Nós avisamos que o Facebook Messenger seria inundado por anúncios. O processo começou no ano passado e vai se intensificar: daqui em diante, você verá vídeos de propaganda em autoplay entre seus contatos.

Os vídeos em autoplay começaram a aparecer no Messenger desde segunda-feira (18). O Facebook diz que não extrai informações de suas mensagens para direcionar anúncios; em vez disso, a rede social usa suas preferências e as páginas que você curtiu.

Até então, os anúncios no Messenger eram somente estáticos. Eles aparecem na página inicial do app para iOS e Android — não dentro das conversas — ocupando metade da tela.

O Facebook tem todo incentivo para fazer isso. Anúncios em vídeo custam mais caro, e a rede social está sem espaço para exibir propagandas no feed de notícias. Por isso, a empresa vem usando seus outros aplicativos — como Instagram e Messenger — para diversificar a receita.

E para os usuários, um vídeo em autoplay não vai prejudicar a experiência? Stefanos Loukakos, que comanda a divisão de anúncios do Messenger, diz ao Recode que vai monitorar o comportamento deles para descobrir.

“A maior prioridade para nós é a experiência do usuário… quando testamos anúncios básicos, não vimos mudanças na forma como as pessoas usam a plataforma, ou em quantas mensagens elas enviam. Com vídeo pode ser um pouco diferente, mas acreditamos que não”, diz Loukakos.

Com informações: Recode.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Ventura

Felipe Ventura

Editor

Felipe Ventura fez graduação em Economia pela FEA-USP, e trabalha com jornalismo desde 2009. Começou no TB em 2017 como editor de notícias, ajudando a cobrir os principais fatos de tecnologia, e hoje coordena um time de editores-assistentes e a rotina das editorias. Sua paixão pela comunicação começou em um estágio na editora Axel Springer na Alemanha. Foi repórter e editor-assistente no Gizmodo Brasil.

Relacionados