Como saber quem consultou meu CPF?

Empresas consultam seu CPF para avaliar o risco de crédito e evitar fraudes, mas é possível saber quantas e quais fizeram isso

Wagner Pedro
Por
• Atualizado há 8 meses
CPF (Imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)
CPF (Imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

Através do Serasa, você consegue saber quantas e quais empresas consultaram seu CPF. Com isso, é possível ter em mãos um relatório completo contendo o nome (e outras informações) das instituições financeiras que avaliaram seus dados nos últimos 30 dias. Abaixo, vou te mostrar como saber quem consultou seu CPF.

Por que uma empresa consultou seu CPF?

Antes de mais nada, é preciso entender o motivo das empresas consultarem o CPF de alguém. Em resumo, as consultas servem para avaliar o risco de crédito e evitar fraudes, já que elas podem detectar casos de clonagem ou estelionato pelo uso de documentos furtados, por exemplo. Mas não se preocupe, todas as consultas são confidenciais e ficam armazenadas no banco de dados do próprio Serasa.

Além disso, também é importante esclarecer que o registro não funciona como um limitador de crédito. Ou seja, a Serasa não tem nenhum poder para decidir se a empresa deve ou não conceder o crédito, já que isso depende da política interna de cada instituição. Na verdade, ela apenas fornece as informações solicitadas.

Como saber quem consultou seu CPF

Para que a Serasa emita o relatório, você precisa ter em mãos toda a documentação necessária:

  • Cópia autenticada do RG, CPF ou CNH;
  • Um “Requerimento”, que nada mais é do que um texto, assinado pelo requisitante, solicitando o relatório das consultas ao seu próprio CPF nos últimos 30 dias.

Feito isso, há duas formas de solicitar o documento:

  • Mandar uma carta para o Serasa Experian: Avenida Doutor Heitor José Reali, nº 360, Distrito Industrial Miguel Abdelnur, São Carlos (SP), CEP: 13571-385;
  • Ir a uma agência Serasa Consumidor: acesse serasa.com.br/atendimento-presencial e escolha a agência mais próxima de sua casa.

Após a solicitação, o relatório é emitido em até 10 dias úteis. Depois disso, uma carta será enviada para seu endereço, de forma gratuita, contendo o nome das empresas que consultaram seu CPF, além de outras informações importantes.

Vale lembrar que o Serasa também tem um serviço “Premium”. Assinando qualquer plano, você consegue monitorar dívidas em seu CPF, consultas feitas em seu nome, seus CNPJs e vazamento de dados online, por exemplo. Caso tenha interesse, acesse serasa.com.br/premium/.

Esse conteúdo foi útil?
😄 Sim🙁 Não

Receba mais sobre CPF na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Wagner Pedro

Wagner Pedro

Ex-autor

Wagner Pedro é um paraibano “arretado” apaixonado por smartphones e cobre tecnologia desde 2017. Autodidata desde a época dos PCs de tubo, internet discada e Windows XP, buscou conhecimento em pequenos cursos de Informática e uniu essa paixão ao jornalismo. Ainda sente falta do extinto Windows Phone.

Relacionados