Panasonic facilita usar câmeras mirrorless como webcam

Lumix Tether for Streaming transforma câmeras da Panasonic em webcam em computadores com Windows 10 instalado

Bruno Gall De Blasi
Por
• Atualizado há 2 anos e 5 meses
Panasonic DC-GH5 (Foto: AndyCr15/Pixabay)

A Panasonic desenvolveu um software que transforma câmeras mirrorless em webcam. Anunciado nesta terça-feira (9), o app Lumix Tether for Streaming permite que os dispositivos da marca sejam utilizados em chamadas de voz e vídeo ou lives do Facebook, Twitch, entre outras plataformas da internet. O aplicativo é gratuito e já está está disponível para download.

Ainda em fase de testes (beta), o Lumix Tether for Streaming permite que câmeras sejam utilizadas como webcam ao conectá-las no computador via porta USB. O recurso garante um reforço às videoconferências ao conferir mais qualidade às imagens das ligações, especialmente em reuniões durante os esquemas de home office para combater a pandemia de COVID-19, doença causada pelo novo coronavírus.

O software está disponível somente para Windows 10 e requer computadores com portas USB 3.0 ou 3.1 para funcionar. Além disso, o app é compatível com as seguintes câmeras da Panasonic:

  • DC-GH5;
  • DC-G9;
  • DC-GH5S;
  • DC-S1;
  • DC-S1R;
  • DC-S1H.

O Lumix Tether for Streaming é gratuito e está disponível para download no site da fabricante (panasonic.com). A Panasonic também disponibilizou um vídeo (em inglês) para explicar como o recurso deve ser utilizado. Confira a seguir:

Este é mais um software que transforma câmeras em webcam anunciado nos últimos meses. Em abril, a Canon disponibilizou o EOS Webcam Utility para utilizar câmeras DSLR da marca em computadores. Já a Fujifilm anunciou o Fujifilm X Webcam no fim de maio, para produtos das linhas X e GFX.

Com informações: Engadget e The Verge

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Bruno Gall De Blasi

Bruno Gall De Blasi

Ex-autor

Bruno Gall De Blasi é jornalista e cobre tecnologia desde 2016. Sua paixão pelo assunto começou ainda na infância, quando descobriu "acidentalmente" que "FORMAT C:" apagava tudo. Antes de seguir carreira em comunicação, fez Ensino Médio Técnico em Mecatrônica com o sonho de virar engenheiro. Escreveu para o TechTudo e iHelpBR. No Tecnoblog, atuou como autor entre 2020 e 2023.

Canal Exclusivo

Relacionados