Arquivo Curiosidades

Você precisa assistir a essa incrível apresentação na ONU

10 projetores, 3D Mapping e computadores com Windows, além da Beyoncé cantando.

Thássius Veloso
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Domingo (19) foi dia de estreia mundial da campanha World Humanitarian Day, ou Dia Mundial Humanitário, promovida pela ONU (Organização das Nações Unidas) com o objetivo de trazer mais atenção para as pessoas que se empenham diariamente para ajudar os mais desassistidos. Para comemorar, a ONU lançou um incrível videoclipe da cantora americana Beyoncé no plenário do orgão internacional. E, para nossa surpresa, tem tecnologia brasileira envolvida na produção do espetáculo que você assiste abaixo.

Clique para assistir ao vídeo – Devido a restrições do VEVO, tem que abrir em outra página

Não importa se você gosta ou não da Beyoncé; eu sei que você gosta de tecnologia. E sei que provavelmente você já viu como é a Assembleia Geral da ONU em alguma cobertura especial no Jornal Nacional. Em caso negativo, eis aqui uma foto. A sala do vídeo é a mesma, mas com uma enorme e interessante diferença: o grande salão teve as paredes convencionais cobertas por uma tela branca onde, iniciada a cantoria de Beyoncé, deu lugar a imagens marcantes.

A tela branca cônica tem 68 x 15m. De acordo com a produtora multimídia brasileira SuperUber, envolvida na execução do projeto. Eles tiveram três semanas para fazer todos os ajustes e permitir que, com a sala cheia, os espectadores da performance de Beyoncé tivessem uma sensação imersiva de 240 graus. Sensacional.

Eu conversei com Russel Rive, o diretor de tecnologia da firma, sobre os detalhes técnicos do projeto. Foram dez projetores instalados na Assembleia Geral da ONU. Cada um deles teve que ser posicionado de modo que ficassem uma imagem contínua, com direito a várias sobreposições que não aparecem no vídeo gravado e disponibilizado no YouTube. No total, as projeções em  cobriram a tela com 200 mil lúmens.

Repare que de início mal dá para perceber que ali atrás da cantora tem uma grande tela. Para chegar a este resultado, a SuperUber empregou somente projetores compatíveis com Full HD. De modo grosseiro, é como colocar dez telas de 1920×1080 pixels lado a lado.

Making of

Processamento? Rive me conta que seis servidores fizeram parte do projeto. Todos rodando Windows, para nossa surpresa. Vários aplicativos entraram em uso para criar o efeito de imersão. O diretor tecnológico nos revelou quais: Resolume, Pandora, AutoCAD e SketchUp, além de soluções desenvolvidas pela própria SuperUber.

O trabalho entra na categoria de 3D Mapping, de acordo com Rive. Esse estilo de produção multimídia vem fazendo muito sucesso mundo afora. Chegou até ao Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, que virtualmente abraçou a cidade.

Thássius Veloso

Ex-editor-executivo

Thássius Veloso foi editor e editor-executivo do Tecnoblog de 2008 a 2014. Liderou o noticiário e cobriu de perto os maiores acontecimentos do mercado de eletrônicos de consumo, games e serviços. É jornalista, palestrante e apresentador de tecnologia na rádio CBN e no canal de TV por assinatura GloboNews.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque