Início » Gadgets » Roteador D-Link DIR-859: faz o que todos deveriam fazer

Roteador D-Link DIR-859: faz o que todos deveriam fazer

Custando R$ 699, o produto da D-Link tem suporte a 802.11ac e não faz feio na velocidade

Lucas Braga Por

Já fizemos review do DIR-822 e agora é hora de testar o DIR-859, um roteador um pouco mais caro da D-Link que possui tecnologia 802.11ac com velocidade de até 1.750 Mb/s. O produto é indicado para quem faz consumo intenso de mídia e promete cobertura superior ao que é tradicionalmente encontrado no mercado.

É tão bom quanto parece? Veja a análise completa a seguir.

O produto

Não há muito o que falar sobre o design do DIR-859: é um roteador como outro qualquer. Totalmente na cor preta, o acabamento em black piano traz um ar de modernidade, mas ao mesmo tempo atrai riscos. É aquela coisa: trata-se de um roteador, que você provavelmente vai deixar conectado em um canto e esquecer que existe por um bom tempo.

O DIR-859 tem três antenas com 5 dBi de potência – uma a menos que o modelo mais barato, DIR-822. As antenas não são removíveis, e isso pode ser um problema para quem utiliza uma antena externa para direcionar o sinal. Como a maioria das pessoas não faz esse tipo de uso, não é um ponto negativo de extrema relevância.

dir859-traseira

Na parte frontal não há nada além dos LEDs indicadores. Na parte traseira, se encontram 4 portas LAN, 1 porta WAN, entrada para fonte de alimentação e botões liga/desliga e WPS.

Interface e recursos

A interface é a mesma apresentada no DIR-822, o que considerei uma grande evolução ao padrão que era adotado pela D-Link até pouco tempo atrás.

A configuração inicial é bem simples: após plugar o roteador na tomada e o seu modem na porta WAN, basta se conectar na rede Wi-Fi de fábrica do roteador – a senha vem anotada na base do roteador e em um tradicional cartão que normalmente acompanha os produtos da fabricante. Depois, é só abrir o painel no IP 192.168.0.1 e executar o assistente, onde você irá selecionar a forma de conexão (normalmente DHCP ou PPPoE) e escolher nome e senha para sua rede.

dir859-painel

Após completar as configurações iniciais, você será direcionado para a interface do roteador. Ela traz alguns detalhes interessantes que a maioria dos roteadores não mostra, como a quantidade de pessoas online na rede. Um gráfico de conectividade também ajuda o usuário a corrigir algum possível problema caso sua conexão não esteja funcionando.

Das funcionalidades do DIR-859, o recurso de priorização de rede (QoS) é um dos mais legais. É possível escolher quais dos dispositivos conectados terão prioridade altíssima, alta ou média, o que é útil para assegurar qualidade de acesso maior para quem precisa – um videogame, por exemplo. Na maioria dos roteadores, a configuração de priorização de tráfego é confusa e muito técnica, o que não ocorre nos roteadores mais novos da D-Link: qualquer pessoa consegue facilmente estabelecer as prioridades de rede.

dir859-qos

Também é possível ter uma rede Wi-Fi separada para visitantes. É útil se você tem um escritório e recebe muitos clientes, ou mesmo pretende dar uma festa sem que seus convidados fiquem xeretando nos seus dispositivos na rede. É possível criar até duas (uma em 2,4 GHz e outra em 5 GHz).

dir859-guest

Você ainda pode configurar o roteador para reiniciar diariamente ou semanalmente. Podia ter isso nos modens das operadoras também.

dir859-auto-reboot

Desempenho

Vamos relembrar: o DIR-859 promete Wi-Fi com ampla cobertura (são 3 antenas de 5 dBi e potência de 1000 mW), com velocidades de até 1.750 Mb/s (1.300 Mb/s no padrão 802.11ac e 450 Mb/s nos padrões a/b/g/n). Ele tem portas Gigabit Ethernet, corrigindo um dos principais problemas do DIR-822.

Em termos de sinal, o DIR-859 não impressiona. A D-Link considera o produto ideal para ambientes com mais de 200 m², mas a cobertura chega a ser similar a de outros roteadores tradicionais e mais baratos.

Enquanto o DIR-822 distribuía sinal até para meus imóveis vizinhos, o DIR-859 mal conseguiu cobrir minha casa inteira – havia diversas áreas com sinal fraco no primeiro andar. Isso porque ambos os roteadores estavam posicionados no mesmo lugar, que é no alto do centro da casa, no segundo andar. O roteador deve ser suficiente para apartamentos e imóveis não muito grandes, mas só espere cobertura de sinal excelente em locais sem paredes ou obstáculos.

Já no quesito velocidade, o DIR-859 não fez feio. Uma transferência de um arquivo de 4 GB demorou menos de 2 minutos para ser copiado de um MacBook Pro para outro notebook com adaptador USB DWA-182, fornecido pela D-Link. A velocidade média foi de 35 MB/s, com picos de 47 MB/s no início da transferência.

Adaptador USB DWA-182

Adaptador USB DWA-182 (não acompanha o produto)

Talvez a velocidade fosse maior com outro adaptador: o DWA-182 se conecta na velocidade máxima de 867 Mb/s em redes de 5 GHz, enquanto o MacBook estava conectado nos tradicionais 1.300 Mb/s. Vale lembrar que ambos os dispositivos se encontravam no mesmo cômodo onde o roteador se localiza, e a velocidade tende a diminuir ao se distanciar do roteador.

As velocidades registradas são suficientes para a maioria das tarefas pesadas, incluindo streaming em resolução 4K.

Conclusão

dir859-lateral

O DIR-859 é um bom roteador, mas nada muito além disso. Na verdade, ele traz o que se espera da maioria dos roteadores, mas que nem todos conseguem cumprir. A cobertura de sinal é regular e não apresenta nenhum ponto fora da curva.

O principal problema é outro: o preço sugerido para o produto é de R$ 699, o que é um pouco salgado para um roteador que não tem tantos recursos interessantes. Para se equiparar com roteadores da mesma faixa de preço (e até mesmo de roteadores mais baratos), faltou ao menos uma porta USB para compartilhar um HD ou mesmo impressora na rede.

Quem sabe a D-Link não aprende isso para melhorar a próxima geração?

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Jhonrock

Olá, a respeito desse adaptador USB que vocês utilizaram no teste, o DWA-182 da D-Link, eu acabei de adquirir um e estou com uma dúvida.

Toda vez que conecto na rede Wi-Fi de 5.0Ghz, o adaptador é completamente desligado (como se tivesse sido desplugado da porta USB) e ligado novamente após uns dois ou três segundos.

Nesse período, o adaptador desaparece do sistema, literalmente. O ícone dele some da listagem de dispositivos de rede instalados no sistema e, depois de passados dois ou três segundos, ele aparece novamente e daí sim, estabelece a conexão com a rede de 5.0Ghz.

Isso só acontece quando usando a rede de 5.0Ghz. Na rede de 2.4Ghz nada disso ocorre, ele conecta e desconecta dela imediatamente.

É normal esse comportamento que estou vendo aqui?

Rodrigo

Os fabricantes sacaneiam a gente, jogam essa opção nos aparelhos mais caros... Bem mais caros!

Rodrigo

Pessoal que possui D-Link e ele dá xabú, recomendo instalarem um dissipador de calor, podendo ser cobre ou, alumínio, como este: https://produto.mercadolivr...
Essas falhas acontecem por causa do calor gerado pelo chip que não se dissipa direito. Os chips desses roteadores são "baratos" se comparados com os de alta performance. Eles trabalham no máximo o tempo todo para entregar o que o aparelho exige, por isso há quedas.

Dante F. B. Colò
qualidade/durabilidade da tplink é mais duvidosa tbm
Marcos Nogueira
tem sim
Marcos Nogueira
O dir 822 é melhor
José Carlos da Silva
rsrsrs entendi, já tive um desses. É que quando eu era criança, comprava doces e escondia dentro do guarda roupas para não ter que dividir com meus irmãos, não sei porque, lembrei disso quando li seu comentário. Eu sei que não tem nada a ver, mas lembrei!
Alberto Prado
Hahaha, é aqueles guarda roupas embutido planejado que tem um vão para coloca a Tv e outros aparelhos.
José Carlos da Silva
O que um roteador tá fazendo dentro de um guarda roupas? rsrsrs!
Valmir Candia

Vou voltar pro cisco. Esta porcaria cara perde a conexão por qualquer coisa. Falta energia elétrica e pronto, perde todos endereços e para conectar tem que religar mil vezes. LIXO!!!

Denilson Zanon
Caí nessa bucha! O aperelho apresenta queda constante de conexão, principalmente no YouTube e Facebook, talvez por problemas de DNS. Já fiz de tudo, resetei, atualizei firmware e nada! Só incomodação. Dlink nunca mais.
Marcelo Santos
Eu tive que liga-lo como ponto de acesso por exigência da TI e descobri que com isso perdi a porta WAN de 1GB, já que ele só funciona nessa configuração por alguma das 4 portas LAN de 100M. Apesar do preço, pelo estilo da interface de configuraçao, parece que foi feito para usuário doméstico.
Arley Martins

Eu tenho o archer C7 e é ótimo. Tenho vivo fibra 200Mb e ele joga o 200mb por Wi-Fi com uma parede no meio para meu note e sem falar que o sinal é fortíssimo e tem portas usb.

enioh

Não, a tributação só virá quando passar no desembaraço aduaneiro ainda. Comprei um, mas caí na pegadinha do barramento 10/100 pensando que era 10/100/1000. Hahahahahahaha.

enioh

Mas com barramento 10/100 em vez de 10/100/1000. Cai na pegadinha do Mi Router 3, também! HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA.

Exibir mais comentários