Vivo relança TV via fibra óptica e começa testes com 4G

Rafael Silva
Por

Rio de Janeiro – Hoje a Vivo anunciou, durante a Futurecom 2012, uma nova tentativa no mercado de TV via fibra óptica. Lançado oficialmente em abril desse ano, o Vivo TV Fibra teve as vendas interrompidas em junho por ter um desempenho aquém do esperado: apenas 4 mil assinantes na capital paulista, sendo que tinha potencial para alcançar 1 milhão de domicílios. Agora, com a esperada renovação da plataforma, a empresa espera alcançar um público maior.

Decodificador da Vivo TV Fibra: é Cisco | Clique para ampliar

A plataforma escolhida para a nova Vivo TV Fibra é o Mediaroom, da Microsoft, a mesma usada amplamente por americanos, canadenses e alemães. É possível acessar o serviço pelo decodificador próprio, mostrado na imagem acima, ou também pelo Xbox 360. Ela tem suporte vídeos on-demand com mais de mil títulos, gravação de conteúdos da TV, acesso a aplicativos e também à redes sociais como Twitter e Facebook integrado na interface.

O vídeo abaixo, gravado na apresentação do serviço durante a coletiva de imprensa da empresa, mostra um pouco da nova interface do serviço.

http://www.youtube.com/watch?v=uvFHCBkcu_M
(Vídeo no YouTube)

O Vivo TV Fibra está disponível apenas na capital paulista e a empresa afirmou ao Tecnoblog que não tem planos de expansão para fora da cidade, onde o serviço tem potencial para alcançar 500 mil domicílios (metade do que tinha em abril, curiosamente). A mensalidade dele começa em R$ 75, mas a operadora também promete preços promocionais para quem decidir assinar um pacote de serviços que inclui o serviço de banda larga. Infelizmente não há uma data para a chegada dos pacotes, apenas a estimativa de que eles devem ser disponibilizados a partir dos próximos meses.

Testes com 4G já começaram

Galaxy S III na rede 4G da Vivo: velocidade decente | Clique para ampliar

No seu estande na Futurecom, a Vivo disponibilizou um modem LTE da Huawei junto com dois aparelhos para testar a sua rede 4G, o já conhecido Motorola RAZR HD e o inédito no Brasil Galaxy S III LTE, que funciona especificamente na frequência 2600 MHz. Nos nossos testes, a velocidade alcançou incríveis 45 Mbps de download e 5 Mbps de upload. Claro, em ambientes de teste isso é esperado, mas pelo menos mostra o potencial que a tecnologia tem combinada com a rede da operadora.

Ainda sobre o 4G, a Vivo citou durante sua coletiva de imprensa na Futurecom a criação de um design inédito das torres de transmissão dessa tecnologia e para telefonia celular em geral. Elas têm entre 12 e 18 metros e causam um impacto visual menor do que as atuais ERBs (ou estações radio base) por terem sua caixa de transmissão no subterrâneo. De quebra ainda consomem menos energia.

Ainda não há uma previsão para quando a operadora planeja disponibilizar testes públicos da sua rede 4G para o público, mas já está executando testes no Rio de Janeiro há algum tempo. A Vivo garante que vai lançar os planos dentro do prazo estabelecido pela Anatel, que deu até abril de 2013 para todas as operadoras.

Relacionados

Relacionados