Tim Cook admite fracasso do Ping e promete Apple “social”

"Steve foi um gênio e um visionário."

Thássius Veloso
Por

“Trabalhar na Apple é o meu oxigênio”. Com essas palavras, o atual CEO da Apple, Tim Cook, comentou quais funções desempenha no dia a dia. O executivo participou de uma sabatina promovida pelo site All Things Digital chamada D:10. Estamos falando possivelmente do principal palco da imprensa mundial conduzido por jornalistas neutros para esclarecer dúvidas sobre o estado atual e futuro da tecnologia.

Tim Cook em conferência D:10 promovida pelo site All Things Digital

Como era esperado, Cook não deu detalhes de nenhum produto em desenvolvimento no momento. Nada sobre a próxima iteração da Apple TV, cujos rumores apontam para a produção de um televisor completo com software também desenvolvido pela companhia da maçã.

Alguns assuntos, mais importantes do que outros, revelaram reflexões interessantes feitas pelo CEO da Apple. Cook falou sobre os produtos que estão nas prateleiras e fazem enorme sucesso como eletrônicos de consumo. Abaixo você lê breve resumo de alguns tópicos abordados pelo executivo. Preste bem atenção porque são os pensamentos do manda-chuva da empresa mais inovadora do mundo (de acordo com Walt Mossberg, organizador do evento).

iPhone

Nada de smartphone por somente 99 dólares, segundo o executivo. Pode até ser, mas a intenção da Apple é produzir “os melhores” produtos, o que nem sempre permite jogar os preços no chão. O iPod criou essa possibilidade, mas o mercado de celulares inteligentes não acompanha o comportamento.

Siri

A despeito de todas as reclamações sobre o assistente pessoal do iPhone, Cook diz que o Siri ficará ainda mais profundo com o passar do tempo. “Eu acho que Siri provou que algumas pessoas querem se relacionar com o telefone de uma maneira diferente.”

Facebook

Cook

“Nós temos grande respeito por eles. Acho que nós podemos fazer mais com o Facebook. Apenas fiquem ligados nesse assunto.” Essa foi a resposta do CEO para a falta de integração dos produtos da Apple com a rede social mais usada do mundo, em especial o iPhone. O iOS 5 acrescentou o suporte nativo ao Twitter, mas não deu sinais de que o Facebook passaria pelo mesmo tratamento diferenciado. Mais tarde, ao comentar sobre o Ping (aquele rede social dentro do iTunes que se tornou uma grande vergonha para a maçã): “A Apple não precisa ser dona de uma rede social, mas a Apple precisa ser social? Sim.”

Apple TV

Não se trata de um mercado grandioso como o de computadores ou de celulares. Ainda assim, a Apple vendeu 2,8 milhões de unidades do set-top box no ano passado. Somente nos cinco primeiros meses deste ano a venda de Apple TVs está no mesmo patamar, o que demonstra um importante crescimento. De acordo com Cook, a Apple TV funciona como um laboratório de testes de inovação da companhia. A relação com os estúdios de Hollywood é a melhor possível e a Apple não tem motivos para se tornar a detentora dos conteúdos.

Steve Jobs

Tim Cook demonstrou afeto pelo predecessor e fundador da Apple ao falar pausadamente, parecendo estar emocionado. “Steve foi um gênio e um visionário.” Até aí todos sabemos. Cook foi além ao afirmar que não está em seus planos substituir aquele que ficou conhecido como o iCEO. “Este não é o meu objetivo de vida.”

Trabalho de CEO

Ao responder a um jornalista da revista Fortune, Cook diz que não se envolve tanto com design e marketing da maneira que Steve Jobs fazia. “Eu diria que utilizo meu tempo em diversas áreas, não exclusivamente essas duas.”

Imprensa

Cook diz que é um privilégio receber toda a atenção que a Apple recebe da mídia especializada. Porém, ainda assim, não gostaria de ver os segredos da empresa estampando notícias exclusivas na internet. No ano passado, os blogueiros do site Gizmodo foram absolvidos em um processo movido pela Apple. Eles descobriram o iPhone 4 antes da hora e fizeram uma extensa cobertura sobre o assunto um ano antes. Até hoje o site é solenemente “ignorado” quando faz pedidos de credenciamento para acompanhar os eventos da empresa.

Acima você assiste ao vídeo fornecido pelo All Things Digital com os “melhores momentos” da entrevista.

Relacionados

Relacionados