A busca do Google acaba de ficar mais atraente graças aos “rich cards”

Jean Prado
Por
• Atualizado há 1 semana

Há quase um ano, o Google anunciou os rich cards: blocos de itens que aparecem na pesquisa do Google com um formato mais atraente, fugindo do modelo de busca tradicional. Eles estavam disponíveis apenas em inglês mas, nesta semana, o Google liberou os rich cards para o mundo inteiro, incluindo o Brasil.

Como você pode ver na comparação acima, os rich cards do Google pegam os rich snippets (que já existiam há algum tempo) e os transformam em cards informativos, priorizando a imagem e incluindo mais informações úteis sobre a página. Como você deve imaginar, esses resultados vão se posicionar melhor nas buscas.

No exemplo que o Google demonstrou para a pesquisa em português, algumas receitas específicas aparecem listadas na busca de “doces e sobremesas”. Nos blocos informativos, também são mostrados o tempo de preparação e até o número de calorias da receita, quando informado no site.

Por enquanto, os rich cards estão adaptados para três categorias de conteúdo: restaurantes locais, receitas e filmes. Há várias formas de aproveitá-los: cinemas podem mostrar as atrações direto na página de pesquisa, por exemplo, junto à data e o horário do filme que será exibido.

Nesta página, o Google exemplifica algumas formas de tirar proveito dos rich cards. Outras informações técnicas para desenvolvedores podem ser encontradas aqui.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Jean Prado

Jean Prado

Ex-autor

Jean Prado é jornalista de tecnologia e conta com certificados nas áreas de Ciência de Dados, Python e Ciências Políticas. É especialista em análise e visualização de dados, e foi autor do Tecnoblog entre 2015 e 2018. Atualmente integra a equipe do Greenpeace Brasil.

Canal Exclusivo

Relacionados