Fibra óptica

A Vivo está expandindo seu serviço de banda larga por fibra óptica (FTTH) para mais três cidades no interior dos estados de São Paulo e Pernambuco. Os planos têm velocidades de download de até 300 Mb/s (megabits por segundo) e assinatura mensal de até R$ 199,99 no combo.

As novas cidades com Vivo Fibra são Cosmópolis e Hortolândia (SP), e Garanhuns (PE). De acordo com a operadora, houve R$ 27 milhões em investimentos com fibra óptica, e a nova estrutura vai atender aproximadamente 87 mil domicílios. Os municípios se somam aos outros 46 em São Paulo e 6 em Pernambuco que já eram cobertos pela rede de fibra da Vivo.

As velocidades e os preços dentro do combo com telefone fixo são os seguintes (entre parênteses, o valor do serviço de banda larga avulso):

  • 25 Mb/s de download e 12 Mb/s de upload: R$ 69,99 (R$ 114,99 avulso)
  • 50 Mb/s de download e 25 Mb/s de upload: R$ 89,99 (R$ 134,99 avulso)
  • 100 Mb/s de download e 50 Mb/s de upload: R$ 109,99 (R$ 154,99 avulso)
  • 200 Mb/s de download e 100 Mb/s de upload: R$ 149,99 (R$ 194,99 avulso)
  • 300 Mb/s de download e 150 Mb/s de upload: R$ 199,99 (R$ 244,99 avulso)

Segundo a Vivo, novos clientes do Vivo Fibra nas três cidades poderão ganhar bônus em outros serviços da operadora, incluindo até 10 GB de internet adicional por mês no plano de celular.

Vale lembrar que todas as novas assinaturas do Vivo Fibra já preveem em contrato a aplicação de franquia de dados. No entanto, as operadoras estão impedidas pela Anatel de aplicar sanções aos usuários que ultrapassarem os limites. Além disso, um projeto de lei que proíbe franquia na banda larga fixa está em tramitação no Congresso.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Paulo Higa

Paulo Higa

Ex-editor executivo

Paulo Higa é jornalista com MBA em Gestão pela FGV e uma década de experiência na cobertura de tecnologia. No Tecnoblog, atuou como editor-executivo e head de operações entre 2012 e 2023. Viajou para mais de 10 países para acompanhar eventos da indústria e já publicou 400 reviews de celulares, TVs e computadores. Foi coapresentador do Tecnocast e usa a desculpa de ser maratonista para testar wearables que ainda nem chegaram ao Brasil.

Canal Exclusivo

Relacionados