Arquivo Celular

Sumiço de protótipo do iPhone deve virar caso de polícia

João Brunelli Moreno
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

A autoridade policial do distrito de San Mateo, no estado da Califórnia, está considerando a possibilidade de abrir uma investigação a respeito do famoso caso do protótipo da nova geração do iPhone que foi perdido por um funcionário da Apple e posteriormente vendido ao blog norte-americano Gizmodo.

De acordo com as leis locais, casos de receptação de objetos no valor de até US$ 950 são arquivados como mau comportamento, mas como o blog pagou US$ 5.000 pelo gadget agora o caso pode ser ser enquadrado como roubo ou receptação.

Na última segunda-feira imagens do que seria a mais nova geração do aparelho apareceram nas páginas do site norte-americano, e as dúvidas a respeito de sua autenticidade foram desfeitas depois que o setor jurídico da Apple entrou em contato pedindo de volta “um objeto de propriedade da empresa”. Ao devolver o telefone Brian Lam, editor do blog, afirmou que “não sabia que o telefone era roubado”.

Leia mais:

Stephen Wagstaffe, xerife de San Matteo, afirmou ao New York Times que “se algum caso chegar a nosso escritório, ele será investigado, e nós temos o poder para fazer isso”. E explicou que o caso pode ir além de saber se o tal do iPhone foi de fato perdido ou não: “é o que chamamos de apropriação indébita de um bem perdido: não é um roubo, mas é um crime”, disse.

De qualquer maneira, a Apple não pretende deixar o caso cair no esquecimento. De acordo com a rede de notícias CNN, desde a última sexta-feira a companhia de Steve Jobs tem a ajuda de uma “força-tarefa” do R.E.A.C.T. (Raid Enforcement Allied Computer Team), grupo que reúne agências federais, estaduais, trabalhando no caso com a missão de “prender e processar todos os responsáveis por ações criminosas” no caso.

Ou seja, essa conversa promete ir longe.

João Brunelli Moreno

Formado em comunicação e jornalismo pela Universidade Metodista de Piracicaba, João Brunelli Moreno é redator, blogueiro, roteirista e produtor de conteúdo. Venceu mais de 100 prêmios de publicidade, incluindo o 40° Profissionais do Ano realizado em 2018. Foi autor no Tecnoblog entre 2009 e 2012 cobrindo assuntos relacionados a gadgets, computadores, Apple, Google, Microsoft, entre outros.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque