Uma moeda digital emitida e controlada pelo governo. Esse é o conceito da Central Bank Digital Currency, ou moeda digital do banco central. Atualmente, dezenas de países trabalham na criação das suas, inclusive o Brasil, que prevê o real digital para os próximos anos.

Tecnocast 214 – E se o real fosse digital? (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)
Tecnocast 214 – E se o real fosse digital? (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

No episódio de hoje, batemos um papo sobre os aspectos técnicos e práticos desse tipo de tecnologia, explorando suas potenciais vantagens e riscos.

Também recebemos o pessoal Dell Technologies para uma conversa sobre o Dell Expert Network, programa de relacionamento da Dell para profissionais de TI. O bloco vai de 0:50 até 17:40. Dá o play e vem com a gente!

Participantes

Links citados

Créditos

Assine o Tecnocast

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
4 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Alfafa Buster (@alfafabuster)

Excelente episódio, como sempre. Sempre que esse assunto aparece (algum governo querendo entrar na “onda” das moedas digitais). Eu me lembro do fórum P2P foundation, onde o próprio Satoshi Nakamoto responde a uma mensagem deixada por um membro… Isso em 2009!

image765×594 36.4 KB
Link para o fórum. Esse fórum é uma Joia para quem se interessa por este assunto. Você consegue, literalmente, ler essas pessoas definindo como será o futuro.

A impressão que dá é que, mesmo 12 anos após a introdução do Bitcoin, os governos (e as pessoas de um modo geral) simplesmente não entenderam a razão de ele existir… Boa parte delas não entende nem mesmo a razão de ele estar tão valorizado e a razão de ele ainda ser o maior MarketCap mesmo sendo tecnicamente inferior a várias outras moedas por ai.

A verdade é que as moedas fiduciárias já são digitais HOJE. Real, Dólar, Euro… Todas as moedas emitidas por governos já são, atualmente, digitais… A cédulas de papel e as moedas de metal são apenas tokens físicos que representam valor monetário em um sistema. Digitalizar “ainda mais” essas moedas vai ser apenas para cercear ainda mais a liberdade econômica, com a justificativa de “coibir atividades criminosas”.