Arquivo Internet

Erro do Facebook bloqueou contas acidentalmente; mensagem exigia envio de cópia do RG

Paulo Higa
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Na noite de ontem, vários usuários do Facebook relataram que tiveram suas contas bloqueadas sem motivo aparente. Após o login, a rede social exigia o envio de um documento de identificação com foto, como RG, carteira de motorista ou passaporte, para liberar o acesso. Mas acalme-se: você não fez nada de errado e o Facebook não decidiu brincar de banir contas; tudo não passou de um erro.

documento-oficial-facebook-rg

Em comunicado enviado ao The Next Web, o Facebook se desculpa pela falha e admite que “mostrou desnecessariamente uma mensagem de verificação de conta para uma parcela muito pequena dos usuários”. A mensagem foi removida assim que o erro foi descoberto. Como estamos falando de uma fatia “muito pequena” de 1,15 bilhão de usuários, é natural que muitos tenham passado pelo problema.

Como lembra o Manual do Usuário, a verificação de conta no Facebook não é uma novidade. A rede social exige que todos forneçam nomes, sobrenomes e datas de nascimento reais, para evitar problemas com contas falsas. O envio de um documento oficial com foto serve para verificar a autenticidade das informações que você enviou, caso haja alguma suspeita — o que não foi o caso das pessoas afetadas ontem.

Se isso acontecer com você no futuro, mais informações podem ser encontradas neste tópico de ajuda do Facebook. Ao enviar o documento, você pode (e deve) ocultar dados que não sejam necessários para confirmar sua identidade, como o número do CPF ou do cartão de crédito. O Facebook garante que exclui permanentemente os dados do seu documento após a identificação.

Paulo Higa

Editor-executivo

Paulo Higa é jornalista, com MBA em Gestão pela FGV e uma década de experiência na cobertura de tecnologia. Trabalha no Tecnoblog desde 2012, viajou para mais de 10 países para acompanhar eventos da indústria e já publicou 400 reviews de celulares, TVs e computadores. É coapresentador do Tecnocast e usa a desculpa de ser maratonista para testar wearables que ainda nem chegaram ao Brasil.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque