A Sony está tendo dificuldades com a linha Xperia: sua divisão de smartphones vem dando prejuízo. Será que estes novos aparelhos vão ajudar?

Evan Blass, conhecido como @evleaks, revelou detalhes sobre os novos smartphones da Sony no segmento intermediário. Trata-se do Xperia XA2, XA2 Ultra e L2.

Segundo ele, o Xperia XA2 possui tela de 5,2 polegadas com resolução Full-HD (1920 x 1080), processador Snapdragon 630, 3 GB de RAM e 32 GB de armazenamento. A câmera traseira de 21 megapixels grava vídeos em 4K, e a câmera frontal tem 7 megapixels.

Por sua vez, o Xperia XA2 Ultra seria maior e um pouco melhor: tela Full-HD de 6 polegadas, processador Snapdragon 630, 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento. A câmera traseira também seria de 21 megapixels, mas a frontal teria 15 MP, e ambas seriam capazes de filmar em 4K.

Sony Xperia XA2 Ultra

E temos o Xperia L2, mais simples, cujos detalhes ainda são escassos: ele terá um display de 5,2 polegadas com resolução HD, e deve ser lançado com Android 7.0 Nougat. Os outros dois aparelhos já viriam com Oreo.

Sony Xperia L2

A Sony prometeu que traria “um design completamente novo” para seus smartphones; ela vem testando designs quase sem borda e telas com proporção 18:9.

Infelizmente, parece que isso vai ficar para a linha premium. Afinal, a empresa também prometeu que iria concentrar seus lançamentos de smartphones em dois segmentos: flagship (Xperia XZ) e intermediários (Xperia XA e Xperia L).

Acredita-se que o Xperia XA2, XA2 Ultra e L2 serão anunciados oficialmente em fevereiro, durante a feira MWC.

Com informações: VentureBeat.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Ventura

Felipe Ventura

Editor

Felipe Ventura fez graduação em Economia pela FEA-USP, e trabalha com jornalismo desde 2009. Começou no TB em 2017 como editor de notícias, ajudando a cobrir os principais fatos de tecnologia, e hoje coordena um time de editores-assistentes e a rotina das editorias. Sua paixão pela comunicação começou em um estágio na editora Axel Springer na Alemanha. Foi repórter e editor-assistente no Gizmodo Brasil.

Relacionados