valor do msm (1.499) , logo imagino q o real sucessor custara os O.O(olhos) da cara T.T .

    • Guilherme Lopes

      Só não se esqueça que, infelizmente, de 2013 pra cá, o dólar quase dobrou, e a inflação se manteve extremamente alta. 1500 reais hoje, definitivamente não são a mesma coisa que 1500 reais eram há alguns anos.

      • Rony

        Com ctz, vc tem toda a razão. É uma pena termos de ficar refém dessa economia frágil. E realmente de 2013 pra ca o dolar duplicou msm. Vou virar americano e pagar 100 dolares nestas poha 😀 kkk

  • Rafael

    Sabe qual a minha impressão? Que o sucessor do Moto X mesmo é o Style. Mas como ele ficou muuuito caro, a Motorola decidiu fazer um Moto X com o mesmo preço da geração anterior e com um feature a mais. “Bateria!” Bingo!

    • R0gério

      Duas features a mais: bateria e câmera. Mas duas a menos (NMO) tamanho e SoC.

    • Thalles Ferreira

      O post lá do ZTOP fala exatamente sobre isso. Que o Moto X de verdade é o Style, mas como eles não conseguiriam manter a faixa de preço, criaram o Play só pro Brasil. Só que (vai entender) lá nos EUA os blogueiros ficaram chorando querendo que lance o Play por lá, preferiram esse ao Style. o.O

  • Rodrigo Gommes

    Minhas dúvidas para o review são:
    – Qualidade da tela;,
    – Qualidade das fotos
    – Eficiência no uso da Moto Tela (TFT);
    – Câmera;
    – Funcionamento do Dual SIM (4G);
    – A inexistência dos sensores infravermelhos;
    – Adaptação à ergonomia (muita gente também reclamou do tamanho do X2);
    – No upgrade do X1, vale mais X2 ou “X1,5” (Play)?

    Comentários sobre o X Play:
    Preço – se lembrarmos das gerações anteriores que foram lançadas a R$1.7K talvez possamos esperar uma leve baixa do X Play, mas só uns 3 meses à frente. Então podemos esperar encontrar por volta dos 1299 numa promoção louca à vista.

    Realmente a Motorola/Lenovo poderia ter feito muito mais para ambos os aparelhos, mas como muitos já comentaram, o X Play é um mid-top para o público que quer mais memória e mais bateria que o Moto G3 mas não quer vender o rin para comprar o Style.

    Meu X1 está pedindo arrego há 2 meses após uma queda grotesca, estilhaçar a tela por completo e parar de reconhecer a rede – perdi até o ânimo de usá-lo – e eu estava aguardando o lançamento do(s) novo(s) X para decidir entre o X2 ou um X3, e penso em provavelmente pegar o Play por seus upgrades em relação ao X1 e não ao X2. Os testes e reviews poderão me ajudar a decidir, mas levando em consideração tempo de lançamento, atualizações futuras e etc, estou bem tendencioso ao X Play mesmo.

    • Guilherme Lopes

      Moto x 2014 foi lançado a R$ 1499 e não 1.7k

      • Rodrigo Gommes

        retrato-me pela informação. realmente. x1 que foia 1.7 e logo baixado para 1.499
        Valeu pelo toque

    • Kafeh

      Estou no LGG2 e estou aguardando reviews e uma promoção por 1,3K ou ainda pela versão de 16GB num preço melhor.

      O que espero dessa troca é:
      Dual chip (I really need it);
      tela um pouco maior ( gostaria que fosse uma Amoled =/ );
      câmera um pouco melhor (diz que sim vai Motorola);
      maior armazenamento (seja a versão 32GB ou via uSD);
      se vier bateria melhor, bão, mas não faço questão;

      GPS que não fica falhando bizarramente (esse já é o G2 que tenho assim), conforme outros vários relatos pela internet a fora;

      sair da KitKat do kct que a LG FDP não atualiza e mesmo após isso, a Lollipop da LG tem uma interface que não me agrada.

      Enfim, o G2 é excelente, está novíssimo dá até dó de vender, mas alguns pontos fortes estão me importunando.

    • Rodrigo

      Li as resenhas do Xperia M4 Aqua e do Galaxy A7, que possuem o mesmo SoC do X Play, e o desempenho deles é superior ao do X1, não é absurdamente superior, mas é um pouco.

      As vantagens que vejo do X Play em relação ao X1 são o dual sim, a câmera, a bateria e o armazenamento, só isso valeria a troca pra quem leva em conta estes componentes. Já em processamento acho que, apesar de um pouco superior, não compensaria, financeiramente, a troca. Tudo depende da importância de cada item para cada pessoa.

      Eu estou no X1 e não pretendo trocar tão cedo ainda. E, se fosse trocar, só se precisasse de algo que o X1 não tem.

      Vale a pena ler os reviews de equipamentos semelhantes também.

  • Guilherme Lopes

    Duas coisas que eu mais odeio no moto x 2014:
    Bateria- Carregamento muito lento( já que não vem com o carregador turbo) e bateria acaba pouco depois do almoço, me deixando na mão constantemente.
    Ausência de dual ship e suporte a cartão micro USB.- Faz falta pra mim, pra outros pode não fazer.

    O que eu mais gosto do meu moto x 2014:
    Tela e acabamento.

    Ou seja, a motorola corrigiu o que estava ruim e em compensação destruiu o que ela fazia bem. Voltar para tela LCD é um retrocesso e um abandono a toda ideia da linha X e do moto tela

    • Eduardo o Guimaraens

      Guilherme Lopes a partir de janeiro (ou fevereiro) o MotoX 2014 passou a vir com carregador turbo

  • Bruno

    O Moto X Play serviu para preencher o buraco entre o preço do Moto G e Moto X Style.
    Só.

    Por enquanto sequer vai ser lançado nos EUA.

    Já estou prevendo desprezo da Lenovo com atualizações para esse aparelho. Semelhante ao Moto Maxx.

  • Henrique Ferreira Lima

    Aparentemente o Moto X Play não conta com os sensores de presença. Eu não gostei dessa ideia da Motorola/Lenovo com o X. Mudar a tela do AMOLED para o LCD (TFT ainda) é um retrocesso gigante para um topo de linha. Não me animou essa nova geração e se o próximo Moto Maxx vier com a tela de LCD ferra de vez. A nova linha só tem a perder esse ano no mercado.

    • Eduardo o Guimaraens

      O Moto X Play possui os sensores de presença e o LCD TFT não é aquele velho

      • Henrique Ferreira Lima

        Tomara que você esteja certo quanto a tela, isso só vou me aquietar quando ver de perto os aparelhos. E nessas fotos, não vi os sensores no Play como aparece no Style em sua versão branca.

  • Alan Rangel

    O verdadeiro sucessor é o Style, não o Play. Se bem que acho que “Play” seria o melhor nome para o aparelho mais top. Além disso custava colocar a bateria melhor no melhor hardware???? Pq agora fiquei na dúvida qual comprar.

  • Leonardo Celos

    Pontos para o review: Tela. Foi um downgrade mesmo? Tempo de recarga exato e supostos aquecimentos até com o 615 e 808

  • Comediante

    Das duas uma: Ou fico com meu Moto G 2014 rodando lindamente a CM 12.1 ou pego um Moto X 2014 pelo display AMOLED.

    Estes nois novos não me agradaram por três motivos: Um é muito grande, ooutro é muito feio e nenhum dos dois tem display AMOLED, que e exatamente o que quero no meu próximo telefone.

    • Thalles Ferreira

      Ainda bem que tem gente lançando SEM AMOLED, to fugindo disso 😉

      • Comediante

        E eu (estava) correndo atrás! hahaha
        Curiosidade: Fugndo porque?

        • Thalles Ferreira

          Com o Lollipop, tem mais branco que preto no sistema, então bizarramente o AMOLED, que era o herói da bateria, passa a ser o vilão. Os pretos já não são tão ruins no LCD (eu tinha um G3 e era muito bom nisso), embora a saturação do OLED continue deixando a desejar (com exceção da linha S e Note da Samsung, que usam os melhores painéis disparados!).

          Como eu não tenho bala na agulha pra pegar os tops Samsung e gosto das cores mais claras, o LCD não deve em nada aos AMOLED, que quando são baratos (tipo Moto X2 ou nos mais simples da Samsung) são bem piores que um LCD básico. 😉

          PS: foi mal pelo wall-of-text.

          • Comediante

            Eu, como sempre usei LCD, estava decidido a pegar um aparelho com AMOLED mas era aquele querer sem razão: o famoso quer porque quer. No fim das contas acho que vou acabar pegando um X Play pra mim mesmo hahaha.

  • André

    Chegou a hora de aposentar o guerreiro Moto X 2013. Vem X Play.

    Motorola é foda.

  • O app Moto tem a opção de ativar a lanterna balançando o celular, como veio no Moto G novo e disponível no Moto X 2nd Gen?

  • Uberdam Walker

    Moto X Play com carcaça de plástico, tela LCD e processador inferior ao Moto X 2014, pelo mesmo preço… Será que o upgrade da bateria e da câmera compensa?

  • Não sei, uma época a Motorola vendia como agua, mas, se perdeu e quase foi “instinta”. Depois, passou por reformulações, começou a ter respeito de novo com modelos bonitos, bons e com um bom preço.

    Agora, que ela esta por cima da carne “seca”, resolveu fazer a mesma bobagem da Samdung e começar a “criar filhos” para seus modelos. Será que essas empresas, não aprendem?

  • Victor M R Silva

    Daria pra fazer uma comparação, ou quadro comparativo, entre todos os aparelhos da linha X? O 2013, 2014, e esses dois? Porque, sinceramente, não consigo ver tanta diferença para o usuário comum que não seja o tamanho da tela e qualidade da câmera frontal, além obviamente da ausência do microSD e dual chip.

  • klods infoway

    Pra que um celular top / usar com plano pre-pago ??

    • Francisco Bruno de Figueredo F

      Acho que na maioria das vezes em que se fala em celulares dual chip as pessoas já os associam a planos pré pago, queria entender o porquê disso. Preciso muito de comunicação em qualquer local em que esteja e quando estou em viagem ao interior do meu estado a maioria das pequenas cidades só tem antenas de uma ou outra operadora, daí minha opção por dual chips. Atualmente tenho um IPhone 6 e um Galaxy S5 duos e, claro, 3 números, e apenas um destes é pré pago, os outros são contas. Quanto ao Moto X só não gostei do tamanho das telas, a meu ver estão enormes e eu pensava em substituir o Galaxy por um destes por conta da poluição que a Samsung causa no Android com seus apps.

  • Tiêgo R. Alencar

    Queria uma confirmação de que o Moto X Style vem mesmo com dual sim e se funciona 4G em ambos os chips. Atualmente uso Windows Phone e fiquei realmente surpreso com a competência do funcionamento do dual sim e vai ser bem frustrante migrar pra um smartphone que não tenha o mesmo gerenciamento… Aguardando os reviews pra tirar essas dúvidas!

  • O Style também vai ser dual chip?? =///

  • Leon Cavalcanti Rocha

    O Moto X Play parece não ter os sensores de infravermelho tradicionais na linha Moto X. Eles estão lá, ou só estão no modelo Style?

    • Eduardo o Guimaraens

      Tem sim

  • “Aos poucos, a Motorola do custo-benefício imbatível, agora sob nova direção, voltará a dar dinheiro.”

    Não consegui entender se isso é uma crítica a Lenovo de que a Motorola não é mais a mesma do custo-benefício, ou se é um elogio de que tá caminhando na direção certa.

    De qualquer forma de um ano pra cá o Dólar aumentou 50%, não tem como ter qualquer expectativa disso não refletir no novo preço desses aparelhos. Lá fora o Moto X 2014 saiu por $499 desbloqueado e agora, em 2015, o Moto X Style vai sair por $399. Ou seja, se não fosse o Dólar, eles conseguiriam no mínimo manter o preço de R$1500 pro Moto X Style e provavelmente poderiam vender o Moto X Play por R$1200.

    Acho que a comparação com a linha RAZR não faz tanto sentido porque essa linha não tem a mesma necessidade de prover diferentes faixas de preço. Certas coisas são mera questão de mercado. Se o Moto X Style tivesse uma super bateria, qual seria o atrativo do Moto X Play? Se o Moto X Play tivesse o mesmo acabamento de metal e tudo mais, isso não diminuiria o valor do Moto X Style? Claro que alguém vai querer tudo top porque tá disposto a pagar por isso, mas isso é a minoria, sem contar que não é como se a bateria do Moto X Style deixasse a desejar, então no final você faz escolhas – mas bem que o Moto X Play podia ter falantes stereo.

    Usando a faixa de $200, $300 e $400 como parâmetro, a Motorola basicamente tá oferecendo um aparelho de baixo custo mas com muitas características de aparelho médio (mesma câmera do Moto X 2014), um aparelho de custo médio mas mas algumas coisas de aparelho top e um aparelho top com um custo de aparelho médio.

    Os specs-maníacos vão sempre querer tudo top, mas a verdade é que na prática, pro uso geral, a diferença vai ser basicamente inexistente. O Moto G como tá não precisa de um processador melhor, ainda mais por esse preço, é tipo um preciosismo descabido esperar tão mais de um budget phone. Não tem como dissociar expectativas, público-alvo e o valor que
    você vai pagar em cada aparelho. É bem mais sensato manter esses preços do que acabar aumentando desnecessariamente o valor final só pra ter um boost extra que poucos vão realmente precisar, isso se realmente precisarem.

    O Moto X Play me deixou interessado, só me preocupa o lance da ergonomia, a Motorola podia ter deixado esse aparelho com a tela de 5″, isso provavelmente deixaria o Moto X Play bem mais atraente e a diferença entre as duas linhas de Moto X seria bem mais clara e inteligente, uma pena.

  • Daniel Luiz

    Higa, quero saber o que aconteceu com as notificações presentes nos anteriores em uma tela LCD, ainda tem o assistente de voz da Motorola ou agora só o do google? Estou mais interessado no Moto X Play então peço um teste de desempenho bem completo, e se vale trocar um Moto X 2013 por ele.

  • Igor

    o “moto x style” tem tela TFT e o historico da TFT não é bom,Como é a tela dele? ela é otima e tem angulo de visão bom? e a camera frontal/traseira dele é boa?

  • Leo Bauberger

    Queria muito esse assunto discutido na review, se possível:
    Tem gente que diz que o SD 615 consomem muito mais bateria do que a série 8xx, não sei se é verdade. Além disso, fazendo uma comparação com o antigo e ainda sem atualização, moto maxx, qual será que se sai melhor em relação a bateria? Queria saber disso.
    Lembrando que
    Moto Maxx: bateria – 3900 MaH, display – 1440×2560, processador – Snapdragon 805 (2.7 GHz Quad Core)
    Moto X Play: bateria – 3630 MaH, display – 1080×1920, Processador – Snapdragon 615 (1.7 GHz Cortex-A53 & 1.0 GHz Cortex-A53 Both Quadcore)
    São aproximadamente 40% menos pixels para puxar energia com uma bateria 10% menor, a minha dúvida fica no consumo dos diferentes processadores.

  • Samuel Matos

    Sinceramente a motorola errou feio : o moto g3 era para o snapdragon 615 e 2 gb de RAM , somente isso iria justificar o aumento para a faixa de R$ 1.000,00 , quem duvidar pode ver o Moto E 2015 LTE e notará que ele usa o mesmo SoC e RAM e custa R$ 499,00 , esse moto X Play nem deveria existir …. o que a motorola fez foi lançar um produto com hardware intermediário pelo preço do moto X antigo que era um High end e com isso ele criou uma falsa comparação de preços para que quando o Style chegar por R$ 1.999,00 as pessoas não achem caro , isso é marketing puro . Não entendo como a LG e a Motorola fazem tnata merda em um ano só , se o processador que estão usando é o snapdragon 808 não deveriam usar a resolução 2k , era para usarem fullHD em um display com melhor contrast e saturação em uma tela de no MAXIMO 5,5″ ( de preferencia 5.2″) e assim iriam ter um desempenho melhor em todas as aplicações e somente o Super-Homem iria notar a diferença na densidade de pixels , a SONY faz isso na linha xperia , o z3+ usa snap 810 e é fullHD com tecnologias de melhoria das imagens então é muito rápido , e quando aprenderem a fazer o resfriamento correto do SoC vai ser melhor ainda, resumindo a motorola fez cagada igual a LG com o G4.

    OBS – Nem o moto G3 nem o Xperia Play tem som estereo , somente o Style , isso é outra besteria para enganar o consumidor, design com dois speakers mas funcionando somente 1.

  • Sérgio Britto

    Cara na minha opinião foi a maior cagada que a Motorola já fez.. cara é um absurdo lançar esses novos aparelhos “High Engine” com tela LCD MOTOROLA CADE AS TELAS SUPER-AMOLED? ISSO É UM RETROCESSO.. SEM CONTAR QUE A VERSÃO DE ENTRADA VAI CUSTAR 1499,00 O PREÇO DE UM MOTO X DE 2ª GERAÇÃO QUE VALE MUITO MAIS A PENA DO QUE ESSES NOVOS MODELOS AI! Principalmente em questão de processamento sem contar a moto-tela que era um grande avanço!

  • Rafael de Medeiros

    Gostaria de saber sobre os jogos, se roda bem, exemplo, torneio de campeões da marvel.
    e o que vale mais comprar o moto x play que é o que pensei ou esperar pelo style?? ele é tão inferior assim ao style?? Obrigado.

  • Ronaldo

    Moto X Play a venda nas Lojas Pernanbucanas por 1.499 reais.
    Vi ontem, sabado ao vivo, não acreditei, pedi para a vendedora deixar eu ver, era isso mesmo. Moto X Play, ela disse que havia chego na sexta-feira a noite no estoque.

  • Já falaram sobre isso, mas vou falar aqui também: Higa sempre consegue tirar as melhores fotos. Parabéns.

  • Evandro Cesar

    Vejo o povo reclamando da tela do Moto X Style FRENETICAMENTE.
    Gente, levem em consideração que:

    *Ainda não foi lançado oficialmente, e não é raro de informações incompletas serem dadas nessas ocasiões. É provável que essa tela seja IPS ou uma nova tecnologia de TFT (IGZO), sendo que a Motorola ainda não deu margem a detalhes, deixando esse mimimi todo, pra ser trabalhado no dia do lançamento de fato.

    *Em todos os hands-on pelo youtube e sites, da pra notar que a tela é ÓTIMA, e ninguém em nenhum momento reclama dela (como fizeram com os Xperias Z, e ZQ, reclamaram NO ATO, da tela lavada)! O Site especializado PocketNow, passou um bom tempo com o X Style na mão, e quanto a tela, foram só elogios.

    *Quanto a bateria relacionada ao TFT, relaxem, ainda serão feitos testes, e sinceramente, eu já tive vários smarts de TFT e a bateria durava muito bem. Bateria depende de vários fatores além da tela. Calma. (obs: detesto moto tela, e no meu moto X 2014 aquela budega é desativada! kkkk Me da nos nervos e telefone piscando toda hora o dia todo, coisa de velho da minha parte, eu sei.)

    E só pra frisar: É normal, em pré lançamentos, informações incompletas ou até mesmo erradas, serem divulgadas pela fonte oficial! Não se assustem. Pela qualidade da tela nas fotos e vídeos por aí, é MUITO improvável que se trate de um simples TFT, muito MESMO.

  • Henrique Lima

    caramba, apaixonei por esse moto x style, final do ano vou comprar!

  • Ana Marta Martins

    O moto x Play terá os sensores de movimentos e comando de voz igual ao moto x2 ?

  • Edvan Costa

    na minha opniao essa questao da tecnologia da tela ter trocado nao ira fazer tanta diferença na bateria ja que o android lollipop nao ofereçe cores pretas sendo assim se tivesse mantido o amoled so iria economizar bateria na moto tela oq nem vai fazer diferença ja que a bateria e maior

  • Bruna Paschoal

    Alguem sabe se quando eu compro o celular pelo motomaker no site da motorola e altero a cor da parte de tras que tem o logo, a cor do autofalante muda por engano ou realmente vem da mesma cor que eu escolhi para o logo ?

  • Natã Valsechi

    porque a merda da atualização do snap nao pega nele??? pega até no moto g e nele nao

  • Guarujá Litoral

    Certo gente…me ajudem moto x 2º geração ou moto x play? Tenho que comprar segunda-feira e estou indecisa …

  • FATURAMENTO LATROP

    eu gostaria de saber sobre os leds de notificação, comprei o meu moto x play ha 1 semana e não sei porque os leds nao piscam quando recebo mensagem, alguem poderia explicar o porque