Criptomoeda TrumpCoin irrita família de Donald Trump: “vamos processar”

TrumpCoin é uma criptomoeda criada por terceiros durante a campanha eleitoral de Donald Trump em 2016, mas família descobriu e ameaça processo

Bruno Ignacio
Por
Donald Trump (Imagem: Gage Skidmore/Flickr)

Surpreendentemente, existe uma criptomoeda nomeada em homenagem a Donald Trump, mas a família do ex-presidente dos Estados Unidos não está nem um pouco contente com isso. Seu filho, Eric Trump se manifestou no Twitter e parecia estar furioso com a existência da moeda digital. Ele reiterou que o ativo não tem relação alguma com a família e alertou que “ações legais serão tomadas”.

Alerta de fraude: chegou ao nosso conhecimento que alguém está promovendo uma criptomoeda chamada ‘TrumpCoin’ (símbolo ‘TRUMP’)”, twittou o filho do ex-presidente dos EUA, Eric Trump. “Isso não tem NADA a ver com nossa família, não autorizamos o uso e não somos de forma alguma afiliados a esse grupo. Ações legais serão tomadas”, disse ele.

https://twitter.com/EricTrump/status/1485700519448432646

A TrumpCoin é uma das chamadas criptomoeda alternativas, ou altcoins. Nesse caso, podemos dizer que se trata também de uma “memecoin”, assim como o dogecon (DOGE) e Shiba Inu (SHIB), cujo conceito inicial é ser um ativo altamente especulativa apoiado por algum tipo de piada, sátira ou meme. Aqui, o “meme” é Donald Trump, então é óbvio que o magnata estaria no mínimo incomodado com o projeto.

No entanto, as memecoins acabaram se tornando uma alternativa de investimento arriscada, mas que pode render um bom dinheiro. Afinal, quem comprou dogecoin quando a moeda digital valia menos de um centavo de dólar lucrou de uma maneira que o mercado tradicional de investimentos nunca poderia acompanhar. Claro, para isso, a moeda deve cair no gosto do povo e sua demanda precisa decolar, caso contrário o ativo simplesmente perde toda a sua relevância.

A iniciativa parece ter sido inspirada por outras moedas não digitais, como aquelas “gold coins” com o rosto do empresário (moedas douradas) de caráter colecionável e que foram até mesmo anunciadas em comerciais televisivos nos Estados Unidos. No entanto, o grupo por trás da TrumpCoin também nega ter qualquer relação com esses produtos em comunicado.

TrumpCoin foi criada durante campanha eleitoral

Mesmo com todo esse alvoroço atual, a TrumpCoin não é novidade. A criptomoeda foi criada ainda em 2016, durante a campanha pela vitória de Donald Trump nas eleições americanas. Mas, dado a má fama de tokens do tipo, o ativo digital pode não ter ajudado muito.

Segundo dados do CoinMarketCap, as negociações dessa criptomoeda começaram naquele mesmo ano. Lançada em fevereiro, a moeda digital conta com cerca de 6,6 milhões de unidades em circulação e já contam com um valor de mercado superior a US$ 1,8 milhão.

Após a desaprovação de Eric Trump no Twitter, a conta oficial da TrumpCoin confirmou em retweet a outros usuários que, realmente, o projeto é totalmente desvinculado da família do ex-presidente americano e de todas suas organizações. Na quarta-feira (25), a conta do Twitter da criptomoeda divulgou um comunicado dizendo que estava “em comunicação direta” com Eric Trump.

Mesmo com tanto alvoroço, ainda é incerto prever o futuro dessa criptomoeda, ainda mais com a ameaça legal feita por Eric Trump. No entanto, sempre há a possibilidade de que o próprio presidente veja benefícios políticos e econômicos para fechar um acordo com os líderes do projeto para que ele siga vivendo.

Com informações: Mashable

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Bruno Ignacio

Bruno Ignacio

Ex-autor

Bruno Ignacio é jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero. Cobre tecnologia desde 2018 e se especializou na cobertura de criptomoedas e blockchain, após fazer um curso no MIT sobre o assunto. Passou pelo jornal japonês The Asahi Shimbun, onde cobriu política, economia e grandes eventos na América Latina. No Tecnoblog, foi autor entre 2021 e 2022. Já escreveu para o Portal do Bitcoin e nas horas vagas está maratonando Star Wars ou jogando Genshin Impact.

Canal Exclusivo

Relacionados