LibreOffice 6.4 é lançado com suporte melhorado a arquivos do Microsoft Office

Versão final do LibreOffice 6.4 está disponível para Linux, macOS e Windows

Emerson Alecrim
Por
• Atualizado há 2 anos e 5 meses
LibreOffice - Writer

Nesta semana, a Document Foundation liberou oficialmente o LibreOffice 6.4. A nova versão traz vários recursos adicionais e melhorias, como tem que ser. Entre os avanços, o destaque vai para o aperfeiçoamento da compatibilidade com arquivos do Microsoft Office — os formatos DOCX, XLSX e PPTX (Word, Excel e PowerPoint, respectivamente).

O LibreOffice, por si só, é capaz de atender à boa parte das aplicações de escritório por disponibilizar uma extensa gama de funcionalidades nas ferramentas que o compõem. É por isso que a suíte está entre as preferidas de usuários de Linux ou de pessoas que usam o Windows ou o macOS, mas não estão dispostas a pagar pela licença do Office 365.

Porém, existe um fator que, para muita gente, dificulta ou até impede a adoção do pacote: a compatibilidade com arquivos do Microsoft Office. Não é incomum, por exemplo, fórmulas de planilhas do Excel ficarem corrompidas ou documentos do Word perderem a formatação quando abertos no LibreOffice.

A boa notícia é que, no LibreOffice 6.4, o suporte a arquivos em DOCX, XLSX e PPTX é “quase perfeito”, afirma a Document Foundation. Agora, o usuário pode esperar não só pela diminuição nos problemas de compatibilidade, como também por mais desempenho no trabalho com esses formatos.

LibreOffice

É claro que não termina por aí. O suporte nativo a arquivos nos formatos Open Document Format (ODF) também melhorou. Outras novidades incluem:

  • buscas mais rápidas nas páginas de ajuda da suíte;
  • um gerador de QR Codes (que podem levar a links ou comentários, por exemplo);
  • novos ícones para facilitar o reconhecimento dos diferentes formatos de arquivos suportados;
  • um novo recurso de redação automática que permite ocultar dados confidenciais ou sensíveis em documentos de texto.

Também há avanços específicos para cada ferramenta do pacote. O editor de textos Writer, por exemplo, agora tem uma opção para marcar notas como resolvidas e permite a adição de comentários em imagens ou gráficos. Já o Calc ganhou uma função que exporta uma planilha para PDF em folha única para dar uma visão geral do arquivo.

Por sua vez, o Impress (slides) e o Draw (desenho vetorial) agora possibilitam unificar textos de vários quadros em um só. O resumo das novidades é apresentado no vídeo abaixo:

Gratuito, o LibreOffice 6.4 pode ser baixado aqui. A suíte tem versões para Linux, macOS e Windows.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Emerson Alecrim

Emerson Alecrim

Repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais e negócios. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Em 2022, foi reconhecido no Prêmio ESET de Segurança em Informação. Em 2023, foi reconhecido no Prêmio Especialistas, em eletroeletrônicos. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém o site Infowester.

Canal Exclusivo

Relacionados