Globoplay passa a transmitir ao vivo canais do Telecine da TV paga

Canais do Telecine na TV por assinatura passam a ser transmitidos pelo Globoplay; usuário precisa pagar por assinatura extra para ter acesso à catálogo

Pedro Knoth
Por

Os seis canais do Telecine — Premium, Action, Cult, Touch, Pipoca e Fun — estão disponíveis ao vivo no Globoplay desde segunda-feira (24). A integração do catálogo da distribuidora já era planejada desde o começo de janeiro, quando o acervo de mais de 2 mil filmes dos canais migrou para a plataforma de streaming da Globo. Mas assinantes terão de pagar extra para acessá-lo.

Clientes do Telecine na web poderão assistir filmes através do Globoplay
Clientes do Telecine na web poderão assistir aos canais ao vivo do Telecine através do Globoplay (Imagem: Reprodução)

A fusão entre as plataformas Telecine e Globoplay já estava prevista para acontecer desde outubro, quando o anúncio de integração foi feito pela Globo.

Por um lado, o streaming da emissora reúne diversas opções de canais para assistir ao vivo, desde que o usuário assine o plano da plataforma que inclui essa opção por a partir de R$ 49 por mês. Por outro, será necessário assinar um plano exclusivo com o Telecine para assistir ao catálogo de filmes, séries e aos seis canais ao vivo da distribuidora.

O combo começa em R$ 18,90, e inclui apenas produtos do Telecine. Também é possível assinar o Globoplay e o Telecine juntos e, por fim, as duas plataformas e mais os canais ao vivo, como Globo, Globonews e GNT. Confira as opções de assinatura:

Pacote de assinaturaMensalidade em R$
Apenas TelecineR$ 37,90 por mês
Telecine e GloboplayR$ 49,90 por mês
Telecine e Globoplay + canais ao vivoR$ 74,90 por mês

A integração do catálogo do Telecine busca atrair os fãs de cinema, que até então não podiam assistir aos canais ao vivo, restando ver apenas o catálogo on demand da marca. “Com esta novidade, os assinantes do Telecine terão mais um benefício e comodidade, com a possibilidade de acessar os nossos seis canais de onde quiserem”, comentou Sóvero Pereira, CEO do Telecine.

Curadoria do catálogo do Telecine é feita por “cinéfilos”

O executivo conta que a curadoria dos filmes do catálogo é feita por uma equipe de “cinéfilos” do Telecine — um time especializado para a tarefa. “Esta forma mais abrangente de distribuição facilita a escolha do fã de cinema com seleções direcionadas por perfil, seguindo a identificação com nossos canais construída ao longo de 30 anos de nossa história”, diz Sóvero.

A migração de catálogo entre plataformas é bem-vinda aos usuários e fãs do streaming da Globo. O Globoplay não entrou sequer na lista de melhores serviços do tipo em 2021, feita pelos autores do Tecnoblog.

Pessoalmente, eu também considero a mudança positiva, já que tinha problemas ao acessar o serviço da Telecine, pela dificuldade de navegar pelo menu. As recomendações também nunca foram a de encontro com meu gosto pessoal, diferente de outras plataformas, como Prime Video e Netflix.

O streaming do Globoplay, por enquanto, não tem uma interface 100% satisfatória quando o usuário quer assistir canais ao vivo. Muitas vezes eu já confundi um clipe com uma transmissão ao vivo. Mudar de canal chega a ser frustrante — e é um processo pouco intuitivo, como procurar em um guia da TV por assinatura.

Falando nisso, os assinantes de planos de TV ainda terão acesso aos canais da Telecine, através do aplicativo. Quem paga por planos da Claro NOW, Vivo Play e Oi Play também pode sintonizar aos canais da marca.

Relacionados

Relacionados