Quando eu bati os olhos no Evernote pela primeira vez, foi amor. O serviço, que conta com aplicativos para as principais plataformas – Windows, Mac, iPhone, Android, entre outros -, é a melhor maneira de tomar notas em atividades do cotidiano. Fica fácil registrar pensamentos, dados etc. para consultas futuras. E o melhor é que tudo isso vai parar na nuvem, um backup primordial nos dias de hoje.

Infelizmente meu smartphone foi roubado, então não uso mais o Evernote para Android. Caso usasse, estaria comemorando ainda mais a chegada da versão 2.0 do app para essa plataforma. A equipe de desenvolvimento do Evernote se superou mais uma vez ao apresentar um produto ainda mais refinado, que continua custando absolutamente nada (embora os planos pagos estejam aí para quem quiser).

Abaixo você confere as poucas imagens de divulgação do Evernote 2 para Android.

Repare que o visual dele está mais refinado, com as funções num lugar mais apropriado. Ao iniciar o aplicativo, já aparece uma tela com as opções de criar uma nota, consultar todas as existentes, bater uma foto com a câmera do aparelho, entre tantas outras coisas que o Evernote oferece. Ficou bem melhor!

A maioria dos recursos continua gratuita, mas o Evernote 2 adiciona pelo menos uma ferramenta que é voltada para quem aderir ao serviço premium: selecionar as notas que ficarão disponíveis offline. Caso contrário, só é possível visualizá-las se houver uma conexão aberta e funcionando.

Download | Evernote para Android
Baixatudo | Evernote para Android

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Thássius Veloso

Thássius Veloso

Editor

Thássius Veloso é jornalista especializado em tecnologia e editor do Tecnoblog. Desde 2008, participa das principais feiras de eletrônicos, TI e inovação. Na mídia, também atua como comentarista da GloboNews e da CBN, além de ser palestrante, mediador e apresentador de eventos. Já apareceu no Jornal Nacional, da TV Globo, e publicou artigos na revista Galileu e no jornal O Globo. Ganhou o Prêmio Especialistas em duas ocasiões e foi indicado diversas vezes ao Prêmio Comunique-se.

Canal Exclusivo

Relacionados