Amazon usa realidade aumentada em armazéns para manter distanciamento

A tecnologia utilizada para promover o distanciamento social dentro de armazéns da Amazon será liberada para outras pessoas

André Fogaça
Por
• Atualizado há 2 anos e 5 meses
amazon inteligencia artificial armazem

A Amazon anunciou nesta terça-feira (16) uma ferramenta que utiliza realidade aumentada para auxiliar no distanciamento social de seus funcionários. A ideia é de deixar uma TV grande em diversos pontos dos armazéns da gigante do varejo online para mostrar ao funcionário se ele está ou não em área de maior risco de contágio do COVID-19.

A tela funciona como um alerta visual sobre o perigo de uma pessoa não estar mais de dois metros de distância da outra, que neste caso aparece em um círculo verde ao redor de quem ainda está em distância segura ou em vermelho quando um círculo entra no espaço do outro.

“Como o distanciamento social nem sempre é natural, essa equipe decidiu usar a realidade aumentada para criar uma ferramenta parecida com um espelho mágico que ajuda aos colaboradores notarem o distanciamento físico de outros”, diz a Amazon em nota.

O kit que a empresa utiliza consiste em uma câmera com sensor de profundidade, uma TV de 50 polegadas e um computador com instruções de inteligência artificial para saber diferenciar uma pessoa de outros objetos, como uma coluna ou a parede.

A Amazon diz que esta ferramenta, que exige apenas uma tomada para funcionar, já está presente em diversos prédios da empresa, com outras centenas instalações chegando nas próximas semanas. Um detalhe importante é que a Amazon abrirá o código do software e da inteligência artificial utilizados, para que outras pessoas também criem soluções semelhantes.

Com informações: Amazon.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
André Fogaça

André Fogaça

Ex-autor

André Fogaça é jornalista e escreve sobre tecnologia há mais de uma década. Cobriu grandes eventos nacionais e internacionais neste período, como CES, Computex, MWC e WWDC. Foi autor no Tecnoblog entre 2018 e 2021, e editor do Meio Bit, além de colecionar passagens por outros veículos especializados.

Canal Exclusivo

Relacionados