FIFA 21: EA investiga venda de cards raros do FUT por parte de funcionários

Usuários relatam que funcionários da EA estão vendendo Cards de FIFA Ultimate Team por preços absurdos, empresa vai investigar

Felipe Vinha
Por
• Atualizado há 2 anos e 5 meses
EA vai investigar se houve venda ilegal de FUT Cards (Imagem: Reprodução)
EA vai investigar se houve venda ilegal de FUT Cards (Imagem: Reprodução)

A comunidade de FIFA 21 não está satisfeita. Aparentemente há funcionários da EA vendendo cards raros do modo FIFA Ultimate Team “por fora”, ganhando uma grana extra e tornando mais fácil a vida de certos usuários, já que o FUT é conhecido por ser altamente competitivo e depender muito de “sorte”.

Acusações começaram a aparecer pelo Twitter, informando que funcionários da produtora estavam vendendo cards diretamente aos jogadores por preços que variam entre US$ 900 e US$ 2.500. Sim, valores altíssimos.

Alguns usuários publicaram imagens das transações realizadas e até mesmo vídeos, como o caso de Nick28T, streamer do Canadá:

Aqui:

E aqui:

As acusações são graves, pois além de desequilibrar as partidas, é uma saída que pode ser considerada ilegal, já que funcionários estão usando ferramentas da empresa para ter ganho próprio, sem passar pela companhia.

Estes cards raros são de jogadores lendários, com habilidades excelentes, entre alguns dos mais famosos do futebol mundial. Normalmente, FIFA Ultimate Team, estes cards vêm em pacotes aleatórios, como figurinhas, que são comprados ou adquiridos.

O que diz a EA

Em suas redes sociais, a EA se defende. A empresa emitiu um comunicado, inclusive na sua conta brasileira, onde fala que “uma investigação completa está em andamento”, dizendo ainda que, se a conduta imprópria de funcionários for identificada, eles agirão rapidamente.

Leia a postagem, abaixo:

Por ora, resta aguardar por mais detalhes da investigação. Na dúvida, por mais que seja tentador, não compre cards de FUT online. Além do sério risco de perder a conta, é uma prática nada saudável para a jogabilidade e comunidade do game.

Com informações: Eurogamer.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Vinha

Felipe Vinha

Ex-autor

Felipe Vinha é jornalista com formação técnica em Informática. Já cobriu grandes eventos relacionados a jogos, como a E3, BlizzCon e finais mundiais de League of Legends. Em 2021, ganhou o Prêmio Microinfluenciadores Digitais na categoria entretenimento. Foi autor no Tecnoblog entre 2020 e 2022, escrevendo principalmente sobre games e entretenimento. Passou pelos principais veículos do ramo, e também é apresentador especializado em cultura pop.

Canal Exclusivo

Relacionados