Início » Computador » Vídeos vazados podem dar pistas sobre o próximo Google Pixelbook

Vídeos vazados podem dar pistas sobre o próximo Google Pixelbook

Vídeos foram criados para compartilhar bugs encontrados no produto, que pode ser o próximo Pixelbook.

André Fogaça Por

O provável sucessor do Pixelbook pode ter dado as caras em dois vídeos vazados e que foram encontrados pelo site About Chromebooks. As publicações são breves, mas mostram um computador portátil com tela que trabalha em proporção de 16:10 e uma proteção no lugar do nome do gadget, que fica logo acima do teclado.

O Pixelbook é um notebook do Google que tem características de computador topo de linha, como processador Intel Core i7, até 16 GB de RAM e 512 GB de SSD em um corpo de alumínio e nada barato. Tudo isso rodando o Chrome OS, o que dá hardware de sobra pra literalmente tudo que o sistema operacional pode oferecer, por muitos anos.

Como ele já está no mercado desde outubro do ano passado, é natural especular sobre seu sucessor, e dois vídeos vazados podem dar algumas dicas de como ele será. O primeiro vídeo mostra que a tela pode mudar de proporção, passando de 3:2 para 16:10 e que o formato da carcaça utiliza cantos arredondados – o Pixelbook utiliza ângulos retos em todos os cantos.

Outra mudança, ainda na parte externa, é que a dobradiça da tela não aparenta permitir que o display gire por completo. Isso faria o computador trabalhar de forma mais tradicional, sem a possibilidade de transformá-lo em um tablet. O nome do modelo está coberto, logo acima do teclado e pode ser outra mudança. No Pixelbook o Google colocou apenas um “G” na tampa, atrás da tela.

Ainda é cedo para afirmar que este é realmente o Projeto Atlas, nome que circula como código interno do Google para seu próximo computador com Chrome OS. Este pode ser um Pixelbook mais econômico, ou um modelo que é muito diferente do que foi lançado no ano passado.

Com informações: 9to5Google e About Chromebooks.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Love

Que deselegante, mas é verdade.

Eduardo Braga

O Pixelbook é de 2017. Ano passado lançaram o Pixel Slate.

Lucas Santos

Se dedicar a leitura e escrita faz sentido. Eu mesmo tô pensando em comprar um monitor 5:4 pra trabalhar.

Maxnoob

Dá pra ver o Xvidoes do mesmo jeito

Baio-kun

Mundo migrando pra 18:9 e 21:9 e o Google pra ser diferentão vem com 16:10.

Viniçious

Gosto da ideia do chromeOS, mas o que mais sinto falta é de um hardware melhor, sendo mais especifico: a tela.

Kodos Otros

Eu tenho muita vontade de ter um desses, mas pagaria no máximo mil reais.