PUBG será grátis para jogar a partir de 2022 e terá novo Battlegrounds Plus

PUBG passa a ser de graça em janeiro, com acesso liberado para todos; quem quiser, porém, vai poder comprar um pacote especial com bônus e cosméticos exclusivos

Felipe Vinha
Por

O game PUBG passa a ser gratuito a partir de 12 de janeiro de 2022. A novidade foi anunciada no The Game Awards e vale para a versão de PC, lançada há cinco anos e que conseguiu um enorme sucesso por inaugurar o fenômeno de Battle Royale. O título também receberá um sistema de compra opcional, o Battlegrounds Plus, que renderá benefícios a quem preferir pagar.

PUBG passa a ser grátis em janeiro (Imagem: Divulgação/PUBG)

De acordo com as informações divulgadas, o Battlegrounds Plus não é um Passe de Batalha e nem sistema de assinatura. É uma compra única, feita apenas uma vez, que vai dar ao jogador acesso a funções que não estão disponíveis na versão grátis do game.

Entre os benefícios confirmados temos:

  • Acesso ao modo competitivo (Ranked);
  • Acesso a personalização de partidas;
  • Segmento de carreira e medalhas;
  • Itens cosméticos para o personagem;
  • Survival Masters XP e boost de 100%;
  • 1.300 G-Coin, a moeda do game.

O preço do Battleground Plus será de US$ 13, mas o preço local ainda não foi revelado. A versão gratuita não terá nenhuma limitação além das que foram descritas acima. Ainda será possível jogar as partidas normais e participar de combates de larga escala.

YouTube video

E quem já comprou?

Para quem já comprou PUBG – atualmente o game é pago – ou ainda pretende comprar antes do dia 12, a produtora vai dar o Special Commemorative Pack. Ele inclui um upgrade automático para uma conta Battleground Plus além de recompensas adicionais, como skins e itens cosméticos ainda mais exclusivos.

Atualmente PUBG é vendido por R$ 75 no Steam, então é possível esperar que o Battleground Plus custe algo mais ou menos no mesmo nível para todos os usuários que ainda vão chegar.

Com informações: VG247.

Felipe Vinha

Ex-autor

Felipe Vinha é jornalista com formação técnica em Informática. Já cobriu grandes eventos relacionados a jogos, como a E3, BlizzCon e finais mundiais de League of Legends. Em 2021, ganhou o Prêmio Microinfluenciadores Digitais na categoria entretenimento. Foi autor no Tecnoblog entre 2020 e 2022, escrevendo principalmente sobre games e entretenimento. Passou pelos principais veículos do ramo, e também é apresentador especializado em cultura pop.

Relacionados

Relacionados