Sob pressão, Apple “pausa” propagandas para jogos de azar na App Store

Empresa confirmou a informação a um jornalista de um site americano; companhia não detalhou quanto tempo essa interrupção deve durar

Yan Avelino
Por

Nesta quarta-feira (26), a Apple disse ter suspendido os anúncios de aplicativos de apostas que estavam aparecendo na App Store. O posicionamento da empresa veio após muitas reclamações de usuários, que questionavam a idoneidade dos apps sugeridos. As informações são do MacRumors.

Ícone da App Store
App Store da Apple (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

Em resposta ao site americano, a Apple confirmou que, de fato, “pausou anúncios relacionados a jogos de azar e algumas outras categorias nas páginas de produtos da App Store”. Portanto, os usuários que navegarem pelas seções da loja de aplicativos não devem mais vê-los.

Os espaço para as publicidades, é claro, ainda permanecerão no mesmo lugar. Contudo, a diferença é que agora eles serão preenchidos por outras categorias de aplicativos, que não sejam tão problemáticos nem controversas. Ainda assim, a empresa não informou quanto tempo essa pausa durará.

“ATUALIZAÇÃO: Em um comunicado, a Apple me diz que “pausou anúncios relacionados a jogos de azar e algumas outras categorias nas páginas de produtos da App Store”.”

Além de não destacar o período que a interrupção vai durar, a declaração da Apple abre margem para inúmeros questionamentos. Além disso, a companhia sequer deu detalhes sobre seus próximos passos, nem como lidará com esses tipos de anúncios a partir de agora.

Enquanto estamos diante de perguntas sem respostas, vale lembrar que alguns rumores apostam que a empresa exibirá ainda mais anúncios. Desta vez, eles seriam postos nos apps Livros, Mapas e Podcasts, embora tudo não passe de burburinhos… por enquanto.

Maioria dos anúncios era de apps de apostas

Todo esse “fuzuê” começou no início desta semana, quando a Apple aumentou o número de anúncios exibidos em sua loja de aplicativos. A partir de agora, eles podem ser exibidos na aba “Hoje” e na seção “Você também pode gostar”.

Não demorou muito para que diversos relatos de propagandas questionáveis começassem a pipocar nas redes sociais — dentre os anúncios duvidosos estavam, em sua maioria, apps de jogos de azar. Ao que tudo indicava, as recomendações não levavam em consideração o conteúdo buscado pelo usuário.

“Você imagina ter US$ 48,2 bilhões em dinheiro e AINDA pensar “ah, sim, esses anúncios do House of Fun Casino vão aumentar nossos resultados, vamos fazer isso”

O que mais irritou os usuários é que alguns desses aplicativos eram visivelmente de baixa qualidade e eram exibidos em listas bastantes contraditórias — ou que nada tinham a ver com a pesquisa.

Alguém que procurasse um aplicativo para tentar superar seu vício em apostas, por exemplo, poderia ver um anúncio de app de jogos de azar (o que não faz muito sentido). Até mesmo se uma pessoa pesquisasse pelas ferramentais oficiais da Apple na loja, poderia ver essas propagandas.

Com informações: MacRumors e The Verge

Relacionados

Relacionados