Início / Notícias / Jogos /

Anime Tube promete “transmissão pirata” de animes e arrecada US$ 100 mil

Anime Tube é uma proposta de novo aplicativo que pode ter catálogo milionário de animes, mas esbarra em alguns problemas legais

Felipe Vinha

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Anime Tube é um aplicativo que está em financiamento coletivo no Kickstarter e que promete oferecer milhares de animes, via streaming, a seus assinantes – o financiamento já arrecadou mais de US$ 100 mil. O problema é que, aparentemente, se trata de uma iniciativa “pirata”, ainda não legalizada, ou com, no mínimo, promessas inalcançáveis, como transmissão de programas que foram produzidos pela Netflix ou Crunchyroll, por exemplo.

Anime Tube promete muito e pode cumprir pouco (Imagem: Reprodução)

Anime Tube promete muito e pode cumprir pouco (Imagem: Reprodução)

A proposta do aplicativo é trazer uma opção para quem quer ver mais animes, levando em conta um suposto “catálogo defasado” de outras plataformas, como Funimation e Crunchyroll, que são especializadas. Os criadores alegam que estes streamings possuem poucos animes, “ainda que existam mais de 18 mil programas e filmes no mundo”.

O grande problema é que o projeto prevê aquisição e exibição alguns animes que são exclusividade destas outras plataformas e, por isso, impossível de serem exibidos em qualquer outro lugar – ao menos sem um acordo prévio muito bem trabalhado antes.

Isso chamou a atenção da comunidade, mas a coisa só piorou quando a conta oficial do Anime Tube foi questionada Shawne Kleckner, presidente da The Right Stuff, que trabalha com licenciamento de anime nos EUA desde 1987. Na mensagem ele dizia: “Porque vocês estão listando animes que são meus no seu Kickstarter? Não estamos negociando com vocês”.

A conta do Anime Tube chegou a responder e informou que chegou a enviar e-mails, mas que não obteve resposta. Da mesma forma, os organizadores do aplicativo pretendem viajar ao Japão em novembro deste ano para ainda negociar com outros estúdios e garantir a exibição de animes – ou seja, nada é garantido.

Afinal, vai sair ou não?

Apesar de todas as dúvidas e possibilidade de dar errado, o Kickstarter mantém o financiamento coletivo no ar e ele continua arrecadando bastante dinheiro. Os organizadores pediam US$ 50 mil, mas já conseguiram o dobro em apenas alguns dias. O lançamento é prometido para dezembro deste ano e as recompensas variam entre coisas como “12 meses de assinatura”, “chat personalizado”, além de brindes físicos, como mousepad.

As assinaturas prometem variar de acordo com a quantidade de animes que o usuário quer assistir, de US$ 1 US$ 60 por mês, variando de 100 a 5 mil programas. O Anime Tube também promete ser compatível com praticamente todos os dispositivos atuais: iOS, Apple TV, Android, Roku, Xbox One, Windows 10, Smart TVs em geral, além do site oficial.

Sobre os direitos de exibição dos animes, nada foi dito, apenas que prometem entregar essa quantidade de programação, quando o app for lançado. Resta aguardar para saber se o produto será, de fato, uma plataforma legalizada.

Com informações: Twitter, Kickstarter, TorrentFreak