Você pode salvar até 2 TB nesse memory card de GameCube

Acessório chama a atenção pela sua versatilidade, garantindo muito espaço e conexão Wi-Fi; preço é algo que pode afastar quem não precisa tanto assim do item

Ricardo Syozi
Por
O MemCard PRO GC (Imagem: Divulgação / 8BitMods)

Um problema comum para os fãs de retrogame é a parte de salvar os jogos. É comum se deparar com baterias de cartuchos ou cartões de memória que param de funcionar, apagando os saves de muitos anos. Para diminuir esse tipo de frustração, a empresa 8BitMods anunciou o lançamento de um novo modelo de memory card para o GameCube, o MemCard PRO GC. Além de usar microSD para guardar os progressos, o gadget vem com uma tela OLED e conectividade via Wi-Fi.

O pequeno notável é um pouco maior que o memory card padrão do console da Nintendo. Entretanto, de cara é possível notar algumas diferenças visuais. A começar pelo display monocromático OLED de resolução 128×64. Ele informa qual título está sendo jogado, o status da conexão de rede e se o acessório está ativo.

Outra característica que chama a atenção é o design, que vem em duas cores: smoke black e frost white. Ambas trazem um estilo fosco, permitindo uma visualização do conteúdo interno do gadget.

Na parte interna, o pequeno item tem um processador dual-core de 240MHz, que promete acelerar o processo de salvamento dos jogos. Ademais, o memory card traz conexão via Wi-Fi para futuras atualizações, além de permitir que o usuário administre o conteúdo através da rede e de um aplicativo.

É claro que o maior destaque vai para a necessidade de usar um microSD para salvar os games. Dessa forma, o jogador terá em mãos um espaço virtualmente infinito para guardar sua jogatina. O MemCard PRO GC suporta cartões de até 2 TB.

O gadget custa US$ 77,98 (perto de R$ 411), mas já se encontra esgotado no site da 8BitsMods.

MemCard PRO GC
A versão Smoke Black do MemCard PRO GC (Imagem: Divulgação / 8BitsMods)

Cenário de retrogame continua em alta

O lançamento deste modelo de memory card é mais uma prova de que a comunidade retrogamer se mantém na ativa, mesmo com a alta dos preços relacionados ao hobby.

Diversos acessórios e modificações continuam surgindo, focando bastante na experiência dos entusiastas na hora de ligar seus consoles mais antigos.

Por exemplo: em janeiro de 2023, a companhia Retro-Bit anunciou um novo controle para o GameCube. Ele foi desenvolvido para quem quer jogar títulos 2D ou através do Game Boy Player, periférico que permite curtir games de Game Boy Advance no console quadradinho.

A própria 8BitsMods já lançou há um tempo uma versão do memory card com tela para o PlayStation 1, que acabou sendo um sucesso de vendas.

Eventos no Brasil como o do Canal 3 cultivam o saudosismo, juntando fãs em conversas e jogatinas, do Atari ao PlayStation 3. Seja como for, esse tipo de brincadeira continua chamando a atenção de crianças e adultos.

Com informações: RetroRGB.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Ricardo Syozi

Ricardo Syozi

Ex-autor

Ricardo Syozi é jornalista apaixonado por tecnologia e especializado em games atuais e retrôs. Já escreveu para veículos como Nintendo World, WarpZone, MSN Jogos, Editora Europa e VGDB. No Tecnoblog, autor entre 2021 e 2023. Possui ampla experiência na cobertura de eventos, entrevistas, análises e produção de conteúdos no geral.

Canal Exclusivo

Relacionados