PayPal anuncia sua primeira aquisição de uma empresa de criptomoedas

Curv, startup de segurança de criptomoedas, se tornará a primeira aquisição do PayPal no setor de criptoativos

Bruno Ignacio
Por
• Atualizado há 2 anos e 5 meses
App do PayPal (Imagem: Brett Jordan/Pexels)
PayPal (Imagem: Brett Jordan/Pexels)

O PayPal anunciou oficialmente nesta segunda-feira (08) que concordou em adquirir a Curv, uma startup israelense de segurança de criptomoedas. Assim, a empresa mundial de pagamentos marca sua primeira aquisição no setor de moedas digitais. A transação deverá ser concluída ainda no primeiro semestre de 2021.

Em comunicado oficial, o PayPal anunciou que “concordou em adquirir a Curv para acelerar e expandir suas iniciativas de suporte a criptomoedas e ativos digitais”. Uma pessoa próxima da empresa afirmou ao portal israelense Calcalist que o valor estimado da transação está entre US$ 200 e US$ 300 milhões.

A Curv é uma empresa com sede em Tel Aviv, Isreal, que trabalha com segurança em blockchain, buscando ajudar usuários a armazenar ativos digitais da maneira mais segura. A startup trabalha com um sistema em nuvem que permite o acesso a carteiras digitais criptografadas sem depender de hardware específico para guardar chaves.

PayPal continua política pró-criptomoeda

Desde outubro de 2020, o PayPal adentrou o mercado de criptomoedas dando suporte a transações com moedas digitais através de sua plataforma mundial de pagamentos. Isso foi um importante marco para criptoativos, uma vez que a empresa facilitou o acesso de milhões de pessoas ao redor do mundo ao mercado.

Na época o PayPal anunciou seu compromisso de “ajudar a moldar o papel que as moedas digitais desempenharão no futuro dos serviços financeiros e do comércio”, conforme revela a publicação.

“Para impulsionar o crescimento sustentado e a inovação nesta área, a empresa criou recentemente uma unidade de negócios focada em blockchain, criptografia e moedas digitais. A Curv se juntará ao grupo recém-formado, com sua forte equipe de tecnólogos agregando conhecimento técnico ao PayPal”, conclui o anúncio.

Jose Fernandez da Ponte, vice-presidente e gerente geral em blockchain e criptomoedas do PayPal, afirmou que a aquisição da Curv é parte dos esforços da plataforma em investir em talento e tecnologia para “concretizar a visão de um sistema financeiro mais inclusivo”.

Interesse no setor de criptomoedas cresce

O boom no preço de criptoativos em 2021, principalmente os recordes do bitcoin, levantaram o interesse de muitos investidores institucionais. A Tesla comprou em janeiro US$ 1,5 bilhão em BTC, enquanto a MicroStrategy adquiriu um total de mais de US$ 1 bilhão na criptomoeda neste ano.

O PayPal segue o mesmo rumo. A plataforma anunciou sua primeira parceria com a Paxos, empresa de negociação de criptomoedas, em outubro de 2020 e passou a fornecer a seus clientes americanos acesso ao bitcoin, ethereum, bitcoin cash e litecoin.

Desde então, suas negociações foram um grande sucesso em volume e adesão de usuários. Um estudo conduzido pela Mizuho Securities descobriu que até o final de 2020, um quinto de todos os usuários do PayPal teve alguma experiência com o Bitcoin e 65% dos usuários da plataforma estavam interessados ​​em criptomoedas.

Com informações: TechCrunch

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Bruno Ignacio

Bruno Ignacio

Ex-autor

Bruno Ignacio é jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero. Cobre tecnologia desde 2018 e se especializou na cobertura de criptomoedas e blockchain, após fazer um curso no MIT sobre o assunto. Passou pelo jornal japonês The Asahi Shimbun, onde cobriu política, economia e grandes eventos na América Latina. No Tecnoblog, foi autor entre 2021 e 2022. Já escreveu para o Portal do Bitcoin e nas horas vagas está maratonando Star Wars ou jogando Genshin Impact.

Canal Exclusivo

Relacionados