Arquivo Celular

Gol lança sistema de entretenimento via WiFi nos voos

Rafael Silva
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Seguindo os passos da TAM e das demais empresas aéreas que não tem medo de oferecer serviços interessantes para atrair mais clientes, a GOL anunciou hoje o GOL no Ar. Esse serviço permite que certos conteúdos sejam acessados de dentro da aeronave por meio da rede WiFi. Ele pode não ter a mais bonita das marcas (emoticons já não estão gastos o bastante?), mas parece ser interessante.

O serviço dá acesso gratuito a notícias, revistas, jogos, vídeos dos parceiros e veículos de comunicação brasileiros. Esses conteúdos, no entanto, não vão ser sempre os mesmos: a cada pouso em 9 aeroportos específicos eles são atualizados automaticamente para os mais recentes. E antes que perguntem, não, ele não tem conexão com a internet. Então não ache que você vai poder twittar a 4 mil metros de altura em voos da GOL no Brasil ainda.

Segundo a empresa, o GOL no Ar poderá ser acessado inicialmente de de dispositivos iOS e também em notebooks e netbooks. No futuro a GOL diz que pretende dar suporte a mais smartphones e tablets. Isso me leva a deduzir que o sistema foi otimizado para esses dispositivos citados, mas não deve existir um bloqueio para caso eu queira acessar de um Android, por exemplo. E se existir, é bem estúpido.

O GOL no Ar já está sendo implementado em 35 aeronaves que realizam 250 voos diários, principalmente na ponte aérea Rio-São Paulo. Até o final do ano a empresa planeja implementá-lo em mais aeronaves para cobrir pelo menos 380 voos diários. O serviço começa a funcionar a partir do dia 1 de setembro.

Atualização às 15:04 | Henrique Martin, do ZTOP, fez o teste-drive do serviço hoje nos diversos computadores, no iPhone e no seu Milestone 3. E segundo ele, nesse último só apareceu um aviso de que os serviços poderiam não funcionar como esperado, mas tudo funcionou.

Rafael Silva

Rafael Silva tem 27 anos, estudou Tecnologia de Redes de Computadores e mora em São Paulo. Tem uma queda pela Apple na área de dispositivos móveis, mas sempre usou Windows em todos os seus notebooks e desktops. Vez ou outra fala alguma coisa interessante no Twitter: @rafacst. [Envie um email]

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque