Xbox Cloud Gaming já domina jogos na nuvem, bem à frente da Nvidia e PlayStation

Plataforma de nuvem da Microsoft tem mais da metade do mercado global; domínio tem como um dos motivos uma maior disponibilidade do que os concorrentes

Ricardo Syozi
Por
Xbox Cloud Gaming (Imagem: Divulgação / Microsoft)

No relatório divulgado pela Autoridade de Competição e Mercado do Reino Unido (CMA), a entidade apontou que a Microsoft domina a indústria de jogos em nuvem. Entretanto, a diferença é muito maior do que pensávamos. Segundo os dados apresentados na quarta-feira (8), a liderança é de cerca de 60% a 70%. Isso coloca a dona do Xbox Cloud Gaming muito à frente de marcas como Nvidia, PlayStation e Amazon.

O texto inicial da autoridade não tem como foco apresentar os surpreendentes números, mas sim a intenção de se opor à aquisição da Activision Blizzard pela Microsoft. Contudo, com um olhar mais atento, é possível pegar a informação pelo apêndice do comunicado.

E é incrível como a companhia de Redmond lidera com folga.

O mais interessante é que segundo o relatório da CMA, os dados são globais e não unicamente do Reino Unido.

A lista abaixo resume o mercado de jogos em nuvem no ano de 2022:

  • Xbox Cloud Gaming: 60-70%
  • Nvidia GeForce Now: 10-20%
  • PlayStation Cloud Gaming: 10-20%
  • Amazon Luna: 0-5%
  • Google Stadia: 0-5%

Para efeito de comparação, em 2021, Microsoft, Sony e Nvidia praticamente dividiam a liderança da indústria. Até mesmo o serviço de streaming de games do Google tinha uma parcela interessante de quase 10% do mercado. Claro, isso foi antes da gigante de buscas anunciar o encerramento do Stadia.

Seja como for, a mudança em questão de 12 meses foi enorme. Consagrando a casa do Xbox como uma verdadeira força na área de jogos em nuvem. Também é importante lembrar que essa plataforma está disponível para mais países, inclusive o Brasil, do que suas concorrentes.

Cloud gaming já é sucesso para quem experimenta o projeto

A indústria de games por streaming ainda está engatinhando, no entanto, já é possível afirmar que ela é um sucesso. Primeiro pela razão de tantas empresas quererem uma fatia dessa torta, oferecendo cada vez mais opções para o público. Segundo, porque a tecnologia está cada vez mais competente, entregando serviços com pouco lag e fácil acesso.

O Amazon Luna, por exemplo, deu às caras no fim de 2020, funcionando mais como uma alternativa para quem não quer adquirir um console. Mesmo estando disponível em poucos países, a plataforma é interessante para quem já é assinante do Prime.

Já o Nvidia GeForce Now traz um catálogo interessante com sucessos recentes como A Plague Tale: Requiem e Marvel: Midnight Suns.

É claro que para os brasileiros, o Xbox Cloud Gaming ainda é rei, já que está disponível desde 2021. Com uma assinatura do Game Pass Ultimate, o usuário pode curtir os jogos da biblioteca do serviço através de uma conexão de internet.

O que você acha dos games em nuvem?

Com informações: 9to5Google.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Ricardo Syozi

Ricardo Syozi

Ex-autor

Ricardo Syozi é jornalista apaixonado por tecnologia e especializado em games atuais e retrôs. Já escreveu para veículos como Nintendo World, WarpZone, MSN Jogos, Editora Europa e VGDB. No Tecnoblog, autor entre 2021 e 2023. Possui ampla experiência na cobertura de eventos, entrevistas, análises e produção de conteúdos no geral.

Canal Exclusivo

Relacionados