Google se “esqueceu” de dizer que Nest Guard tem microfone

A empresa admitiu ter cometido um erro e disse o microfone "não foi feito para ser um segredo"

Victor Hugo Silva
Por
• Atualizado há 2 anos
Google se "esqueceu" de dizer que Nest Guard tem microfone

As especificações são o que faz muitos usuários escolherem ou não um dispositivo. Por isso, informá-las corretamente é fundamental às empresas. Em certos casos, porém, elas não dão todas as informações. É o caso do Google, que deixou de avisar sobre a existência de um microfone embutido no Nest Guard, parte do sistema de alarmes Nest Secure.

A presença do microfone só foi descoberta por usuários há algumas semanas, quando a companhia anunciou uma atualização que levaria o Google Assistente ao aparelho. Até então, o detalhe não era informado nem mesmo na página do dispositivo no site da Nest.

Ao Business Insider, um representante do Google admitiu a falha cometida pela empresa. “O microfone no dispositivo não foi feito para ser um segredo e deveria ter sido listado nas especificações técnicas”, disse. “Isso foi um erro da nossa parte”.

A companhia afirmou, ainda, que o “microfone nunca esteve ligado e só é ativado quando os usuários ativam especificamente a opção”. A justificativa para a sua presença no alarme foi a possibilidade de oferecer outros recursos no futuro, como detectar o momento em que um vidro é quebrado.

O TechCrunch afirma que a página do Nest Secure foi finalmente atualizada para informar sobre o microfone embutido. Fundada em 2010, a Nest foi vendida ao Google em 2014 por US$ 3,2 bilhões após ficar conhecida por seu sistema de termostatos inteligentes.

A empresa, que passou a vender detectores de fumaça e interfones, passou a ser administrada de forma independente em 2015, com a criação da Alphabet. Desde fevereiro de 2018, no entanto, ela voltou a atuar sob o guarda-chuva do Google.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Victor Hugo Silva

Victor Hugo Silva

Ex-autor

Victor Hugo Silva é formado em jornalismo, mas começou sua carreira em tecnologia como desenvolvedor front-end, fazendo programação de sites institucionais. Neste escopo, adquiriu conhecimento em HTML, CSS, PHP e MySQL. Como repórter, tem passagem pelo iG e pelo G1, o portal de notícias da Globo. No Tecnoblog, foi autor, escrevendo sobre eletrônicos, redes sociais e negócios, entre 2018 e 2021.

Canal Exclusivo

Relacionados