Início » Finanças » Bancos são autorizados a integrar lista de contatos com o Pix

Bancos são autorizados a integrar lista de contatos com o Pix

Banco Central autorizou bancos e demais instituições a integrar apps à lista de contatos para facilitar Pix via celular

Emerson Alecrim Por

Na quinta-feira (18), o Banco Central promoveu uma alteração no regulamento do Pix que pode facilitar a realização de transferências de dinheiro por meio de celulares: a partir de agora, bancos, fintechs e outras instituições financeiras poderão integrar seus aplicativos à lista de contatos existente no celular do usuário.

Pix em aplicativo de banco (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

Pix em aplicativo de banco (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

A razão é um tanto óbvia: como muita gente cadastra número de celular e e-mail como chaves para o Pix, permitir que aplicativos financeiros acessem a lista de contatos do usuário pode permitir que a pessoa a receber uma transferência ou pagamento seja localizada mais facilmente.

Note que esse não é um “liberou geral”. A autorização concedida pelo Banco Central não implica em adoção imediata ou automática da funcionalidade. Caberá a cada instituição decidir pela adesão à ideia.

Presumivelmente, o usuário que não quiser que os apps financeiros consultem a sua lista de contatos poderá recusar o recurso, até porque esse tipo de acesso precisa ser autorizado, tanto no Android quanto no iOS.

Alteração de nome no Pix

No mesmo comunicado, o Banco Central anunciou que usuários finais (pessoa física) e organizações poderão solicitar alteração de nome em uma chave Pix.

Com isso, pessoas que mudarem de nome por conta de casamento ou empresas que trocarem de nome fantasia, por exemplo, não precisarão excluir chaves e, depois, recriá-las com os novos dados.

Ainda de acordo com o Banco Central, o regulamento foi atualizado para proibir as instituições participantes de limitar o número de transações recebidas ou enviadas pelo clientes. “Essa vedação é necessária para garantir condições competitivas equânimes entre diferentes instrumentos de pagamento”, finaliza o órgão.

Cuidado com os golpes no Pix

No Tecnocast 182 fizemos um balanço sobre os primeiros meses do Pix e explicamos como se proteger dos principais golpes. Dá o play e vem com a gente:

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
6 usuários participando