Anac autoriza testes para entregas via drones

As entregas por drones podem acontecer em distância máxima de 2,5 quilômetros do ponto de partida e o restante segue por solo

André Fogaça
Por
• Atualizado há 2 anos e 5 meses
drone dlv-1

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) divulgou nesta semana que os testes para as primeiras entregas de produtos com drones estão liberados, ao menos para uma empresa. A autorização foi concedida para a Speedbird, vale por um ano e é a primeira deste tipo emitida pela agência no Brasil.

O certificado, chamado de Certificado de Autorização de Voo Experimental (CAVE), permite que a empresa trabalhe com seu drone para entrega de qualquer produto e em operação que não está no campo de visão, que é quando o operador pode estar mais distante e com obstáculos na vista – como acontece em praticamente qualquer cidade grande.

“Dentre as atividades que a sociedade espera para os drones explorarem, o delivery é uma das mais promissoras. Obter o CAVE é uma etapa importante no processo de desenvolvimento do negócio, principalmente por ser de uma empresa brasileira”, diz Roberto Honorato, superintendente de Aeronavegabilidade da Anac.

O drone, modelo DLV-1 e matrícula PP-ZSL, pesa aproximadamente nove quilos, pode alcançar velocidade máxima de 32 km/h e carregar dois quilos de carga – é bastante pizza. Neste momento as operações podem acontecer em distância máxima de 2,5 quilômetros do ponto de partida, mas a aeronave tem autonomia para até 5 quilômetros e pode ser operada por redes 4G ou 5G. O que faltar para a entrega precisa ser finalizado por entregador, no chão mesmo.

Os testes acontecerão na região de Campinas e todas as rotas precisam de autorização da Anac, em trechos determinados por ambas as partes. O certificado tem validade até agosto do ano que vem.

Com informações: Anac.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
André Fogaça

André Fogaça

Ex-autor

André Fogaça é jornalista e escreve sobre tecnologia há mais de uma década. Cobriu grandes eventos nacionais e internacionais neste período, como CES, Computex, MWC e WWDC. Foi autor no Tecnoblog entre 2018 e 2021, e editor do Meio Bit, além de colecionar passagens por outros veículos especializados.

Canal Exclusivo

Relacionados