Vídeo: destruindo o sensor CMOS de uma Canon 5D Mark II

Rafael Silva
Por
• Atualizado há 1 mês

Lasers são perigosos. Dependendo da potência dele, um laser pode causar desde pequenas queimaduras superficiais a até cegueira permanente se for direcionado para os olhos, como no caso do já conhecido Spyder III Pro Arctic Series. Mas que tipo de dano eles podem fazer com sensores CMOS de câmeras DSLR? Um usuário descuidado de uma dessas câmeras descobriu o que acontece, da pior maneira possível, ao filmar um evento com um show de lasers.


(Link para vídeo)

Essa fina linha que aparece no vídeo depois do laser passar na lente nada mais é do que um ex-sensor CMOS de 21.2 megapixels em bom estado. Ah, cada câmera desse tipo custa US$ 2.400,00, sem lente. Só para colocar o prejuízo em perspectiva.

Ao que parece a Canon 5D Mark II é ótima para gravar episódios de séries de TV, mas não foi feita para aguentar fortes rajadas de lasers nos seus sensores. Nem qualquer outra DSLR, na verdade. Então mantenha a sua câmera longe deles. Como lembrete, veja aqui outro vídeo do sensor sendo destruído.

Com informações: DoobyBrain | Dica do Henrique Martin (@henriquemartin) no Twitter.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Rafael Silva

Rafael Silva

Ex-autor

Rafael Silva estudou Tecnologia de Redes de Computadores e mora em São Paulo. Como redator, produziu textos sobre smartphones, games, notícias e tecnologia, além de participar dos primeiros podcasts do Tecnoblog. Foi redator no B9 e atualmente é analista de redes sociais no Greenpeace, onde desenvolve estratégias de engajamento, produz roteiros e apresenta o podcast “As Árvores Somos Nozes”.

Canal Exclusivo

Relacionados