Início » Mobile » Xperia XZ2 Compact: tamanho não é documento

Xperia XZ2 Compact: tamanho não é documento

Com chip Snapdragon 845 e display de 5 polegadas, aparelho da Sony desafia tendência dos topos de linha com tela grande

Por
05/06/2018 às 17h31
8.7

Prós

  • Manda bem no desempenho
  • A câmera traseira evoluiu
  • Dá para usar numa boa com uma mão só

Contras

  • Não tem entrada convencional para fones
  • A bateria fica devendo um pouquinho

Veja só como as coisas mudam: se outrora smartphones grandalhões eram vistos como aberrações, hoje, aparelhos com tela pequena são associados a modelos antigos ou com configuração básica. Já não é fácil assimilar a ideia de que um celular pode ter hardware poderoso e tamanho reduzido. Mas, com o Xperia XZ2 Compact, a Sony tenta mostrar que aparelhos com essas características ainda fazem sentido.

O modelo tem quase todas as especificações do Xperia XZ2 “normal”, incluindo processador Snapdragon 845, 64 GB de espaço interno para dados e câmera traseira de 19 megapixels. Porém, como o nome sugere, o XZ2 Compact é menor, abrigando uma tela de 5 polegadas contra um painel de 5,7 polegadas do seu irmão maior.

Aí surgem as perguntas: um aparelho com essa proposta ainda tem espaço? Como o dispositivo se comporta no dia a dia? A bateria dura bastante? Alguém habituado a telas grandes vai conseguir jogar ou assistir a vídeos sem estranhar o display menor? Eu testei o Xperia XZ2 Compact por duas semanas e conto as minhas impressões a partir de agora.

Em vídeo

Design

Para quem já não aguentava mais o estilo “HD externo” da linha Xperia, um alívio: na família XZ2, a Sony abandonou o tradicional design Omnibalance. Agora, há um pouco mais de curvaturas na traseira. Já as laterais, de metal, seguem um padrão arredondado que ajuda muito na pegada.

Xperia XZ2 Compact

Mas a gente encontra algumas diferenças notáveis entre os modelos da linha. Para começar, o Xperia XZ2 tem traseira de vidro. No Compact, o componente é de plástico fosco. Não é um material que desagrada (pelo menos não a mim), mas, por ser menos chamativo, pode dar impressão de que o aparelho tem acabamento pouco robusto, o que não é verdade.

No primeiro contato com o modelo, o Xperia XZ2 Compact me lembrou o design dos antigos Lumias, ainda que ligeiramente. Logo eu percebi o porquê: apesar de ser mesmo compacto, o dispositivo tem espessura de 12,1 mm, ou seja, ele é “gordinho”. Para diminuir essa impressão e, presumivelmente, facilitar a pegada, a Sony fez o XZ2 Compact ser mais curvado perto das bordas, macete que também era usado pela Nokia / Microsoft.

Xperia XZ2 Compact

Talvez você discorde, mas eu não vejo problemas nisso. Confesso que, durante algum tempo, eu defendia a ideia de que um smartphone tinha que ser tão fino quanto possível, mas já não penso assim. Na verdade, a espessura ajuda o XZ2 Compact a encaixar bem nas mãos. Pode ter certeza de que ele não vai escapar dos seus dedos facilmente.

O único inconveniente que eu tive com o Xperia XZ2 Compact durou apenas dois ou três dias: frequentemente eu acertava a câmera traseira tentando tocar no leitor de impressões digitais, que fica mais abaixo (e não na lateral direita, como vinha sendo feito na linha Xperia). A razão disso é que, como o smartphone é pequeno, eu tinha que dobrar o dedo indicador para alcançá-lo, coisa que não me ocorre com celulares maiores. Mera questão de costume.

Xperia XZ2 Compact

A Sony manteve a tradição de colocar todos os botões físicos na lateral direita, incluindo um para acionamento ou disparo da câmera. No outro lado está a gaveta para um único SIM card e o microSD (de até 400 GB). Já a parte inferior abriga só a porta USB-C. Não há conexão de 3,5 mm para fones de ouvido, razão pela qual o modelo é acompanhado por um adaptador.

Tela

Temos aqui 5 polegadas em um painel IPS LCD com resolução de 2160×1080 pixels e proporção 18:9. Para as dimensões do Xperia XZ2 Compact, a tela até poderia ser menor, mas a Sony fez um trabalho relativamente bom de aproveitamento do espaço frontal.

Compatível com HDR, a tela exibe cores vibrantes, mas sem abusar da saturação. O nível de contraste é muito bom para um painel LCD. É claro que você vai notar alguma perda de tonalidade quando observar a tela de ângulos variados, mas, no Xperia XZ2 Compact, esse efeito é discreto.

O brilho máximo é bem forte, garantindo visualização satisfatória da tela mesmo em ambientes com bastante luminosidade. O brilho automático funciona bem, apesar de demorar um pouco para fazer o ajuste.

Xperia XZ2 Compact

Durante as primeiras horas de uso, estranhei um pouco o tamanho dos ícones, afinal, estou acostumado com telas grandes. Mas, passada a estranheza inicial, a experiência de uso foi bastante positiva. O fato de conseguir acessar qualquer ponto da tela usando apenas uma mão também soma pontos — é um detalhe importante para quem costuma ficar em pé no transporte público, por exemplo.

É verdade que, se você quiser jogar ou assistir a vídeos, uma tela maior — como a do Xperia XA2 Ultra — vai ser muito mais interessante. O tamanho é importante quando a prioridade é consumo de conteúdo. Mas nem de longe isso quer dizer que essas tarefas são desagradáveis no XZ2 Compact.

Software

Se você tem ou já brincou com um Xperia recente, não vai notar diferenças significativas no software. O XZ2 Compact vem com o Android 8.0 Oreo e aquela interface da Sony que traz menus reorganizados e efeitos de transição bem suaves.

A lista de aplicativos próprios da companhia é suficiente para as tarefas mais comuns. Os clássicos players de música e vídeo estão aqui, por exemplo. O mesmo vale pra o álbum de fotos e o gerenciador de arquivos. Sobra alguma perfumaria, incluindo o Movie Creator (para geração automática de vídeos) e o Criador de 3D (gera representações tridimensionais de rostos e objetos).

Xperia XZ2 Compact - software

Os aplicativos de terceiros incomodam um pouco. O AVG Protection, por exemplo, só está ali para tentar te convencer a comprar uma licença do antivírus. Pelo menos os bloatwares não são numerosos.

Se parte dos apps são questionáveis, pelo menos os recursos que a Sony integra ao sistema operacional são interessantes. Só para dar alguns exemplos, nas configurações é possível ajustar vários parâmetros do áudio e encontrar o Xperia Assist, que dá acesso ao clássico Modo Stamina (economia de energia), às opções de ações (para, entre outras possibilidades, configurar notificações à noite) e a uma ferramenta de limpeza de memória (não me parece muito útil, mas está lá).

Câmeras

A moda da câmera dupla na traseira não chegou ao Xperia XZ2 Compact. Mas tudo bem, mesmo. Complementado com uma lente de abertura f/2,0 e foco auxiliado por laser, o sensor de 19 megapixels na parte de traz do aparelho dá conta do recado. Não é a melhor câmera que a gente vai encontrar em um high-end, mas o avanço em relação a Xperias anteriores é perceptível.

Xperia XZ2 Compact

No Xperia XZ1, por exemplo, dava para notar ruídos com relativa facilidade e um pós-processamento exagerado, que acabava removendo detalhes das imagens. No Xperia XZ2 Compact esses problemas são muito mais discretos. Você só vai notá-los se prestar bastante atenção. Além disso, as cores são mais vívidas.

Foto registrada com o Xperia XZ2 CompactFoto registrada com o Xperia XZ2 CompactFoto registrada com o Xperia XZ2 CompactFoto registrada com o Xperia XZ2 CompactFoto registrada com o Xperia XZ2 CompactFoto registrada com o Xperia XZ2 CompactFoto registrada com o Xperia XZ2 Compact

Às vezes dá para notar algum excesso na saturação, assim como pontos mais escuros do que deveriam, mas não é nada que preocupe. Em condições de iluminação reduzida ou muito baixa, ruídos e perda de definição ganham força, mas não tanto: de modo geral, o pós-processamento consegue fazer um bom trabalho de nivelamento aqui.

Foto registrada com o Xperia XZ2 CompactFoto registrada com o Xperia XZ2 CompactFoto registrada com o Xperia XZ2 Compact

Talvez não seja um detalhe muito relevante, mas foi uma grata surpresa perceber que as fotos feitas no modo automático não diferem muito daquelas registradas em manual com o HDR ativado. No Xperia XA2 Ultra, por exemplo, a diferença entre esses dois modos é gritante. Esse é um sinal de que o Xz2 Compact consegue aplicar o HDR automaticamente.

Foto registrada com o Xperia XZ2 Compact

Sem HDR

Foto registrada com o Xperia XZ2 Compact

Com HDR

A câmera frontal, por sua vez, tem 5 megapixels e abertura f/2,2. Na comparação com smartphones mais recentes, a Sony foi econômica nesse item. Apesar disso, você vai conseguir fazer boas selfies. O nível de coloração é bom, os ruídos estão dentro de patamares decentes e o pós-processamento não detona a definição. Porém, vez o outra você pode notar um leve problema de aberração cromática.

Selfie registrada com o Xperia XZ2 Compact

Com modo de pele macia ativado (repare como meu projeto de barba ficou estranho)

Selfie registrada com o Xperia XZ2 Compact

Sem modo de pele macia

Para encerrar este tópico, uma imagem com fundo desfocado. Esse efeito é gerado pelo Bokeh, um dos aplicativos fornecidos pela Sony. Após tirar a foto, você pode definir a intensidade de desfoque no fundo. Até que funciona bem, mas às vezes o app borra áreas do objeto em foco (repare no meu dedo indicador), o que te obriga a tentar de novo.

Foto feita com o Xperia XZ2 Compact

Desempenho e bateria

Achou que o Xperia XZ2 Compact iria se sair bem no desempenho só por ter um Snapdragon 845? Achou certo. Em conjunto com a GPU Adreno 630 e os 4 GB de RAM, o dispositivo deu conta de todas as atividades sem pestanejar, inclusive no multitarefa.

Todos os aplicativos abriram rapidamente. Engasgos praticamente não aconteceram. Por duas ou três vezes o app de câmera e o Instagram travaram, mas pareceu ser problema de software. Jogos mais pesados, como Need for Speed No Limits e Dead Trigger 2, rodaram com desenvoltura. Se houve queda na taxa de frames em algum momento, eu não percebi.

As dimensões compactas do aparelho afetam um pouco a dissipação de calor. Por esse motivo, o XZ2 Compact esquenta com jogos exigentes. Mas essa é só uma observação: a temperatura não aumenta ao ponto de incomodar.

Eu não diria que a bateria é ruim, mas tenho que dizer que esperava um pouco mais dela. Com seus 2.870 mAh, ela pode aguentar um dia inteiro longe da tomada, desde que você não exagere nas aplicações pesadas, é lógico.

Desempenho no AnTuTu 7.0.7, Geekbench 4 e 3DMark

Desempenho no AnTuTu, 3DMark e Geekbench 4

No dia de testes do componente, executei as seguintes tarefas: filme O Poderoso Chefão via Netflix (2h57min) e tela no brilho médio, meia hora de Need for Speed No Limits, uma hora de streaming de áudio via Spotify, pouco mais de uma hora de redes sociais e navegação via Chrome, e uma chamada de 10 minutos. No fim do dia, a carga estava em 38% (de 100%).

O tempo de recarga de 15% para 100% foi de 2h25min com o carregador comum que veio junto com o aparelho. O Xperia XZ2 Compact suporta recarga rápida (Quick Charge 3.0), porém. O que ele não traz é compatibilidade com carregamento sem fio, recurso disponível no Xperia XZ2.

Eu sempre aproveito os testes de bateria para avaliar o som. O XZ2 Compact tem duas saídas frontais que, como tal, contribuem para a imersão em um jogo, por exemplo. O volume não é dos mais altos, mas o som é claro e não distorce.

Apesar disso, eu recomendo o uso de caixas de som Bluetooth ou fones de ouvido de boa qualidade aqui. Isso vale para qualquer smartphone, mas a Sony permite que você ative algumas configurações de áudio que podem mesmo incrementar a sua experiência, especialmente com músicas.

Conclusão

Não vai ser fácil para o Xperia XZ2 Compact emplacar no Brasil. Apesar de ser um aparelho robusto e com desempenho excelente, a característica que mais o destaca é a que o condena: de modo geral, o tamanho reduzido é associado a aparelhos ultrapassados ou fracos, por assim dizer.

Isso deixa o dispositivo praticamente isolado em sua categoria. A predileção por telas grandes é um caminho sem volta, pelo jeito, mas pode ter certeza de que ainda há gente por aí que considera esses smartphones um tanto desajeitados.

Xperia XZ2 Compact

É por isso que os compradores do XZ2 Compact serão, predominantemente, aqueles que sabem das dimensões compactas e querem contar com essas características. Se é o seu caso, saiba que, sim, o modelo é tecnicamente muito bom: não há queixas sobre o desempenho, a tela tem excelente qualidade de imagem, as câmeras fazem um bom trabalho e o software é estável. É verdade que eu gostaria de um pouco mais de autonomia da bateria, mas ela não chega a ser ruim.

O que pode espantar é o preço oficial: R$ 3.299,99. Eu sempre digo que vale a pena esperar algumas semanas para obter descontos no varejo, mas, ao menos por enquanto, o Xperia XZ2 Compact está à venda somente no site oficial da Sony. Canais próprios não costumam reduzir preços, pelo menos não logo após o lançamento.

Para quem pode, há outra opção: no pagamento à vista com boleto no site da Sony, o aparelho sai por R$ 2.969,99. Ainda é um valor significativo, mas se levarmos em conta que um smartphone como esse tem fôlego para durar pelo menos uns três anos, o negócio pode valer a pena.

Como comprar com desconto?

testador-cupons-checando

Você pode utilizar a nova extensão do Tecnoblog para economizar alguns caraminguás na hora de trocar de aparelho. Ela tem um módulo Testador de Cupons que busca e aplica o maior desconto disponível na internet no seu carrinho de compras. É tudo automático, então qualquer um consegue utilizar, e é completamente grátis!

ta-caro

Outro recurso muito legal é histórico de preços. Quando você acessar a página de um smartphone, por ex, a gente já consegue te dizer se ele está com um preço legal. Esse recurso te ajuda a não cair em nenhuma "promoção", dessas que oferecem tudo pela "metade do dobro". Tenho certeza que vai ser muito útil em datas especiais, como na Black Friday.

Curtiu? Então clique aqui para instalar. ;)

Especificações técnicas

  • Bateria: 2.870 mAh;
  • Câmera: 19 megapixels na traseira; 5 megapixels na frente;
  • Conectividade: 3G, 4G, Wi-Fi 802.11ac, GPS, Glonass, Bluetooth 5.0, USB 3.1 (porta USB-C), NFC;
  • Dimensões: 135 x 65 x 12,1 mm;
  • GPU: Adreno 630;
  • Memória externa: suporte a cartão microSD de até 400 GB;
  • Memória interna: 64 GB (50 GB livres);
  • Memória RAM: 4 GB;
  • Peso: 168 gramas;
  • Plataforma: Android 8.0 Oreo;
  • Processador: octa-core Snapdragon 845 de 2,8 GHz;
  • Sensores: acelerômetro, proximidade, bússola, luminosidade, impressões digitais;
  • Tela: IPS LCD de 5 polegadas com 2160×1080 pixels (483 ppi) e Gorilla Glass 5.

Notas Individuais

Design
8
Tela
9
Software
9
Câmera
8
Desempenho
10
Bateria
8
Conectividade
9