Arquivo Internet

Google Docs passa por reformulação completa

Rafael Silva
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Em um anúncio no blog oficial do serviço, Jonathan Rochelle, gerente de produtos do Google Docs, disse ontem que a suíte de aplicativos online da empresa passou por uma total reengenharia. Segundo Rochelle, a decisão de reconstruir o Google Docs do zero aconteceu porque muitas das características do Docs, mesmo sendo muito rápidas, diminuíram a possibilidade de adicionar outras. A nova versão, programada ao longo do ano passado, tem uma melhor performance, flexibilidade e plataforma de desenvolvimento.

Novas características

No lançamento do Google Docs, vários usuários disseram que eles nunca trocariam a ferramenta online pela suíte de aplicativos da Microsoft, o Office. Pois agora o serviço está ainda mais parecido com ela. Em documentos de texto, por exemplo, foram melhoradas as funções de margem, tópicos, numeração e mais precisa colocação de imagens. Já em planilhas, foram implementadas a já conhecida barra de edição de fórmulas, auto-preenchimento de células e clicar e arrastar de colunas.

Junto com a melhoria das ferramentas de documento e planilhas, o Google Docs agora também conta com uma ferramenta de desenho coletiva mais rica e cheia de recursos do que a atual e uma melhor ferramenta de importação de documentos, maximizando a compatibilidade.

Compartilhamento controlado

Outra grande desvantagem do Google Docs é a falta de controle de quem edita documentos. Não há como saber quem editou qual parte de qual documento. Com a atualização passa a ser possível manter um histórico de revisões com as alterações feitas na planilha ou documento de texto, com o registro de quem fez a alteração e a possiblidade de revertê-la.

Usuários que desejarem testar o novo Google Docs já podem fazer isso hoje. Para a nova versão da planilha, basta clicar na opção “New Features” (Novos Recursos) no canto superior direito do navegador ao abrir o serviço. Quem não gostar pode voltar à usar a versão antiga com a mesma facilidade clicando no link “Old version” (Versão antiga). Já a nova versão do editor de texto é preciso ser ativada na sessão “Settings” (Configurações), na aba “Editing“, em que é necessário marcar a caixa de seleção “New version of Google documents” (Nova versão do Google documentos).

Rafael Silva

Rafael Silva tem 27 anos, estudou Tecnologia de Redes de Computadores e mora em São Paulo. Tem uma queda pela Apple na área de dispositivos móveis, mas sempre usou Windows em todos os seus notebooks e desktops. Vez ou outra fala alguma coisa interessante no Twitter: @rafacst. [Envie um email]

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque