Este pode ser o novo visual do Facebook Messenger

O Messenger liberou para alguns usuários uma versão com um design mais limpo

Victor Hugo Silva
Por
• Atualizado há 2 anos
Facebook Messenger

Se você usa o Messenger, deve ter percebido que ele deixou de ser um simples aplicativo de mensagens há bastante tempo. Agora, ele conta com bots, jogos e até mesmo uma versão do Stories, que tornaram sua interface bastante confusa.

Pensando nisso, o Facebook trabalha em um mudança no design do Messenger. Segundo o Android Police, a nova versão do aplicativo já foi liberada para alguns usuários. Ela deve apostar em espaços em branco e destacar apenas os recursos mais importantes.

Nas imagens publicadas pelo site, o usuário personalizou a cor da conversa. Porém, é possível notar outras mudanças.

A barra inferior, por exemplo, tem apenas três ícones: conversas, contatos e explorar. Além disso, os ícones da câmera e de nova conversa passaram para o canto superior direito. O aplicativo também deve ganhar um modo escuro.

Ainda de acordo com o Android Police, o novo visual foi liberado para alguns usuários sem nenhuma atualização do aplicativo. A mudança parece ter sido feita no servidor do mensageiro e impede que mais pessoas tenham acesso por meio do programa Beta da Play Store.

O visual repaginado já era previsto desde janeiro, quando David Marcus, vice-presidente de produtos de mensagens do Facebook deu sua opinião sobre o aplicativo. Na ocasião, ele afirmou que o Messenger tinha muitos recursos que não encontraram seu espaço e havia se tornado “muito entulhado”.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Victor Hugo Silva

Victor Hugo Silva

Autor

Victor Hugo Silva é formado em jornalismo, mas começou sua carreira em tecnologia como desenvolvedor front-end, fazendo programação de sites institucionais. Neste escopo, adquiriu conhecimento em HTML, CSS, PHP e MySQL. Como repórter, tem passagem pelo iG e pelo G1, o portal de notícias da Globo. No Tecnoblog, foi redator, escrevendo sobre eletrônicos, redes sociais e negócios, entre 2018 e 2021.

Relacionados