Apple Watch terá recurso para ser controlado sem tocar na tela

Novo recurso de acessibilidade do Apple Watch permitirá realizar comandos usando somente gestos da mão, dos dedos e do pulso

Ana Marques
Por

A Apple anunciou, nesta quarta-feira (19), novos recursos de acessibilidade que devem chegar em breve ao seu ecossistema, dentre eles o AssistiveTouch para Apple Watch, que permite que pessoas com mobilidade limitada controlem o relógio por gestos, sem tocar na tela ou no botão físico do dispositivo.

Apple Watch Assistive Touch (Imagem: Reprodução/Apple)

Apple Watch Assistive Touch (Imagem: Reprodução/Apple)

Com a tecnologia, é possível ativar comandos e realizar ações ao fechar e abrir a mão, ou ao realizar o movimento de pinça com os dedos. Você pode usar tais gestos para parar um cronômetro ou atender uma ligação, entre outras funções. Há ainda controles mais complexos que usam o movimento do seu pulso como um cursor, para navegar pela interface de aplicativos.

O AssistiveTouch usa aprendizado de máquina, sensores de movimento, como o giroscópio, o acelerômetro, e o sensor de frequência cardíaca do Apple Watch para identificar as mudanças mais sutis em movimentos de músculos e tendões.

YouTube video

Segundo a Apple, o recurso chegará por meio de uma atualização de software ao Apple Watch ainda este ano. Espera-se que ele integre o watchOS 8, previsto para ser lançado em junho, durante a WWDC 2021.

Mais recursos de acessibilidade estão chegando ao iPhone e ao iPad

Em breve, a Apple também vai permitir que o iPad ofereça suporte a hardware de rastreamento ocular de terceiros, para que pessoas controlem o tablet usando apenas os olhos.

A empresa também está tornando o leitor de tela VoiceOver mais inteligente – já é possível explorar mais detalhes sobre pessoas, texto, dados de tabela e outros objetos dentro das imagens, bem como saber com maior precisão a posição de uma pessoa em relação a objetos das imagens. Também é possível que usuários adicionem suas próprias descrições de imagem para personalizar fotos de família.

O iPhone também terá suporte a novos aparelhos auditivos bidirecionais e a reconhecimento de audiogramas – gráficos que mostram os resultados de um teste de audição.

Com informações: Apple

Relacionados

Relacionados