LinkedIn vende serviço de apresentação SlideShare para o Scribd

Com planos para criar a “maior biblioteca virtual do mundo”, Scribd adquire mais de 40 milhões de arquivos e 100 milhões de usuários

Ana Marques
Por
• Atualizado há 2 anos e 5 meses
scribd e slideshare

A plataforma de compartilhamento de documentos Scribd anunciou, na última terça (11), a compra do SlideShare, serviço de hospedagem de apresentações que pertencia ao LinkedIn desde 2012. Com a transação, os mais de 100 milhões de usuários do SlideShare passam a ser administrados pelo Scribd, bem como o arquivo, que inclui cerca de 40 milhões de documentos. Os termos financeiros do contrato não foram revelados.

O CEO e cofundador do Scribd, Trip Adler, afirmou que a aquisição é “um grande passo para a criação da maior biblioteca digital do mundo”. Sozinha, a coleção do Scribd já somava mais 100 milhões de documentos. Agora, com a adição de apresentações do SlideShare, a expectativa é diversificar a oferta de conteúdo – ainda assim, a ideia é mantê-lo como um serviço independente.

De acordo com o LinkedIn, o Scribd começa a operar oficialmente o novo negócio a partir de 24 de setembro. Em uma F.A.Q publicada após o anúncio da transação, a empresa de compartilhamento de documentos afirma que quem não quiser que seu conteúdo seja acessado pelo Scribd tem até o dia 24 de agosto para encerrar a conta no SlideShare.

Para os usuários que optarem pela manutenção de suas contas, as apresentações e os documentos enviados para o SlideShare permanecerão ativos no site e app do serviço, agora sob as políticas de privacidade e termos de uso do Scribd.

Além disso, as permissões de visualização de conteúdo se mantém – ou seja, se um arquivo foi definido como “privado” no SlideShare, ele continuará restrito. Não é necessário ter um perfil no Scribd para acessar o SlideShare.

Com informações: LinkedIn e Scribd

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Ana Marques

Ana Marques

Gerente de Conteúdo

Ana Marques é jornalista e cobre o universo de eletrônicos de consumo desde 2016. Já participou de eventos nacionais e internacionais da indústria de tecnologia a convite de empresas como Samsung, Motorola, LG e Xiaomi. Analisou celulares, tablets, fones de ouvido, notebooks e wearables, entre outros dispositivos. Ana entrou no Tecnoblog em 2020, como repórter, foi editora-assistente de Notícias e, em 2022, passou a integrar o time de estratégia do site, como Gerente de Conteúdo. Escreveu a coluna "Vida Digital" no site da revista Seleções (Reader's Digest). Trabalhou no TechTudo e no hub de conteúdo do Zoom/Buscapé.

Canal Exclusivo

Relacionados