O que é PPPoE?

Saiba o que é PPPoE, uma evolução do Protocolo Ponto-a-Ponto, e entenda qual a sua utilização no acesso banda larga à internet

Ricardo Fraga
Por

Várias pessoas se conectando simultaneamente, no mesmo servidor? As coisas nem sempre foram assim. Hoje, isso é possível por causa do protocolo de rede PPPoE, que em português significa Protocolo Ponto-a-Ponto sobre Ethernet, uma evolução do PPP, Protocolo Ponto-a-Ponto. Continue a leitura para entender melhor o que é PPPoE, sua importância e onde, geralmente, é utilizado. Vamos lá?

PPPoE (Point-to-Point Protocol over Ethernet ou Protocolo Ponto-a-Ponto sobre Ethernet) é um protocolo desenvolvido para que uma única conexão entre o cliente e o servidor possa ser compartilhada com mais usuários em uma rede, por um roteador.
O que é PPPoE? (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

PPPoE, sigla de Point-to-Point Protocol over Ethernet ou Protocolo Ponto-a-Ponto sobre Ethernet, em português, é um protocolo desenvolvido para que uma única conexão entre o cliente e o servidor possa ser compartilhada com mais usuários em uma rede, por um roteador. Ou seja, vários clientes podem se conectar, ao mesmo tempo e no mesmo servidor, para ter acesso à internet.

Na verdade, o PPPoE é uma evolução do PPP (Protocolo Ponto-a-Ponto), utilizado nas conexões dial-up, em que o computador do cliente discava para um servidor da empresa que fornece acesso via linha telefônica.

Dessa forma, ele foi desenvolvido pelo UUNET, Redback Networks e RouterWare, para que fosse possível superar as limitações do PPP e permitir conexões multihost. Em 1999 o PPPoE foi formalizado.

Onde é utilizado?

O PPPoE é utilizado, entre outras, por empresas que prestam serviço de acesso banda larga e fornecem autenticação, criptografia e compressão de dados ao processo de conexão à internet.

A possibilidade de permitir a autenticação do usuário junto à empresa prestadora de serviço de acesso banda larga é um dos principais motivos para o seu uso.

É por meio do PPPoE que as empresas de banda larga podem controlar, por exemplo, quem tem acesso aos seus serviços e a largura de banda à qual o cliente tem direito.

Com informações: Digital Citizen e TechTarget.

Ricardo Fraga

Ex-redator

Ricardo Fraga é formado em jornalismo e já trabalhou como desenvolvedor de aplicativos. Cobrindo temas relacionados à tecnologia desde 2009, foi redator no Tecnoblog entre 2020 e 2021 e produziu conteúdos sobre softwares, hardwares e redes sociais para a editoria TB Responde. Antes disso, foi autor no Meio Bit e escreveu matérias sobre empresas de inovação como Google, Apple e Meta.

Relacionados

Relacionados