Apple desativa FaceTime em grupo após falha que permitia “espionar” contatos

Apple desativou FaceTime em grupo temporariamente; bug permitia ouvir áudio do outro lado antes de pessoa atender chamada

Felipe Ventura
Por
• Atualizado há 2 anos e 5 meses
Apple / chamada de vídeo em grupo do FaceTime no iPhone e iPad / facetime vídeo

O FaceTime tem uma falha de privacidade: é possível ouvir o áudio do outro lado antes que a pessoa atenda à chamada. Pior: se ela pressionar o botão de reduzir volume ou liga/desliga para silenciar ou dispensar a ligação, a câmera também será ativada. A Apple desativou o FaceTime em grupo temporariamente, e promete resolver o bug ainda esta semana.

Funcionava assim: você tocava em um contato no iPhone para iniciar uma chamada do FaceTime, deslizava para cima e tocava em “Adicionar pessoa”. Então, você colocava seu próprio número de celular e adicionava a si mesmo como outro participante na ligação.

Basicamente, isso fazia o FaceTime entender que uma chamada em grupo já estava em andamento. Então, ele liberava o áudio em ambos os lados da conversa. Você poderia ouvir a outra pessoa, e ela também poderia ouvir você, mesmo que não atendesse à ligação.

Tem mais: se o destinatário pressionasse o botão de reduzir volume para silenciar a chamada, o FaceTime ativava a câmera. O mesmo acontecia se o botão liga/desliga fosse pressionado para dispensar a ligação.

Essa técnica funcionava para chamadas iniciadas em qualquer dispositivo com iOS 12.1 ou posterior. As ligações poderiam ser para outro iPhone, iPad ou Mac rodando macOS 10.14 Mojave.

Apple desativa FaceTime em grupo temporariamente

“Estamos cientes desse problema e identificamos uma correção que será lançada em uma atualização de software ainda esta semana”, diz um porta-voz da Apple.

A página de status da Apple mostra que o FaceTime em grupo está “temporariamente indisponível”. Dessa forma, não é mais possível utilizar essa brecha. Ainda assim, você pode desativar o FaceTime no iOS seguindo essas instruções: vá em Ajustes > FaceTime e desative a opção FaceTime.

O problema era tão sério que Jack Dorsey, CEO do Twitter, e Andrew Cuomo, governador do estado de Nova York, recomendaram desativar o FaceTime:

Vale notar que a Apple demorou para implementar o FaceTime em grupo, talvez devido a possíveis falhas de segurança. O recurso foi adicionado à versão beta do iOS 12, e então foi removido. Ele só chegou aos usuários com o lançamento do iOS 12.1 em outubro.

Então, foi descoberta uma falha de segurança no iOS 12.1 envolvendo o FaceTime em grupo: era possível acessar os contatos do usuário com o iPhone bloqueado. O bug foi corrigido.

Com informações: Engadget, TechCrunch.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Ventura

Felipe Ventura

Ex-editor

Felipe Ventura fez graduação em Economia pela FEA-USP, e trabalha com jornalismo desde 2009. No Tecnoblog, atuou entre 2017 e 2023 como editor de notícias, ajudando a cobrir os principais fatos de tecnologia. Sua paixão pela comunicação começou em um estágio na editora Axel Springer na Alemanha. Foi repórter e editor-assistente no Gizmodo Brasil.

Canal Exclusivo

Relacionados