Início » Negócios » Engenheiro do escândalo sobre diversidade processa Google por discriminação

Engenheiro do escândalo sobre diversidade processa Google por discriminação

Por
09/01/2018 às 12h35
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

James Damore ficou conhecido no ano passado por ter redigido um polêmico manifesto criticando as políticas de diversidade do Google. Demitido dias após a divulgação do documento, o engenheiro de software abriu uma queixa trabalhista contra a companhia. Não foi suficiente: ele decidiu processar o Google, agora sob acusação de discriminação.

Trata-se de uma ação aberta em conjunto com David Gudeman, engenheiro que foi dispensado pelo Google no final de 2016. Mas o processo, de acordo com o escritório de advocacia Dhillon Law Group, visa representar todos os funcionários que se sentiram discriminados pelo Google por terem visão política conservadora, serem do sexo masculino e pertencerem à raça caucasiana.

James Damore

No manifesto, Damore argumenta que as mulheres são menos presentes nas áreas de tecnologia por serem mais inclinadas aos sentimentos e, assim, preferirem trabalhos em áreas sociais ou artísticas. Ele também alega que as mulheres têm menos tolerância ao estresse, o que explica a menor participação feminina em cargos avançados.

O engenheiro afirma ainda que os esforços do Google para estabelecer a diversidade criaram uma “monocultura politicamente correta” que humilha quem pensa diferente das ideias promovidas.

Era para ser um documento interno, mas as ideias colocadas ali são tão polêmicas que o manifesto acabou “vazando” rapidamente. A consequência não poderia ter sido outra: James Damore foi demitido.

O assunto gerou tanta repercussão que Sundar Pichai, CEO do Google, publicou uma carta dizendo que apoia o direito dos funcionários de se expressarem, mas que partes do manifesto violam o código de conduta da companhia.

Mas, para Damore e Gudeman, o Google marginaliza, menospreza e pune funcionários que expressam pontos de vista políticos diferentes da visão que a maioria tem ali. A empresa teria inclusive mantido listas negras de empregados conservadores e de pessoas com visão similar que estariam proibidas de visitar o campus do Google.

Mulher no Google - imagem por Women on the Web

A ação também dá a entender que os esforços do Google para promover a diversidade acabam criando injustiças. Damore e Gudeman afirmam, por exemplo, que a empresa pressiona abertamente gestores das unidades de negócios que não conseguem atender às porcentagens mínimas de contratação de mulheres e candidatos vindos de minorias.

Vale frisar que David Gudeman não teve envolvimento direto com o caso do manifesto. O engenheiro foi demitido do Google em dezembro de 2016 por conta de uma investigação iniciada após ele responder com ceticismo a uma mensagem de um funcionário muçulmano preocupado com a sua segurança por conta da então recente eleição de Donald Trump.

À Wired, um representante do Google informou que a “empresa está ansiosa para se defender do processo de Damore no tribunal”.

Com informações: TechCrunch, The Guardian.

  • Felipe Fernandes

    “visa representar todos os funcionários que se sentiram discriminados pelo Google por terem visão política conservadora, serem do sexo masculino e pertencerem à raça caucasiana.”

    HAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHA

    • tuneman

      bote hipócrita né? hahahahha

    • Otavio Miguel Alves David

      na verdade, as empresas tentam tanto seguir uma visão “politicamente correta” que desesperadamente procuram mulheres e negros por “inclusão”, deixando de lado pessoas do sexo masculino e caucasianas. zombe quanto quiser, mas esse povo lacrador em vez de se incluir na sociedade (como era o plano inicialmente), está, na verdade, simplesmente tirando aqueles que já estavam lá (não que haja mérito em “já estar lá”). concordo que uma todos beneficiariam de uma política mais inclusiva, mas se você prestar atenção na internet atualmente, simplesmente há um desgosto e um nojo por justamente este grupo que o cara da matéria pertence. isso é bem problemático, porque aí, acabam prejudicando estas pessoas sem perceber, e quando elas verbalizam seus problemas, acabam sendo zoadas, como você fez. hipócrita é quem acha que racismo é só contra negro. (sim, tire sarro. mas no fundo, você sabe quão certo estou)

      • Igor Alves

        Está cada vez mais difícil ser caucasiano e homem.

        • Lucas Nascimento

          É muita opressão, tu não sabe pelo que esse pessoal branco e caucasiano passa todos os dias na rua, é foda véi

          • Otavio Miguel Alves David

            lógico que na rua não, obviamente eu nunca sofri discriminação em lojas e outras coisas. entendo o quão grande é esse problema para os negros. mas se as empresas agora estão deliberadamente filtrando homens brancos de suas listas de contratações, eu não vejo como isso não é um problema.

          • Wellinghton Godoi

            Há anos as empresas deliberadamente filtram homens negros de suas listas de contratações e você não estava achando ruim, estava? Então porque agora elas filtram “homens brancos”, você se sente ameaçado e acha um problema? Entendi.

          • Otavio Miguel Alves David

            nunca falei que não era ruim. só não adianta trocar um problema pelo outro, oras.

          • MRJ está em hardware.com.br

            Talvez não soframos discriminação no sentido propalado pela imprensa. Mas SEMPRE sofremos outros tipos de discriminação, SIM.
            Flanelinha olha o cara branco (ainda que num carro velho!) e já manda: “opa, aqui é 10 real, dotô”.
            Eu sacaneio. Sempre pergunto: “ah, é? e pra polícia, é quanto?”(como quem diz: sou polícia). Fica pianinho, na hora.
            Camelô SEMPRE joga preço lá em cima para homem branco, pq eles acham que a gente tá montado no dinheiro. Tem que chorar, bater boca e ameaçar, senão eles deitam e rolam.
            Se isso não é preconceito, eu não sei o que é!

          • E você tá errado de chamar polícia ou METER PORRADA num filha da puta desses que arranhar seu carro ou deixar danificarem e te cobrar por isso.

          • Rafael

            É muito triste mesmo essa discriminação. Até porque nós somos sempre obrigados a pagar flanelinha e é muito triste ver homem caucasiano pagar mais que a gente. Muito triste.

          • MRJ está em hardware.com.br

            Cada um com seus problemas. Você quer cobrar, eu não quero pagar.

          • ochateador

            A vaga de estacionamento é pública, por que diabos tenho que pagar um flanelinha que trata a vaga pública como algo particular ?

          • Thiago Marchette

            HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH

          • Maria Santa

            Na verdade, vocÊ está falando de preconceito de pobre contra rico. Se bem que todo preconceito é preconceito, inclusive os enrustidos.

          • MRJ está em hardware.com.br

            Tô não. Acabei de falar do branco num carro velho (eu sofria isso qd tinha um Santana 89!)

          • Maria Santa

            Um flanelinha vê uma pessoa em um carro – e um flanelinha vê o outro como rico. Tal como um advogado vê o outro como fonte de renda em um processo, e vai usar todos os argumentos para tirar o dinheiro do mesmo.

      • Fabio Otto Bernardeli

        na verdade, as empresas tentam tanto seguir uma visão “politicamente correta”… zzzzZZZZZZZ

        • Pantera Magenta

          Pura hipocrisia, na verdade o que eles querem é a opinião pública a favor deles pois isso melhora a imagem da companhia e com isso agrega valor (dinheiro) não estou falando de valores no sentido de virtudes. Vocês acham que os acionistas da Alphabet, hoje empresa mãe da Google realmente ligam? Não! Eles não se importam com isso. Mas fazem a companhia agir assim por que isso traz grana para a empresa. Através de Marketing positivo a ela e ao restante do conglomerado.

        • Otavio Miguel Alves David

          você só prova meu ponto por ignorar a realidade. é sempre assim, entortam as verdades e ignoram quando confrontados com fatos.

      • Marcus Araújo

        Ninguém estava ameaçando o rapaz, ou quem quer que seja “homem, conservador e branco” de demissão (reveja a história), ele que resolveu divulgar textão mimimi em ambiente corporativo porque não estava satisfeito com as políticas de inclusão da empresa (empresa esta que não pertence a ele).

        Se fosse chefe desse cara, eu não teria feito nada de diferente do que o Google fez.

        • Wellington Gabriel de Borba

          Exatamente, ficam defendendo empresa privada, aí quando os donos tomam uma decisão autocrática, ficam aí querendo “justiça social” contra os “politicamente corretos”.

      • Wellington Gabriel de Borba

        No dia que homem branco, caucasiano e conservador apanhar na escola e chegar em casa com o olho roxo e o nariz sangrando por ser branco, caucasiano e conservador, eu começo a dar moral para essas pessoas que falam que sofrem por serem quem são.

        • MRJ está em hardware.com.br

          Largue o seu iPhone e desça do olimpo e vá ver a realidade nas escolas públicas das favelas!

          • Wellington Gabriel de Borba

            Primeiro eu tenho um J7 Prime. Segundo que eu sempre morei e sempre estudei e trabalhei na periferia. Terceiro, que eu sou professor de rede pública e sou gay. Portanto eu sei bem o ambiente hostil a vários grupos sociais é escola como todo, a pública principalmente e é por isso que eu, e alguns dos meus colegas de profissão, não peca por omissão, apesar da vontade contrária dos apoiadores do Escola Sem Partido. No dia que você apanhar na escola por ser gay e os pais dos seus algozes tratar como brincadeira, vem cagar regra de local de fala. Ah, e outra, na escola pública ensina interpretar texto sim!

          • MRJ está em hardware.com.br

            é por isso que eu, e alguns dos meus colegas de profissão, não peca por omissão, apesar da vontade contrária dos apoiadores do Escola Sem Partido

            Vamos ver se eu sei interpretar texto, então: diante do excerto acima, temos aqui um militante gay esquerdopata que, ainda por cima, está numa das piores posições possíveis, que é a de formador de crianças. Por causa desse tipo de interferência maldita de vocês esquerdistas este país está naufragando a cada dia mais na miséria.

          • Wellington Gabriel de Borba

            “Militante gay esquerdopata”. Já deu para entender que seu enredo é falácia. Você não tem intelecto suficiente para discutir comigo!

          • MRJ está em hardware.com.br

            Vocês é que têm medo de quem tem argumentos.

          • Wellington Gabriel de Borba

            Medo eu? Primeiro quem não põe a cara e nem o nome aqui é você. Segundo que você nem me conhece e já tá me qualificando. Você deve ser um desses caras que classifica tudo que é contrário ao que você entende de direita como comunismo, né?

          • MRJ está em hardware.com.br

            E vc acha mesmo que eu acredito que esse aí seja você? A PF está investigando um festival de fakes de Esquerda que se infiltravam em redes sociais justamente para fazer a cabeça dos mais fracos.
            Nem vem de garfo, que hoje é dia de sopa, garoto.
            Não preciso te conhecer para te qualificar. Você se declarou gay, então você é gay.
            Você mesmo declarou que “não peca por omissão, apesar da vontade contrária dos apoiadores do Escola Sem Partido”. Ora, a finalidade da Escola Sem Partido é justamente conter o viés político vomitado sobre as crianças. Viés este consabidamente esquerdista.
            Desta forma, suas próprias palavras o qualificam como um ativista (porque isso é ativismo) gay esquerdopata.

          • Wellington Gabriel de Borba

            Tem que ser muito ingenuo para sequer não desconfiar quando alguém usa um perfil verídico ou falso, seu caso. Sobre ser gay e de esquerda, você demonstra notório desconhecimento do que isto é. O que você vê de correto no Escola Sem Partido tem muito mais a ver com sua opinião do que fato de verdade. Até mesmo porque já tá bem claro que seu negócio é falar o que você acha (como pensar que eu sou um almofadinha que não conhece muitas realidades sociais). Continua aí inventando os seus fatos alternativos.

          • MRJ está em hardware.com.br

            Que fatos alternativos? Sua foto no Facebook com Fora Temer é fato alternativo? Seu compartilhamento de um partidinho de esquerda chamado Frente Favela Brasil? Ou o pato da Fiesp em frente ao congresso? Tudo alternativo direto do seu FB.

          • Wellington Gabriel de Borba

            Para mim é Fora Temer mesmo, porque se o Brasil fosse sério o impeachment da Dilma convocaria eleições diretas, mas não tem grupo político seja na direita e seja na esquerda (ou no que você entende por isso) para chamar isso. Chamar um movimento social de partido político e colocar coisas como FFB e a FIESP no mesmo balaio? É isso mesmo que você fez ou eu que não entendi direito? Por que se foi, me ajuda entender.

          • MRJ está em hardware.com.br

            Vamos recomeçar a partir daí.
            Pela primeira vez, concordamos. É Fora, Temer, sim. E a chapa de ambos deveria ter sido cassada, sim.
            Até aqui, concordamos plenamente.
            Agora vou baixar a minha espada e perguntar diretamente, apesar de você ter falado contra o Escola Sem Partido: vc é ou não é militante de Esquerda?

          • Wellington Gabriel de Borba

            Sei lá o que você entende por esquerda e por militantes. Mas não sou militante de porra nenhuma, inclusive preguiça!

          • MRJ está em hardware.com.br
          • Wellington Gabriel de Borba

            Mas eu tenho minhas especulações para você não saber.

          • MRJ está em hardware.com.br

            Deixa isso quieto, que hoje foi dia de porradaria na internet…kkkkk
            Bora tomar um chopp mais tarde?

          • Wellington Gabriel de Borba

            Lá no Jeová das Moças! Não me pergunte porquê esse nome.

          • MRJ está em hardware.com.br

            Esse tal de Jeová devia ser pegador! XD

          • Wellington Gabriel de Borba

            Casou 5 vezes e teve 7 filhas. Tire as conclusões por você. Agora o que não é fato alternativo é que frango na chapa e o cozumel é bom.

          • MRJ está em hardware.com.br

            Opa, já vou anotar para conhecer os dois na minha próxima visita a Goiânia!

          • MASAYOSHI ㊙

            Não precisa ir a uma manifestação pra ser militante. Você pode ser um militante de teclado e não sabe.

          • Wellington Gabriel de Borba

            Se você tá falando, deve ser verdade.

          • MASAYOSHI ㊙

            Bom, eu disse que você pode ser e não sabe.

          • Wellington Gabriel de Borba
          • MASAYOSHI ㊙

            Se está tão difícil entender pra quê explicar?

          • Wellington Gabriel de Borba

            Ou você tá com muita opinião pra pouco coisa.

          • Começando uma frase com “se o Brasil fosse sério” eu responderia “SE IMPLODIRIA, POIS o país da Lei de Gerson NÃO TEM SALVAÇÃO”.

            Se o Brasil Fosse sério, Dilma teria o impeachment compelto e seria presa pelo que fez lá atrás na petrobrás (apenas uma cosia da imensa lista de crimes), não estaria livre pra assumir qualquer cargo ou indicação política como está, por “interpretação conveniente” do que fizeram lá naquele circo de políticos que foi o impeachment, por mim aquele prédio poderia ter EXPLODIDO EM CHAMAS naquele dia que o Brasil tería um MÍNIMO de chance de melhorar um pouco, não completamente.

            Se Lula escapa e volta, fará o mesmo que a Dilma tenteou fazer com ELE, jogando como Minsitra de qualquer merda pra ela se safar de qualquer coisa. E fará o mesmo com uma penca de safados independente de partido, pois a politica é SUJA como um todo.

          • Wellington Gabriel de Borba

            O X da questão é implodir o Brasil e virar o que? Acho que ninguém vai nos adotar como cidadãos deles.

          • MASAYOSHI ㊙

            não mesmo, porque o Brasileiro médio não sabe ser educado na casa dos outros

          • Já ouviu aquela de “devolver pros índios e pedir desculpa”?

            Vai lá ver de onde “surge índio” quando é pra ter um pedaço de terra e ganhar algo. Até branco vira índio quando bate a necessidade da lei de gerson.

            Por isso digo que é mais fácil implodir.

            Esse país não terá correção nem a longo prazo, enquanto não for mudado desde a base. Mas com os rumos que as coisas estão tomando, não vejo solução ou quem a traga.

          • Maurício

            Infelizmente você tem razão. E também tem índio que vira índio quando não quer encarar “lei do branco” igual aquele Paiakan.

          • Wellington Gabriel de Borba

            Quem tá falando de devolver Brasil pra índio? Eu tô falando de eleição direta para presidente e você tá inventando que eu tô falando de índio? Não viaja, fofo!

          • Pantera Magenta

            Devolve o Brasil para os índios, tenho certeza que ficaríamos melhores sob a administração indígena.

          • Wellington Gabriel de Borba

            Pelo menos eu ia economizar muito dinheiro comprando roupa.

          • MRJ está em hardware.com.br

            Isso mesmo, chega desse negócio de “dia de branco”, que dá muito trabalho!

          • Sei não, tem estrada ai da união que tão fazendo pedágio de 50-100 conto pra passar, já pensou se legalizam?

          • MASAYOSHI ㊙

            Tá louco, os índios viviam se pegando de porrada. Age o Empires total!

          • Pantera Magenta

            Que nada! Assim Darwin age mais rápido.

          • MASAYOSHI ㊙

            Pode ser, mas se Cabral nunca tivesse chegado aqui, falaríamos todos Tupi ou Castelhano, ou uma mistura escrota dos dois.

          • GOSPEL MYXX

            Falou tudo e falou bonito. Parabéns. Se lá trás houvesse ocorrido algo mais sério contra os políticos, creio que hoje estaríamos melhores

          • “Você deve ser um desses caras que classifica tudo que é contrário ao que você entende X…como Y…”

            E não é o que os de Esquerda tem feito desde sempre?
            Deveriam repensar e respeitar, não criar polêmica em besteiras e abusar até de vitimismo em vez de argumentar.

            Chega de Bipolarizar tudo, se não é A é B. Cansei de ver isso em política, futebol, movimentos sociais diversos…. tá foda.

          • Victor Hugo, vulgo Charizaldo

            O pior é tentar estabelecer uma visão de bom senso e ser chamado de “isentão”.

            Essa laia que briga na internet por posição política é tudo burro

          • Quer SABER?

            BOLSONARO 2018 o/

            POR QUE QUERO VER O CIRCO PEGAR FOGO…

            (Aguardando pedras voando…)

          • Victor Hugo, vulgo Charizaldo

            BOLSOLULA 2018

          • LULA PRESIDIÁRIO 2018 o/

          • MRJ está em hardware.com.br

            EU APOIO ESSE MOVIMENTO!

          • Victor Hugo, vulgo Charizaldo

            Faz tempo que não tem Lula Preso Amanhã né

          • MASAYOSHI ㊙

            ♫ ♬ Lula lá, dentro da cadeia…♩ ♪

          • Victor Hugo, vulgo Charizaldo

            Respeita o homem que tirou 19 trilhões de brasileiros da miséria

          • Clap clap clap clap…

          • Victor Hugo, vulgo Charizaldo

            o pobre ta indo de helicóptero pra universidade agora por causa do Lula

          • MASAYOSHI ㊙

            79 trilhões de pessoas agora podem viajar pelo espaço graças ao Lula

          • E boa parte desses 79 trilhões irão tentar a sorte e ter greenREDcard de marte quando colonizada for…

            outra parte irá iniciar o MSM, “Movimento sem Marte”.

          • MASAYOSHI ㊙

            Nunca na história desta galáxia a sigla MST fará tanto sentido

          • Pantera Magenta

            E também com isso o movimento LGBT Marte.

          • Transexuais Tritetas…

          • The Hungry No-Face 🍱🍖🍗

            Poderiam ser mais de 200 milhões de brasileiros, mas só um foi… quer dizer, mais ou menos… mais pra menos, e, bem, cadê ele?

          • Brás Cubas

            Só uma pequena correção, são 36 milhões da miséria, segundo fontes “altamente confiáveis”(brasil247).

          • Dedpul™

            Brasil 2+4+7=?

          • Brás Cubas

            Exatamente 13!

          • MRJ está em hardware.com.br

            MITO MITO MITO !!!!

          • Wellington Gabriel de Borba

            Ah, agora sim deu pra entender, você é daqueles que anti comunismo porque é liberal, mas vota em apoiador da ditadura militar e estatista.

          • MRJ está em hardware.com.br

            Neste exato momento, estou sendo zoeirista, não leve a sério. 😉

          • Primeira pedra hohoho

            Entenda, das possibilidades que podemos ter, acha que alguma presta?

            Teve gente que votou no Tiririca pra zoar e botou junto dele uma penca de safados pendurados. Essa é nossa política e nosso Brasil.

            Votar no A pra não votar no B.

            Escolher o menos pior está cada vez mais difícil, e só nos dão essa opção pelas opções de canditados que temos.

            Bolsonaro é um que ao meu ver, fará o circo pegar fogo.
            Não vejo nada que preste em nenhuma das possibilidades. Nem possibilidade de ter curriculo pra assumir o cargo que pretendem.

            Todos entrarão num mar de LAMA e BOSTA até o pescoço, independente de quem entrar e assumir.

            Luciano Hulk (que já disse que não será candidato, já que a Grobo deixou claro que ele teria que se desligar, e MONEY TALKS, então né) e Faustão estão com denúncia e processo contra eles e a Globo, do PT, só por dizer ao vivo sobre “escolher algo novo”.

            Entende como está nossa política com essa última do PT?

          • Wellington Gabriel de Borba

            Bem, eu não acredito em político perfeito que vai entrar e vai mudar. Acredito em projetos e processos e não existe nenhum grupo majoritário com esse pensamento no Brasil. Mas o contrário já existe, eleger Lula ou Bolsonaro no fundo é a mesma coisa, moralismo seletivo e ilusão de que um palerma qualquer vai ser bom presidente porque fala coisas de efeito.

          • Maria Santa

            Só ver as respostas contra você para ver o porque da política brasileira estar nestas… o pessoal não leva a sério e imagina que é só votar e xingar que o cara vai trabalhar certinho.

            Não sabe que político é alguém que é igual ao cara que bota o dedo no teclado de forma anônima – é uma pessoa e que depende da opinião dos outros para fazer as políticas públicas. Isso é democracia.

            Só uma dica: tem uns nos comentários que são estúpidos já faz uma década. E vivem disto. Não me pergunte porque: até hoje nenhum blog de tecnologia quis investigar sobre estes comentaristas. Ou conseguiu maiores informações. Melhor ignorar estes caras, eles não merecem atenção. Eles só querem ser o palhaços com luz na cara no meio da arena.

          • Wellington Gabriel de Borba

            É que política é um assunto chato e complicado. Precisa de leitura e conhecimento. Aí as pessoas leem as opiniões de qualquer que pensam parecido com eles na internet, e já acham intelectuais. Exemplo disso é que a maior parte dos meus críticos se consideram liberais, mas são taxativamente contra liberdades individuais, defendem o Estado tutelando os comportamentos e acham que quem inventou a pauta dos direitos humanos foi esquerda. Claro, aqueles que se denominam de esquerda também pecam do mesmo tanto. Mas é complicado querer levar a sério meus interlocutores quando eles são carregados de tantas ideias fantasiosas, de tantos sofismos, de tantas falsas causas e relações. Por isso já vou logo para o deboche.

          • Maria Santa

            Acho que a política na verdade pode ser mais simples, lembrando que a princípio é a relação entre pessoas em uma sociedade. Talvez deveríamos tentar mudar o discurso sobre a política e transforma-la em algo que as pessoas compreendam melhor no dia a dia – noto que é mais fácil um meme convencer uma pessoa a votar em alguém do que o discurso técnico.

            Mas não discordo do seu pensamento: o pessoal não sabe entender a política e zoa. Mas gente da política também zoa. Acho que isso vira um muro, mas é uma divagação 🙂

          • Wellington Gabriel de Borba

            Existe muita verdade no que você disse, a política pode ser algo mais simples e inclusive acho que ela está em todo lugar, como na organização de uma fila preferencial por exemplo. Mas prefiro ensinar isso para os meus alunos, eles são mais humildes e bem mais crítico. Eles compreendem melhor o que é espaço coletivo e o que é espaço individual. Que quando um respeito o direito do outro existir como outro bem entende, todo mundo no final das contas tá garantindo a própria existência de forma plena.

            Agora para adulto iguais a esses que tem por aqui? Ah, não dá! É difícil tentar explicar para alguém tão convencido e cheio de si que um monte de coisas que ele projeta sobre a gente é falso. Fora que defendem ideias como se isso fosse uma religião e uma verdade suprema. Como diz a Eliana, eu pego os meus dedinhos e faço assim para as drogas.

          • MASAYOSHI ㊙

            Sinceramente, não consigo apoiar esse cara, ele é maluco demais pro meu gosto.

          • EU quero ver o circo BRASIL em CHAMAS…

            Ele é o mais propenso a fazer acontecer.

          • Eu tenho dito há MUITO TEMPO…

            Quero ver TRUMP lá em cima e BOLSONARO aqui embaixo na República da Banânia…

          • MASAYOSHI ㊙

            Pode até ser, mas eu só quero condições de abrir a minha editora e tocar o trampo sem sufoco.

          • Fazer empresa? CNPJ? NO BRASIL?

            ASUHUSHUHAUSHUASHUHASUHUASHUSH

            Boa sorte, irá precisar, até pra quando fechar… ahusuhuhsauhasuh

          • MASAYOSHI ㊙

            Vou precisar, e muito. Por enquanto vou indo de MEI, mas não volto a trabalhar com carteira assinada nem a pau. Larguei essa vida em 2011 e não volto mais.

          • Wellington Gabriel de Borba

            Uê, e eu sou esquerda onde? O cara nem leu meu plano de aula, nem sabe como e o que eu to fazendo no meu trabalho e só porque ele acha minimamente que gay e esquerda são as mesmas coisas eu virei direita?

          • Rapaz, não vou dizer que A + B é C… ou que A seja sempre B…

            Mas Esquerda e Movimentos LGBT estão cada vez mais polêmicos e radicais, querendo impor a própria visão das coisas de forma tão equivocada, que uma hora será crime ser contrário a eles.

            Estamos num país onde ESTADO LAICO DE CU É ROLA, e sempre é “Farinha pouca meu pirão primeiro”. Cada grupo (coloque ai o que quiser, armamentista e anti, lgbt-salada-de-letras, evangélicos, esquerda, direita, centro, fundos, A, b, C, D … Z) só tem lutado pelos seus ideais, mesmo ferindo o de outrem. E bipolarizando TUDO.

            Alguém não pode ser de Direita ou Esquerda sem ser taxado por um ou por outro nas 2 possibilidades.

            Politicamente correto etá indo num caminho onde irão criminalizar cada merda que até alguns dos ferrenhos defensores de cada grupo irá questionar o que o grupo conseguiu.

            E deixa eu tirar as roupas do varal que o tempo tá ficando afrodescendente e vai chover para pênis, com risco de usuários de iProdutos se molharem.

          • Wellington Gabriel de Borba

            Subescrevo tudo o que você disse. E reforço, o grande X da questão é que as pessoas possuem um conhecimento muito mínimo a respeito de vários assuntos e insistem em colocar os mesmos em potes e não explicar essas contradições. Exemplo disso? É o liberalismo o defensor das liberdades individuais. Mas é justamente quem se intitula capitalista no Brasil quem é contra isso e quem é de socialista que começa a defender a coisa.

          • Como dizem, todo brasileiro tem um pouco de médico, juiz de futebol e entendedor de política.

          • Wellington Gabriel de Borba

            Por isso que a maioria gosta de acusar o coleguinha disso ou daquilo em rede social. É mais fácil do que ler um assunto que não é simples e é bem chato.

          • Rafael

            Ele só discute com flanelinha. Fingindo que é policia ainda, pois nem moral para bancar o que é tem.

          • MRJ está em hardware.com.br

            Basta pegar seu histórico de comentários, babaca. Fica discutindo em post sobre carro de 185 mil, e vem aqui pagar de bolivariano! Vai se foder!

          • Rafael

            Vá você da aulas. Um homem caucasiano branco. Assim você forma as crianças da maneira que lhe convém.

          • MRJ está em hardware.com.br

            Não é a minha quota social. Você colabora com a sua, ou só reclama na internet?

          • SiouxBR

            Wellington, o problema nesse caso não é de racismo e sim devido ao preconceito, causado pela ignorância das pessoas.

            Entendo a sua situação: minha enteada é lésbica e sofre um preconceito enorme da mãe o do pai dela, que são religiosos. E na rua ela precisa ser super discreta quando está com a namorada para não sofrer algum tipo de agressão física.

          • Wellington Gabriel de Borba

            Mas o tópico no qual eu toquei não falo de racismo e sim orientação sexual, homofobia. Mas reconheço que o racismo existe. Eu não sei como ele é, porque eu sou lido socialmente como branco e nunca sofri racismo, inclusive posso até ter praticado.

          • Rafael

            Falou a pessoa que sofre preconceito ao estacionar o carro na rua.
            kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

          • MRJ está em hardware.com.br

            ^flanelinha detectado

        • Juaum

          Entendi, então todas as vezes que apanhei na escola eram por que eu queria.

          • Wellington Gabriel de Borba

            O que tem a ver o bunda com as calças?

        • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

          Pois eu estudei em escola pública de periferia e passei por isso, e pra piorar meus pais eram professores lá… saia do seu mundinho…

          • Wellington Gabriel de Borba

            Que mundinho que eu to inventando que você não acredita? Que aluno sofre bullying, é ofendido, é agredido na escola como um todo, o que a inclui a pública? Como eu falei, a escola pública tem problemas, mas lá eu aprendi a ler interpretar texto muito bem. Não vem me chamar de playboyzinho, porque foi neste lugar que estudei a vida todo e onde trabalho. Sei do que to falando como aluno e como professor.

          • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

            Tá inventando que não existe racismo pra branco caucasiano, vai numa escola com maioria negra e parda na periferia pra vc ver, aonde apesar de ter a mesma situação social de todos você ainda é considerado diferente e tratado beeem diferente, vira o centro da porrada.

          • Wellington Gabriel de Borba

            Por que você é branco? Duvido.

      • Lenes Moreira

        Olha lá o homem branco, hetero e conservador sendo oprimido, coitadinho dele, logo os homens brancos q foram trazidos em navios branqueiros da África para serem escravos nas Américas, logo os homens brancos q recebem 30% a menos q a feminazis misiandricas, logo os homens brancos heteros q já foram considerados doentes, aberrações, q foram submetidos a torturas e a tratamentos de choque para serem convertidos a homossexualidade e q levam lampadadas nas ruas mundo a fora por andarem de mãos dadas com suas esposas. Coitados vou até pintar uma unha de branco para demonstrar a minha indignação aos problemas enfrentados por esses sofredores, é muita opressão. Força, Guerreiros.

        • MRJ está em hardware.com.br

          Mimimi, choradeira com coisas erradas, sim, mas que ocorreram há gerações e não são a sua realidade.

          • Lenes Moreira

            Não imagina, lgbt não apanham todos os dias nas ruas por causa da sua sexualidade, imagina, quem sofre são homens brancos conservadores. Muito complicado mesmo compreender os problemas q pessoas com realidades diferentes da sua vivenciam, muito difícil entender a fome dos outros quando sempre se teve geleia em cima do pão.

          • MRJ está em hardware.com.br

            Amigo, cada um com seus problemas, inclusive eu com os meus, e eu não fico correndo atrás de ninguém pra me defender, não.
            Esses coletivos e essas escrotices que estão aí em voga são a versão adulta dos moleques que não sabiam se defender e iam chorar para a professora.

          • Lenes Moreira

            Não criatura isso é empatia, colocar-se no lugar do outro e se sensibilizar com os problemas alheios, mesmo q vc não sofra com os mesmos problemas e tentar fazer algo para q essas pessoas tenham uma existência um pouco mais digna.

          • MRJ está em hardware.com.br

            Eu conheço e concordo com o conceito de empatia. Só que eu acho que ele deve ficar restrito ao âmbito pessoal, assim como a religião de cada um.
            Trazer a empatia social sobre um grupo é deformar o tecido social, baseado num conceito de mérito.
            Se alguém estuda e trabalha para obter melhores condições, não deve ser penalizado porque outros não galgaram a mesma posição (até porque neste grupo estarão os que legitimamente não conseguiram por falta de condições sociais, mas também estará toda uma massa de acomodados).

          • Lenes Moreira

            Ninguém deve ser penalizado por tido acesso a melhores condições, mas o mínimo q uma pessoa q teve acesso deveria é compreender q a sua realidade não é igual a dos outros. Não vivemos numa sociedade igualitária, muito menos no Brasil q tem um abismo social gigantesco, quando empresas como o Google fazem um programa de incentivo a diversidade, tem como principal objetivo fornecer acesso a uma maneira de ascensão social e melhoria de vida, acesso a uma mínima chance de subir na escala social, ou vc acha q o fato de a maioria dos CEO de grandes corporações serem homens brancos é algo totalmente aleatório? E q o fato de quanto mais se sobe na escala hierarquica do poder menos se encontram negros, mulheres e lgbts e posições de comando tb é algo q acontecesse ao acaso?

          • MRJ está em hardware.com.br

            Na boa, eu sou a favor de que todo mundo tenha voz, vez e direitos. E sou a favor do mérito. É isso que estou tentando te fazer entender. Não gosto de vitimismo, de quem acusa os outros pelo que não é ou não conseguiu. Gosto, de quem mete a cara e vai à luta, e cresce na vida por seus próprios méritos.
            Esse tipo de gente me inspira, tanto que alguns dos meus filmes preferidos (e que eu tenho em DVD) são justamente histórias de superação, e geralmente de gente negra que venceu na sociedade escrota e racista dos EUA.

          • Lenes Moreira

            Eu tb sou super a favor de q as pessoas lutem pelo o q querem, não sou contra o acumulo de bens, agora o q é problemático é acharem q pessoas com realidades completamente diferentes tem as mesmas CHANCES e oportunidades na vida, como se alguém q vem da periferia, q passou fome e teve acesso a condições precárias de educação conseguisse disputar de igual pra igual com alguém q sempre teve uma família estruturada e acesso a boa educação e alimentação. Se entre duas pessoas q tiveram as MESMAS condições uma se destaca frente a outra isso sim é meritocracia, o resto não é.

          • MRJ está em hardware.com.br

            Ok, estamos falando a mesma língua.

          • Mago Erudito®

            Você entende o conceito de empatia, mas não consegue sentir empatia. Por isso fica difícil achar importante incluir social e economicamente pessoas que tiveram pouca ou nenhuma chance de se dar bem na vida.

            Há alguns anos atrás eu também achava que tudo deveria vir do esforço e do mérito de cada um, mas hoje sei que isso é uma das maiores mentiras que nos contam.

            Como julgar uma criança que não vai pra escola por causa de tiroteio no morro? Como que uma criança acorda depois de uma madrugada de tiroteio, será que ela tem condições de estudar no outro dia de manhã? Qual é a qualidade do ensino e as condições das escolas nas periferias?

            A ideia de meritocracia só pode ser aplicada onde se tem igualdade de oportunidades do contrário é apenas uma forma de controle social.

          • MRJ está em hardware.com.br

            Eu sou fruto disso. Estudei em escola municipal até a 8a série, fiz o segundo grau em colégio estadual, me esforcei e cheguei à universidade federal.
            Muita gente que eu conheci e que estudou comigo ficou pelo caminho.
            A vida é assim. Aceite e pare de mimimi.

          • Mago Erudito®

            Você é a exceção da exceção e ainda não se deu conta disso.

            Obviamente você teve/tem muitos méritos, mas já perguntou para os seus ex colegas por que desistiram? Vai ver você teve alguma chance que eles não tiveram e isso te abriu opções melhores.

            É isso que eu estou falando.

          • MRJ está em hardware.com.br

            Cada um com seus problemas. Eu tive os meus, e não estou aqui choramingando nem tentando consertar o mundo. O mundo é assim, conquistado à força.

          • Mago Erudito®

            O mundo ser assim não quer dizer que ele não deva ser mudado. Se ele não tivesse mudado desde a idade média você não teria a menor possibilidade de ascensão social.

          • MRJ está em hardware.com.br

            E a vida continuaria, como continuou.

          • Mago Erudito®

            Humanos se adaptam muito bem as mais diversas condições, mas isso não quer dizer que precisamos aceitar que uns tenham que viver com tão pouco e outros terem todas as oportunidades do mundo.

            Existe um meio termo aí e acredito que todos podem sair ganhando.

          • MRJ está em hardware.com.br

            Até o Tim Maia aceitou. Veja a letra de Azul da cor do mar.

          • Mago Erudito®

            Mas ele não é um exemplo a ser seguido, hehehe.

          • MRJ está em hardware.com.br

            É, sim ele estava na pior qd escreveu isso. E ele, apesar de maluco, disse que não vale homem com homem é nem mulher com mulher!

          • Mago Erudito®

            Será que ele pagou as contas de alguém pra poder ficar dando opinião na vida dos outros?

            Vale, vale tuuuuuuudo, desde que não faça mal pra ninguém. 🙂

          • MRJ está em hardware.com.br
          • Mago Erudito®

            Obrigado pelo convite, mas não estarei em São Paulo nessa data.

            Uma lástima terrível.

          • MRJ está em hardware.com.br

            Pena. Bastava entrar de vermelho!

          • Jaca Paladium

            Se eu tivesse em SP…iria !!!!

      • Mago Erudito®

        O problema é que o cara acha que conservadores héteros caucasianos são melhores que os demais, só aí você já nota que ele não é uma boa pessoa para se ter numa equipe.

        Racismo é contra branco também? Me liste aqui quantos brancos descentes de escravos que você conhece? Quantos negros tem por sala em escolas privadas ou universidades federais? Qual a taxa de homicídio de homens negros e brancos? Qual a média de escolaridade de brancos e negros? Quando que um branco entrou em algum shopping ou loja e foi barrado?

        • Maria Santa

          Este não conhece os casamentos de brancos com negros, que originaram morenos.

        • JN Marcos

          Pelo o que fiquei sabendo, ele disse que os motivos de os homens brancos ganharem mais é devido às suas decisões no trabalho, não por preconceito.

          Mas respondendo suas perguntas:
          1. Sim, racismo pode ser contra branco também. Racismo é qualquer descriminação baseada na cor ou origem da pessoa, como está escrito na constituição federal. Sim, negros sofrem mais, mas não quer dizer que brancos não sofram e não possam reclamar quanto a isso. Não queira calar um grupo só pq “não sofre o suficiente”.
          2. Cara, existem incontáveis números de brancos descendentes de escravos. Lembrando que escravo, vem de slavo, que sim, são os povos eslavos, que são BEM BRANCOS, caucasianos, eram usados para esse fim. Não só os negros sofrem de escravidão no mundo. E lembrando tb. o que muitos escondem, os negros eram vendidos por outro negros. A situação deles tb. se deve aos negros, não somente aos brancos.

        • JN Marcos

          (Continuação)
          3. Negros nesse caso são mestiços? Ou só considera mestiços como negro quando é algo ruim ou para provar que o sistema cotas funciona?
          4. Taxa de homicídio deve estar mais atrelado à pobreza que pela cor.
          5. Não sei. Teria de fazer uma pesquisa extensa.
          6. Deve ter algum caso. Nesse caso negros sofrem mais. Mas como disseram mais acima, nesse “menores” empecilhos, brancos são cobrados por maior valor, somente por serem brancos. Constitui o problema contrários aos negros, mas continua sendo um.

      • Ai meu deus, a lenda do “racismo reverso”… escondam as crianças…

        • JN Marcos

          Não existe racismo reverso, somente racismo, que pode ser contra qualquer grupo.

    • Alexandre Roberto

      Olha…nao e tao exatamente o mesmo caso….mas…em uma instituicao que audito e dou consultoria ha uma politica declarada de contratar minorias. Se torna extra-oficialmente criterio de desempate no momento de selecao..e para algumas atividades a preferencia e declarada
      Te digo que a coisa anda meio mal das pernas como instituicao….e “coincidentemente” a situacao veio se deteriorando desde que iniciou-se esta politica na instituicao

      Inclusao e uma coisa diferente de segregacao, que e na pratica o que esta sendo adotado nesta instituicao que estou descrevendo….e, infelizmente, a competencia, experiencia e formacao academica esta sendo deixada de lado para dar lugar a inclusao…e empresa vive de resultados

      • Mago Erudito®

        Se é apenas um critério de desempate não teriam grandes mudanças contratando héteros caucasianos, certo?

        • Alexandre Roberto

          Para determinadas atividades, sim …seu raciocinio esta correto
          Ja para outras, como mencionei, a preferencia e declaradamente por um grupo de minorias…e, justamente estas atividades, tem impacto direto sobre a execucao do principal servico que oferece…e e quem demanda material e segue as etapas exigidas para que comprovem a execucao do servico e possam fatura-lo…
          E perde-se uma parte da receita por detalhes bobos..e que nao estao sendo corrigidos conforme auditamos

          • Mago Erudito®

            Não seria o caso de dar um treinamento então?

          • Alexandre Roberto

            atribuicao da gestao do setor.
            Desde a capacitacao, a correcao de rota, a exclusao de funcionarios
            Como consultor me compete apontar as praticas que devem realizar…como auditor….quais processos nao seguem

            Mas…e meio q um “mau comum” deste tipo de instituicao..a que me emprega comete os mesmos pecados, em menor grau, mas vem apresentando evolucao dos indicadores…bem lentamente, convenhamos

          • Mago Erudito®

            Creio que não entendi, mas desde quando dar oportunidade para as pessoas pode ser considerado um “mau comum”?

          • Alexandre Roberto

            Creio que vc marotamente nao quis entender….sua pergunta foi se nao era o caso de dar um treinamento, pura e simplesmente

            o mau comum e o 1o e 2o paragrafos da ultima resposta que lhe foi dada
            “atribuicao da gestao do setor.
            Desde a capacitacao, a correcao de rota, a exclusao de funcionarios
            Como consultor me compete apontar as praticas que devem creio que realizar…como auditor….quais processos nao seguem”

            Se ha um problema apontado pela auditoria….uma pratica que nao e seguida….infere que a gestao nao se interessa por seguir a capacitacao citada por vc, assim como cobrar as orientacoes de processos e normas….e paga nos resultados operacionais

            Nao tem nenhuma correlacao com oportunidade para pessoas, e nao foi o objeto da resposta a sua pergunta anterior….por mais que faca alguns exercicios e baits para forcar tal correlacao

          • The Hungry No-Face 🍱🍖🍗

            Uma conhecida minha passou por situação parecida. Prestou serviço de contabilidade a uma empresa e sofreu para desemaranhar os dados de uma infinidade de “controles”. Escrevi entre aspas porque, os entendedores já adivinharam, eram planilhinhas de Excel. Sem padrões de formatação, dados “ajustados” aos resultados, informações perdidas porque foram sobrescritas, etc.
            Quando entregou o serviço, a “administradora” olhou e engavetou. O porquê de ter contratado o serviço continua um mistério até hoje. E nada melhorou lá até hoje.

          • Alexandre Roberto

            Auditoria e complicado e meche com quem nao quer ser visto e nem que seus segredos sejam descobertos.
            Eu ja tive o “prazer” de ser enviado para auditar uma instituicao na região Norte do país por algumas semanas com escolta em tempo integral da policia federal.

          • ochateador

            Dar oportunidades não é ruim, é excelente.

            O problema é fazer o que o @disqus_CG8xC2Xdn8:disqus apontou. Você precisa de uma pessoa que saiba mexer com um equipamento de 100 milhões de reais. Mas para aprender a mexer o básico nesse equipamento você precisa fazer 3 cursos, gastar 10 mil reais e renovar o treinamento a cada 12 meses.
            Óbvio, nem todos tem essa capacidade financeira ou tempo disponível para esse tipo de treinamento. Então teremos poucos profissionais disponíveis para mexer nesse equipamento.
            Mas ao invés de contratar quem sabe mexer no equipamento, você contrata uma pessoa que se encaixa nas chamadas “minorias” apenas para falar que contratou. Mas essa pessoa da “minoria” não sabe mexer no equipamento…..
            Ou seja, quando o equipamento de 100 milhões de reais começar a ter perda de rendimento ou quebra, essa “minoria” que não sabe fazer a manutenção simplesmente verá o equipamento ir lentamente para o depósito de sucatas.

            Se for 1 ou outra contratação assim é de boas.
            Mas coloque uns 10% da empresa sendo contratado dessa forma… Vai prejudicar a empresa (perda de receitas), vai prejudicar quem não faz parte da “minoria” (demissão, não tem aumento de salário, etc) e também irá prejudicar a própria minoria (demissão, não tem aumento de salário, etc).
            Percebeu a bola de neve ?

          • Maria Santa

            Fica a pergunta: por que os treinamentos tem que ser tão caros e o equipamento mais caro ainda? O quão complexo é e o quão difícil é ajudar o próximo a aprender?

            Será que a bola de neve não está no valor dado a este algo?

          • ochateador

            Minúncias e detalhes.
            Tem 2 técnicos novatos que trabalham comigo, que já ensinei umas 50x sobre como fazer backup de um usuário que qualquer computador com windows (e provavelmente ensinarei mais 500x). Ainda não aprenderam porque acham que estou exagerando.

            No exemplo que citei da máquina de 100 milhões de reais. Só pense em quantos parafusos e botões escondidos podem existir. E esses parafusos e botões podem ser a diferença entre manter a máquina funcionando 24h/365d ou funcionar por 1d e ficar parada por 29d…
            Bastando apenas apertar o parafuso do jeito certo ou apertar o botão que tal informação da máquina atingir determinado valor.

          • Maria Santa

            Ah, a famosa “lenda do parafuso de um milhão”…

            Sim, sim, a bendita eficiência.

            O assunto na verdade se estenderia sobre educação, cultura, foco social, etc… Mas paro por aqui. Já vi que a discussão ficaria longa contigo.

          • Alexandre Roberto

            Perfeito. Algumas atividades exigem desde investimento altissimo para capacitacao dos profissionais, como o tempo para que essa capacitacao seja efetivada se possa assumir tal posto de trabalho.

            E…e literalmente o que esta descrevendo….convivemos constantemente com atraso dos salarios, vez ou outra os mesmos sao parcelados, determinados repasses nao sao feitos pq a regra governamental de faturamento nao foi atendida pq alguem da instituicao esqueceu de um carimbo, ou de registrar no site do ministerio que tal profissional esta efetivamente habilitado para desempenhar tal funcao, ou simplesmente confundiu um codigo que descreve o que foi realizado.
            Isso faz com que os profissionais (que ja sao escassos) migrem destas instituicoes para as particulares, pq la nao passam por isso e tem condicoes melhores de trabalho.

            Isso e uma caracteristica de varias dessas instituicoes, inclusive da que me emprega…mas ainda presto servico para outras e em uma delas, a situacao foi agravada com a politica de selecao dos profissionais….e a instituicao faz questao de divulgar a mesma como um diferencial

          • Mago Erudito®

            Desculpe, mas em que mudo você vive? Quando que uma empresa vai contratar alguém que não sabe mexer numa máquina de 100 milhões só porque ela pertence a uma minoria?

            No mundo que eu vivo normalmente as exigências são muito superiores ao que o cargo exige. Basta ver que qualquer vaga de emprego ter inglês ou outra língua é considerado um diferencial, ou seja, é critério de seleção e na prática em boa parte desses empregos ter uma língua estrangeira nem faz diferença no trabalho.

            Acredito que histórias como essa contata por você são apenas uma das mil e uma formas diferentes para tentar manter as coisas como estão.

          • Alexandre Roberto

            Vou me intrometer nessa questao…vc tem plena razao quando se trata de empresas que visam lucro e nao tem vergonha de dizer isso..(quase todas)
            Agora…existem instituicoes declaradamente sem fins lucrativos..a que me emprega e uma dessas..e a outra que citei tambem….

            Nessas, a coisa muda e muito…

            E..quando a atividade e algo de “relevante servico social”..a coisa muda mais ainda

          • Mago Erudito®

            Entendo o seu ponto também, pois nem sempre é fácil mudar toda uma cultura voltada pra uma meritocracia que muitas vezes serve somente como uma cortina de fumaça para esconder a desigualdade e manter as pessoas sob controle.

            Não sei você, mas eu tenho certeza que empresas como Google, Apple, Microsoft e Facebook não estariam na posição que estão hoje se não tivessem apostado no talento de tantos estrangeiros.

          • Alexandre Roberto

            Essas querem dinheiro…..entao….por mais que deem espaco pra diversidade, terao a competencia e qualificacao como uma exigencia da qual nao abrem mao

            Na realidade em que vivo e ganho meu pao, acredite, competencia e qualificacao podem ser preteridas , uma vez que o lucro e “nivel do servico” nao sao sequer lembrados quando definem missao, valores e objetivos da empresa

            E a concorrencia? Acredite…isso nao e um problema

          • Mago Erudito®

            Mas se a empresa em questão não visa lucro então não vejo motivos para você se preocupar.

            No fundo você pode estar almejando um objetivo diferente da empresa, por isso o descontentamento com a política inclusiva.

          • Alexandre Roberto

            Nao tenho descontentamento com a politica inclusiva… interpretar estado emocional de outras pessoas atraves de discussoes em foruns nao e la uma ciencia exata

            O que estou demonstrando e a questao e o custo de preterirem as exigencias e qualificacoes necessarias dos profissionais em nome de tais politicas ao inves de se focar em realizar as atividades seguindo as normas, regras e praticas determinadas…e realizar as correcoes de rota devida.

            E….sinto lhe dizer…..mas e vc quem paga por isso (meu salario, inclusive)…e caso nao tenha outras opcoes e precise “se tornar meu cliente”, tera enormes dificuldades em conseguir ser atendido e corre um bom risco de nao ser atendido em tempo habil para obter algum resultado

          • Mago Erudito®

            Baixa produtividade no Brasil não é uma exclusividade de minorias, acho que você deveria olhar seus colegas e ver quem tá trabalhando direito e quem não está.

            Tente não se influenciar por “pré-conceitos” e verá que a produtividade é baixa de maneira geral.

          • Alexandre Roberto

            Lancei uma serie de posts onde descrevi um segmento de mercado que tem uma realidade “excentrica”, onde em detrimento de resultados, pode adotar praticas que empresas “normais nao podem” e que isso trouxe uma diferenca operacional……mas vc acha q consegue e prefere analisar meu estado de espirito, alinhamento com os rumos da empresa e crencas e concluir que estou apegado a pre-conceitos

            respondi a pergunta A e esta resposta foi correlacionada a outra pergunta B que nao foi feita a mim.

            Sei la….largue um pouco o pre-conceito de que sou um adversario, um inimigo das minorias , que nao aceito isso ou aquilo….estou descrevendo um segmento bem especifico, onde um player topou realizar tal experiencia de inclusao social…e isso levou a uma consequencia que foi apontada a instituicao..o que ela faz ou deixa de fazer e com ela e problema dela….mesmo que me afete financeiramente

            A produtividade geral e baixa, claro e cristalino…..mas estou citando que em um segmento que exige alta especializacao (e descrevi isso) , um player topou largar mao disso para dar lugar a outros criterios (a diversidade) e isso vem apresentando consequencias claras que podem ser auditadas e tem variacao significativa sobre outras (que tambem possui outras falhas)

            Auditar pode ser porcamente resumido como descrever uma situacao a partir de indicadores…aquilo esta ali,
            Essa e uma de minhas funcoes nesse segmento de mercado “excentrico”…..e aqui nao e lugar pra pre-conceitos e sim medir resultados e descrever o cenario

            Julgue e analise como considerar mais adequado, sinceramente, desanimei de descrever algo e isso continuamente ser “puxado” pra validar ou nao determinado ponto de vista pelo lado A e pelo lado B.

            A unica coisa que lamento e nao poder dar nome aos bois quanto ao segmento, instituicoes, demonstrar dados operacionais e mesmo reportagens que validem isso que escrevi e sei que ficou tal duvida no ar

            numa conversa de boteco eu descreveria tranquilamente e talvez ficasse mais facil compreender que nao e uma disputa por razao, escolher um time pra torcer e sim uma descricao de um cenario e o que ele trouxe de consequencias para quem precisa do servico dessa instituicao

          • Mago, para fazer marketing as pessoas fazem tudo – inclusive jogar dinheiro fora a longo prazo.

          • Mago Erudito®

            Desculpe, mas empresas não investem em marketing pra perder dinheiro e sim ganhar.

            A Google deve ter notado que maior diversidade trás maior inovação e produtividade, consequentemente mais lucros. Você (ou esse ex funcionário) querer dizer que entende melhor a necessidade da empresa do que seus fundadores e diretores é um tanto quanto sem fundamento.

          • Olha, está cheio de diretor de empresa por aí que não sabe o que está fazendo pela empresa – e cheio de gente inventando modinha administrativa para sugar dinheiro da companhia.

          • Alexandre Roberto

            Da ate coceira aqui pra abir a boca e soltar a lingua….rsrsrs
            mas so posso dizer que o q vc disse e real 🙁

          • ochateador

            OK. Já que as exigências são irreais e desnecessárias faça o seguinte.
            Então quando seu carro quebrar, procure um morador de rua e o 1º que você encontrar, voce entrega o carro para ele arrumar.

          • Mago Erudito®

            Você precisa urgente de aula de interpretação de texto.

            Eu deixei bem claro que tem empresa que coloca exigências absurdas e desnecessárias somente para facilitar a análise dos currículos visto que não são atributos necessários no trabalho em questão.

            Você falhou miseravelmente na comparação, volte 5 casas.

          • ochateador

            Isso aí de exigência é frescurice no rabo inventada pelo RH.

            Aqui onde trabalho a gente precisava desesperadamente de 1 ou 2 técnicos.
            Se soubesse só formatar PC e atender um telefone seria excelente. RH publica a vaga pedindo para o sujeito saber ingles, sql, certificação não sei das quantas e por aí vai. 3 sujeitos se candidataram, nenhum pediu menos de 10 mil reais e o RH achou ruim.
            Mandamos o RH tomar no lugar que não bate sol e postar o seguinte anúncio de vaga “contrata-se técnicos de informática que saibam formatar PC, trocar toner de impressora e atender usuários através de telefones (e resolver os problemas)”. Em 2 dias fechamos a vaga porque apareceu 100 candidatos e 1 deles trabalha na empresa e faz exatamente o que foi pedido na vaga.

          • Alexandre Roberto

            lhe foi respondido 14horas atras…mas o disqus colocou abaixo, entao, para que nao se sinta ignorado lembro que a resposta esta um pouco abaixo

      • Anakin

        O que não me ficou claro é que se é um desempate, eles tem o mesmo currículo e passaram por todos os mesmos teste correto? Então os dois são competentes para o trabalho. Não?

        • Alexandre Roberto

          nao tem como responder sem fazer uma biblia…entao peco a paciencia de ler tudo…e claramente nao posso identificar nem as intituicoes e nem dar dicas sobre o ramo e atividade, algo q gostaria muito…entao vamos la…vou criando capitulos

          • Alexandre Roberto

            estas instituicoes realizam um servico q exige de verdade alta especializacao e conhecimento do profissional q executa..e remunera em valores que enchem os olhos….mas exige contrapartidas desde burocracias documentais, aprovacao previa do orgao governamental ( que passa por analise previa e leva meses p ser liberado)…e passa por mais uma auditoria do orgao governamental p ser finalmente pago..ai vem um pente fino brutal

          • Alexandre Roberto

            esse profissional, apos a formacao academica dele, ainda passa por uma capacitacao dentro da instituicao q leva normalmente 14 meses….antes disso…esse cara auxilia..mas nao produz nada pq o governo nao remunera o trabalho deles ate atingirem tal condicao.
            Junte a eles outros profissionais q tem q auxiliar a realizacao deste servico, q tambem exige uma p. especializacao.
            E..p auditar o q fazem internamente, assim como outras atividades administrativas e de suporte tb se exige alta especializacao

          • Alexandre Roberto

            a capacitacao do profissional leva tempo e tem um custo alto…..entao..qualquer criterio de selecao q nao seja tecnico, baseado na formacao desse cara nao sera nem se perto a melhor escolha…e vai impactar e muito no quanto recebo e mesmo gasto.
            ter em tal atividade a politica clara e oficial de atender uma minoria tera seu preco

          • Alexandre Roberto

            vc ta dizendo q nao e so criterio de desempate em tais vagas? sim…uma q audito tem isso como politica e preferencia na descricao docargo

          • Alexandre Roberto

            entao vai levar preju e fechar as portas se nao escilher os melhores e botar na kinha os q nao fizerem direito….NAO..NAO VAI.
            quando as contas nao fecham, pelo menos 1 das 3 esferas de governo dao um jeito de realizar repasses emergenciais…e isso p a q audito e tb p a q trabalho….e ainda varias pfs e pjs realizam doacoes p as mesmas p que mantenham as portas abertas e possam desempenhar suaa atividades..pq prestam um servico de “relevante funcao social” e se fecharem as portas..muitos serao severamente prejudicados

          • Alexandre Roberto

            ja nas instituicoes concorrentes, mas privadas….estas naobpodem se dar ao luxo de nao dar lucro….nelas o criterio se selecao ja muda …e a percepcao de qualidade do servico pela populacao tb….alias…eu sempre recorro a elaa quando preciso desses servicos..sendo q estou dentro de uma q concorre c essas particulares..e fui gestor de outras no passado..dai vc tem uma ideia do qto seguir ou tais processos, normas e regras fazem diferenca

          • Alexandre Roberto

            e tenho certeza que, a menos que nao vc nao tenha como pagar por esse servico, vc recorre as instituicoes privadas…..

      • Essa política dura até o momento em que o principal “stakeholder” (dono da empresa, ou acionista) botar o porrete na mesa exigindo resultados “para ontem”.

        • Alexandre Roberto

          Lembre-se dessa expressao: entidade sem fins lucrativos que realiza atividade de “relevante interesse social”

          E uma especie de super trunfo, modo god ou “get out of jail free card”

          • “Relevante interesse social” só faz sentido para mim se eu for o sultão de Brunei, que talvez seja o único no mundo que não precisa de dinheiro para o resto da vida.

          • Alexandre Roberto

            Assista a algum telejornal ou fantastico da vida
            Vc vera varias constantemente materias sobre estas instituicoes aparecendo com destaque as dificuldades operacionais, greves, o nivel de servico prestado a populcao e possibilidade de fechar as portas por falta de dinheiro e o impacto que isto causara a populacao se isso chegar a acontecer.

            sao “materias” que os apresentadores e comentaristas da TV sempre estarao com cara fechada, triste ou indignada ao final da materia

    • Frank Vinnicyus

      Ia comentar justamente isso… Preconceito por ser homem branco ahuiahuiahuiahuiah

  • tuneman

    esse cara é, assim como todo conservador, um idiota.

    • Andre Kittler

      Por que?
      Porque teve a audácia de dizer que homem pode ser diferente de mulher (mostrando alguns estudos que trazem essa ideia), ou por acreditar que dar vantagem a detalhes físicos, não apenas intelectual, pode nem sempre estar certo?

    • Miura Mestre do hiato

      belo ponto, conseguiu sozinho

    • Otavio Miguel Alves David

      acho que você não entendeu. tudo bem você ter uma visão política divergente do rapaz da matéria, mas chamar de idiota já é mais do que deveria. a google está deliberadamente selecionando pessoas com visões políticas iguais pra criar uma panelinha na empresa e, então, prosseguir doutrinando subliminarmente. não sei se você sabe, mas se você procurar sobre certos assuntos no google, vários resultados de certa visão acabam sendo “filtrados” e, portanto, restam apenas aqueles que concordam com o que a google diz ou, às vezes, pontos de vistas neutros/isentos. isso é certamente um problema, pois o google é a principal forma de obter informação na internet, e se ela decidir que a política que ela segue é a “certa” então é o que todos acabarão vendo.

    • Jahmo Hioj

      faltou vc usar a palavra fascista, jovi.

  • Miura Mestre do hiato

    homens e mulheres são iguais sim abiguinho pode confiar.

  • Alberto Prado
    • MRJ está em hardware.com.br

      Vem que a treta é sua
      Vem que a treta é nossa
      É de quem quiser…
      Quem vier…

  • Cássio Amaral

    O feitiço virou contra o feiticeiro… Está certíssimo ele, tem mais que processar a Google mesmo. Essa palhaçada de forçar diversidade na hora de contratar funcionários em detrimento da competência é ridículo, o mérito tem que vir antes de qualquer característica física ou social.

    • Jahmo Hioj

      Você acabou de dar sua opinião e isso é proibido hoje em dia!!
      Eu diria que concordo com você se não tivesse medo de ser perseguido.

    • Mago Erudito®

      Olhe pela mesma lógica desse ex funcionário do Google: digamos que a Google tenha sido mesmo preconceituosa contra ele, ok?

      Isso é apenas o que todas as minorias sofrem diariamente então ele não tem direito de reclamar disso visto que não concordava com as políticas de diversidade de própria empresa que trabalhava. 🙂

    • MRJ está em hardware.com.br

      Matou a pau. Tem que parar com esse vitimismo, essa babaquice de politicamente correto. Quem tem competência se estabelece, seja homem, mulher, homossexual, negro, branco, amarelo, ET, etc.

      • Maria Santa

        Aí o cara “reclama de vitimismo”, mas ataca os outros com humor na internet. É…

  • Marcos Rosa
    • ochateador

      1 – Saiba falar inglês. Independente de onde o google estiver, para trabalhar lá precisa saber inglês (bem fluente).
      2- Saiba trabalhar em alguma área que o google atua. Não é porque a pessoa só sabe ficar o dia todo na internet jogando conversa fora que o google tem que contratar ela.
      3- O gráfico verde aí, como seria a porcentagem em um hospital ?

  • Wellington Gabriel de Borba

    Conservadores, homens e brancos, o grupo de pessoas mais ameaçado no mundo hoje. KKKKK

  • Marcus Araújo

    Agora imaginem se toda mulher que foi demitida por estar grávida, se toda pessoa que foi demitida por ter saído do armário (voluntariamente ou não), se toda pessoa negra/parda que tivesse sido excluída de um processo seletivo para uma vaga de emprego somente pela “aparência indesejada para o cargo” resolvesse processar as empresas… E esse pobre coitado “homem, branco e conservador” que se sente muito injustiçado por ter divulgado textão com opinião pessoal não solicitada em ambiente de trabalho malhando a empresa na qual trabalha, atitude que daria demissão para qualquer pessoa que fosse.

    Não basta esse cara ser babaca, tem que ser reconhecido como tal em despacho em juízo mesmo…

    • TunAV

      “Agora imaginem se toda mulher que foi demitida por estar grávida, se toda pessoa que foi demitida por ter saído do armário (voluntariamente ou não), se toda pessoa negra/parda que tivesse sido excluída de um processo seletivo para uma vaga de emprego somente pela “aparência indesejada para o cargo” resolvesse processar as empresas…”

      Você anda bem desinformado, viu? Isso que você disse acontece o tempo todo… muitas das vezes O ser humano se aproveita de fazer parte dos grupos “oprimidos” para demandar sem causa razoável.

      • Marcus Araújo

        E isso certamente qualifica o sujeito que teve comportamento inapropriado em ambiente organizacional para processar a empresa.

        Esqueçam a etnia do sujeito e verá que esse caso é absurdo mesmo se o funcionário demitido fosse negro, mulher, gay, portador de necessidades especiais etc. Emitir opinião pessoal irrelevante e se colocar contra a empresa não é aceito em empresa alguma, principalmente se for no ambiente de trabalho, como foi o caso. Se o Google, enquanto empresa, está progredindo ou regredindo por conta de sua política de contratações, não é da conta dele. Como funcionário espera-se que ele desempenhe suas funções enquanto é remunerado pelo trabalho.

        E ainda que não tenha a ver com a sua fala em específico, ainda afirmo que só estão defendendo o babaca porque ele se diz branco e conservador, e na internet formou-se um clube de pessoas que se enxergam assim e se sentem tão injustiçados por já estarem no grupo das pessoas que possuem empregos melhores, salários melhores, moradias melhores e que possuem alto índice de educação formal. Aqui mesmo já se observa a presepada (flood) de contas fakes na tentativa de calar, ou tornar menos nítido, que a maioria considera o ex-funcionário um grandíssimo babaca.

        • TunAV

          Que maioria? A de um blog de internet? KKKK

          • Marcus Araújo

            Ué, você que tem deficiência cognitiva e está considerando o todo. Estou considerando só a parte de comentários daqui. 😂

          • TunAV

            Típico SJW, acha que tudo é uma cruzada. Vai lá, amigão. Continue na luta. Hehe

  • Ricardo – Vaz Lobo

    Nova versão da Torre de Babel.

    • CtbaBr©

      Algo do tipo… Uma “Torre de Babel” onde quem tem 50% de melanina não consegue entender quem tem 49%!
      Lamentável tudo isso, um bando de racistas, de cores variadas, evidenciada sua genealogia humana deturpada, meros fantoches do “senhor da discórdia”!

      • MRJ está em hardware.com.br

        E a indústria da mídia vende isso!

        • Pantera Magenta

          Indústria da mídia = Pura viadagem!.

      • MASAYOSHI ㊙

        Éris nunca teve tantos devotos!

  • Mago Erudito®

    FORÇA GUERREIRO.

  • Leiam o manifesto dele primeiro. Se tiverem preguiça, *não leiam, mas também não opinem*.

    Link para o artigo completo: https://www.documentcloud.org/documents/3914586-Googles-Ideological-Echo-Chamber.html

    A minha opinião é que mérito independe de características físicas. Depende da capacidade de exercer bem a função proposta. Ponto.

  • CtbaBr©

    Fato… Estamos desaprendendo a viver em sociedade.
    Num futuro próximo voltaremos a viver em tribos, subdivididos em castas baseadas no tom da pele… Muito triste tudo isso!

    • JN Marcos

      Tom de pele apenas para começar. Depois em gênero. Mais adiante se come carne ou não, se anda descalço em casa ou não

  • Marco Antonio

    Emerson Alecrim, meus parabéns!!!! você foi mais honesto e imparcial, passou a notícia exatamente como ela é, neutra. Havia lido no The Verge ontem e me questionei sobre isso:
    “James Damore was fired as an engineer after the manifesto, which questioned the benefits of diversity programs and suggested women may be biologically inferior engineers, was widely passed around the company.”

    Você: “No manifesto, Damore argumenta que as mulheres são menos presentes nas áreas de tecnologia por serem mais inclinadas aos sentimentos e, assim, preferirem trabalhos em áreas sociais ou artísticas. Ele também alega que as mulheres têm menos tolerância ao estresse, o que explica a menor participação feminina em cargos avançados.”

    Acho que condiz mais com o fato.

    De novo, Parabéns.

  • Mas quÊ????

  • Lendo os comentários fica evidente que nem todo mundo tem problemas com preconceito e discriminação, desde que eles estejam na ” direção certa “. O mais engraçado é ver que o argumento gira em torno de ” quando os pretos e os gays sofreram, vocês acharam ok! “, agora que a balança se inverteu a ironia da coisa mora em essas mesmas pessoas que acham um absurdo serem discriminadas por sua cor de pele ou gênero se divertem quando o alvo é o branco conservador.

    O problema é a discriminação ou quem a pratica?

  • Um dia ser BRANCO e HETERO será considerado crime pela polícia do Politicamente Escrorreto..

    • Pantera Magenta

      Primeiro crime será ser hétero, já estaremos fudidos.
      O segundo será ser branco. (Nesse aí me safei, sou pardo)

      • MRJ está em hardware.com.br

        Escapou de branco?

        • Pantera Magenta

          Tá na minha certidão de nascimento que sou pardo. Tenho cor de envelope.

      • MASAYOSHI ㊙

        Pardo igual ao papel?

        Eu me considero amarelo, por exemplo, apesar de ser filho de mineiro com paraibana e 25% potiguar.

    • MASAYOSHI ㊙

      A polícia do SJW será implacável!

    • Victor Hugo, vulgo Charizaldo

      Na real que o verdadeiro crime é ser chato

    • Tava demorando hahahahahahaha

  • Anakin

    Quando eu crescer e virar Darth Vader a regra será simples: Ou persegue todos os Jedis, ou será expulso da minha Estrela da Morte. Minha empresa, minhas regras. Se o cara não está de acordo com as políticas da empresa, pede pra sair e pronto.
    Ai de alguém falar mal do império dentro da Death Star… mato só com o pensamento. rs

  • Jose X.

    até membros do judiciário nacional, injustamente acusados de marajas, parasitas e coutras coisa mais, estão reclamando da situação

    Heterossexuais não têm mais direito algum’, diz ministro do STJ
    https://www.oantagonista.com/brasil/heterossexuais-nao-tem-mais-direito-algum-diz-ministro-stj/

    • Maria Santa

      Essa foi a coisa mais irônica que a Justiça Brasileira já cometeu.

  • Essa caixa de comentários do Tecnoblog tá parece a do Gizmodo: cheia de fakes sem coragem de mostrar a cara falando merda.

    Pensei que o Tecnoblog coibia esse tipo de coisa. Acho que me enganei.

    • Maria Santa

      Gostaria de aproveitar o momento para a gente fazer um movimento na internet: uma semana sem comentários nos sites.

      Ou seja, todos os sites que aderirem a “semana sem comentários” desativará os comentários em nome da necessidade de buscar o respeito nas conversas.

      Fica a proposta.

  • Coitado do homem branco caucasiano hetero cis… realmente é muito sofrimento.

  • BearGuy

    Acho no mínimo “engraçado” as incoerências desse povo incomodado com suposto excesso do politicamente correto que elas dizem ver por aí…
    A pessoa é contratada pra trabalhar num lugar.
    Obviamente ela SABE, ela PESQUISOU como é aquele lugar, aquela empresa.
    Como é o AMBIENTE DE TRABALHO daquela empresa. Quais os VALORES que a empresa busca, que ela propaga que ela fomenta em suas instalações.
    E então, se mesmo ANTES de entrar a pessoa já sabe onde está se enfiando, DEPOIS DE TRABALHAR algum tempo lá, esse conhecimento se torna ainda mais claro.
    A pessoa SABE onde está trabalhando, CONHECE A FILOSOFIA, as regras e perfil da empresa.
    Sabe que, goste ele ou não, ache legal ou não, seja produtivo ou não, todo esse processo é / vem em nome do “politicamente correto” (sincero ou não).
    A filosofia da empresa é essa.
    SEMPRE FOI !!
    DEUS DO CÉU, desde que o Google é o Google (desde que virou gigante) que a empresa GRITA esses valores e fórmulas pra quem quiser ouvir.
    Vários documentários, filmes, comerciais foram feitos a respeito.
    Por sinal, já que essa postura parece que funciona, OUTRAS GRANDES EMPRESAS da área também adotam filosofias semelhantes.
    E a pessoa está lá, “no topo da montanha”, onde CENTENAS de outras pessoas gostariam de estar, uma empresa reconhecida como uma das MELHORES do mundo para se trabalhar.
    Mas a empresa é “certinha demais” , igualitária demais.
    Isso incomoda o sujeito, deixa ele chateado, deprimido até…
    O cara começa a sentir-se ELE uma minoria.
    E aí, mesmo sabendo, mesmo VENDO todo o esforço da companhia em criar /manter uma cultura “X”, da qual ele descobriu que NÃO PARTILHA…
    por achar aquilo tudo exagerado, desnecessário, perda de tempo e de energia… “anti natural” até!
    Sentindo-se MUITO incomodado com aquela FRESCURA (na cabeça dele) toda, ele vai e NÃO MUDA DE EMPREGO, não… ele NÃO RESOLVE ir para uma outra empresa com uma visão mais machista, xenófoba ou homofóbica… Ir pra uma outra empresa que tente ser “menos certinha” que o Google.
    Nãããão, ele quer expor as ideias DELE, que vão CONTRA a política da empresa.
    Ele obviamente sabe que MILHÕES aplaudem os esforços da empresa nesses pontos, mas pra ELE, isso é tudo “frescura”, exagero.
    Pra que tanta mulher?
    Pra que tanto negro?
    Pra que tantos estrangeiros?
    E os gays então?!

    Ele QUER perder o tempo dele (que deveria ser usado à favor da empresa) EXPONDO OS PENSAMENTOS antigos e ultrapassados dele, ou que talvez não sejam “antigos e ultrapassados”, mas que são CONTRÁRIOS AO QUE A EMPRESA SE ORGULHA DE DEFENDER.
    Quanta inteligência, quanta sensibilidade, quanto bom senso!
    Ou seja, ele perdeu uma bela de uma chance de ficar ali QUIETO DE BOCA FECHADA ganhando o salário dele, enquanto AO INVÉS DE ESCREVER UM MANIFESTO dizendo que ele se sentiria mais feliz se a política do Google NÃO FOSSE DO JEITO QUE É… enquanto mandava o currículum dele pra outros lugares e esperava que alguém o chamasse.
    Realmente, o cara foi MUITO inteligente.

  • Dan_Marx

    O instinto de sobrevivência costuma falar alto, o cara se sentiu ameaçado e reagiu, até ai normal; a questão é: essa ameaça foi simplesmente a politica de diversidade da empresa? (nesse caso ele é um bosta como ser humano) ou a politica de diversidade está impactando negativamente o ambiente de trabalho? (aqui é onde realmente existe uma discussão válida)
    Agora tratar pessoas diferentes de forma igual é um erro, e tratar de forma igualitária é um grande desafio.

  • Uma pergunta que ficou fora do contexto: até que ponto a política de diversidade do Google realmente ajuda na produtividade da empresa? Me parece que eles ficam tão preocupados em mostrar “diversidade” que o resultado das suas ações fica em segundo plano.

    O importante, no final das contas, é produzir – e isso, pelo visto, não está acontecendo.

  • Wesley Bruno

    Kylo Ren??

  • Paul

    Mds… o que virou esses comentários aqui? TB, vamo fazer uma limpa…
    Os fakes do Gizmodo Br invadiram isso aqui ó.