Amazon Kindle Lite chega ao Brasil como um download de apenas 2 MB

Felipe Ventura
Por
• Atualizado há 2 anos e 5 meses

A Amazon está seguindo a tendência de outras empresas — como Facebook, Google e Skype — de lançar versões “lite” de seus aplicativos para mercados emergentes. Eles trazem os principais recursos e ocupam menos espaço no smartphone.

É o caso do Kindle Lite, para ler livros digitais comprados através da Amazon. Ele foi lançado em março na Índia, e chegou ao Brasil nesta terça-feira (8) — trata-se de um download de apenas 2 MB.

Claro, o aplicativo vai ocupar mais espaço em seu dispositivo. São 12 MB, fora os livros que você baixar. Em comparação, o app padrão do Kindle começa ocupando 160 MB. É uma boa diferença.

Após instalar o Kindle Lite, você será convidado a fazer login e a escolher um tamanho de fonte para a leitura. Então, será possível baixar os livros que você comprou, ou adquirir e-books através da loja. Há aqui um modo noturno e também Whispersync para sincronização com outros dispositivos.

Nas configurações, há uma ferramenta que mostra quantos dados foram consumidos, seja do Wi-Fi ou da sua franquia. Ela também permite apagar o cache para liberar espaço.

O Kindle Lite tem algumas limitações, como era de se esperar. Não é possível trocar a fonte, nem alterar o espaçamento de linha.

Além disso, ele não permite adicionar marcadores de página, nem destacar texto, nem inserir anotações. Na verdade, nem é possível selecionar texto! E, claro, não há dicionário embutido aqui.

O Kindle Lite está disponível gratuitamente para Android 4.4 ou superior na Play Store.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Ventura

Felipe Ventura

Ex-editor

Felipe Ventura fez graduação em Economia pela FEA-USP, e trabalha com jornalismo desde 2009. No Tecnoblog, atuou entre 2017 e 2023 como editor de notícias, ajudando a cobrir os principais fatos de tecnologia. Sua paixão pela comunicação começou em um estágio na editora Axel Springer na Alemanha. Foi repórter e editor-assistente no Gizmodo Brasil.

Canal Exclusivo

Relacionados