Arquivo Curiosidades

Car2Go — Pegue o carro mais próximo e pague por minuto

Gus Fune
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Direto do SXSW em Austin, Texas (EUA) — Car2Go é um novo conceito de compartilhamento de carros que me chamou bastante atenção em ver por todo canto os pequenos carros misturando branco e azul pela cidade. A empresa promete oferecer uma solução barata e ecológica no lugar de ter um carro.

 

O cliente da Car2Go paga taxa de registro de US$ 35 para receber pelos correios um cartão de membro com o qual ele pode pegar qualquer carro da empresa parado em diversos pontos espalhados pela cidade. Para abrir o carro e dar a partida ele apenas conecta o cartão.

Carro em funcionamento, o cliente paga por minuto em que utiliza o veículo. A cobrança sai direto do cartão de crédito. E, após aproximadamente 40 minutos, a cobrança vale pela hora inteira de uso e inclui algum desconto. A mesma prática vale para o dia inteiro, considerado a partir da quinta hora de uso.

Outra opção é reservar o carro em algum dos pontos, o que é bem conveniente para quem tem algum compromisso e não pode ficar esperando alguém devolver um veículo. No horário agendado, um funcionário da Car2Go vai até o local entrega-lo. A empresa garante que todos os pontos vão estar sempre preenchidos com pelo menos um veículo a todo momento. Diz também que a espera não é muito grande quando há maior demanda.

A frota da Car2Go é composta por mais de 300 Smart ForTwo só na cidade de Austin, tendo uma parte da frota composta de veículos elétricos. Além de Austin, a empresa opera em mais 11 cidades nos Estados Unidos e Europa.

Infelizmente, não consegui testar o serviço por não ter uma carteira de motorista americana. Mas com certeza seria uma ideia bacana pra se adotar em mais cidades grandes e com problemas de trânsito. Quem sabe em São Paulo? Mesmo que não tenham carros anfíbios logo de cara.

Gus Fune

Ex-redator

Gus Fune é formado em Comunicação Social e pós-graduado em desenvolvimento e design de Games. No Tecnoblog, cobriu eventos como Electronic Entertainment Expo (E3), Game Developer Conference (GDC) e South by Southwest (SXSW) e escreveu sobre esse universo. Atua, hoje, como diretor de tecnologia e assessor, mas já esteve em projetos de empresas como 3M e Motorola.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque