Amazfit PowerBuds e ZenBuds são os novos fones sem fio da Xiaomi

Os ZenBuds querem ajudar quem utiliza os fones enquanto dorme (?!)

André Fogaça
Por
• Atualizado há 2 anos e 5 meses
Amazfit ZenBuds hero

A Huami, subsidiária da Xiaomi, anunciou hoje dois novos fones de ouvido completamente sem fios (true wireless) e com nomes de Amazfit PowerBuds e Amazfit ZenBuds. Cada um tem um objetivo e visual diferentes, sendo que o primeiro é mais parecido com os Galaxy Buds e traz leitor de batimentos cardíacos, enquanto que o promete melhorar a qualidade de seu sono.

Amazfit PowerBuds

Começando pelo PowerBuds, temos fones com seis gramas de peso em cada lado, com bateria que promete durar oito horas com apenas uma carga e o estojo recarrega os pequenos buds mais três vezes – fechando um total de 24 horas de uso.

Amazfit PowerBuds hero

O que chama atenção neste modelo é que ele trabalha com um sensor que pode medir os batimentos cardíacos do usuário, diretamente do fone de ouvido e sem a necessidade de um hardware extra. Os dados são enviados para o aplicativo que controla os fones e a autonomia de bateria leva em consideração o sensor funcionando regularmente.

A superfície externa de cada lado é sensível ao toque e pode ser utilizada para controle da reprodução de mídia, chamadas ou até mesmo ativar o assistente de voz de sua escolha no smartphone, seja ele o Google Assistente nos Androids ou Siri para quem tem um iPhone.

Dois microfones ajudam na redução de ruído e também podem fazer o barulho entrar no canal auditivo, dentro do modo ambiente.

Amazfit ZenBuds

O ZenBuds tem um estojo maior, só que com fones menores e tem um ar que me lembra os Pixel Buds – bem pouco. Ele tira o leitor de batimentos cardíacos e coloca uma função que reproduz sons para induzir o sono de melhor qualidade.

Amazfit ZenBuds frente

A parte curiosa é que ele tem uma função de alarme silencioso que ajuda a levantar sem tomar susto. Fico imaginando quem é que dorme com fone de ouvido grudado na cabeça. Se você é destas pessoas, o fone conta com acelerômetro que detecta o movimento do usuário e sabe quando ele está dormindo, então o que estiver sendo reproduzido é pausado automaticamente.

Ele não tem nenhuma tecnologia ativa de redução de ruído, mas só por ser intra articular já ajuda nesta tarefa. Como a ideia é de usar durante o sono e um bom sono tem no mínimo oito horas de duração, o Amazfit ZenBuds tem autonomia de 12 horas com apenas uma carga.

Quando e quanto?

Não há informações sobre preço e nem data de lançamento do Amazfit ZenBuds, mas o Amazfit PowerBuds custa US$ 99 e será lançado em algum momento do mês que vem.

Com informações: GizmoChina e Amazfit.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
André Fogaça

André Fogaça

Ex-autor

André Fogaça é jornalista e escreve sobre tecnologia há mais de uma década. Cobriu grandes eventos nacionais e internacionais neste período, como CES, Computex, MWC e WWDC. Foi autor no Tecnoblog entre 2018 e 2021, e editor do Meio Bit, além de colecionar passagens por outros veículos especializados.

Canal Exclusivo

Relacionados