INSS expande prova de vida por biometria facial via celular

Prova de vida digital do INSS pode ser realizada pelo aplicativo Meu gov.br e dispensa visita à agência bancária

Victor Hugo Silva
Por
• Atualizado há 2 anos e 5 meses
Telas de login e validação facial do app Meu Gov.br (Imagem: Divulgação/Governo Federal)
Prova de vida do INSS pode ser feita no Meu gov.br (Imagem: Divulgação/Governo Federal)

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) ampliou o acesso à prova de vida digital, que dispensa uma visita ao banco para manter benefícios como a aposentadoria. Agora, a alternativa será oferecida para 5,3 milhões de pessoas. Os segurados poderão fazer a comprovação por celular com ajuda de biometria facial.

A prova de vida digital pode ser feita pelo aplicativo Meu gov.br, disponível para Android e iOS. Após ser instalado, ele pede autorização para acessar os dados pessoais e a câmera do celular. Em seguida, é preciso confirmar documentos e tirar algumas fotos do rosto. O resultado pode ser acompanhado pelo site ou aplicativo do Meu INSS.

O uso do reconhecimento facial neste procedimento começou a ser testado em agosto de 2020, quando foi liberado para 500 mil pessoas. A nova expansão leva a alternativa para um número significativo de beneficiários, mas o INSS ainda levará um tempo até levá-la para todos os 36 milhões de beneficiários.

O órgão exige uma prova de vida anual para quem recebe benefícios em conta corrente, conta poupança ou cartão magnético. O objetivo é evitar fraudes e pagamentos indevidos de aposentadorias e licenças, por exemplo.

Prova de vida digital usa CNH e título de eleitor

A prova de vida digital compara as fotos tiradas no aplicativo com suas correspondentes nas bases do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) e do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Por isso, ela só está sendo liberada aos segurados que cadastraram biometria para CNH (Carteira Nacional de Habilitação) ou título de eleitor.

Os aposentados e pensionistas que foram incluídos nesta fase estão sendo notificados via SMS e e-mail. A exigência da prova de vida está suspensa desde março de 2020 devido à pandemia do novo coronavírus, que exigiu a interrupção de alguns serviços em bancos. O procedimento deve voltar a ser obrigatório em maio.

Com informações: Agência Brasil.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Victor Hugo Silva

Victor Hugo Silva

Ex-autor

Victor Hugo Silva é formado em jornalismo, mas começou sua carreira em tecnologia como desenvolvedor front-end, fazendo programação de sites institucionais. Neste escopo, adquiriu conhecimento em HTML, CSS, PHP e MySQL. Como repórter, tem passagem pelo iG e pelo G1, o portal de notícias da Globo. No Tecnoblog, foi autor, escrevendo sobre eletrônicos, redes sociais e negócios, entre 2018 e 2021.

Canal Exclusivo

Relacionados