FBI

Artigos de FBI

FBI diz que hackers ganharam quase US$ 18 milhões vendendo moedas digitais do FIFA

às 12h01 por

Uma investigação do FBI descobriu um esquema de fraude no FIFA, da Eletronic Arts, que pode ter rendido entre US$ 15 milhões e US$ 18 milhões em dois anos. No modo Ultimate Team de FIFA, os jogadores compram e vendem, com dinheiro virtual e real, pacotes de cartas que representam atletas profissionais de futebol. Essas cartas servem para os jogadores montarem seus times e se enfrentarem em partidas online. No último ano, o Ultimate Team

Talvez seja hora de largar o Yahoo Mail

às 15h35 por

Se o significado de má fase não existisse, o Yahoo certamente estaria apto a criá-lo. Além da crise interna que vem levando ao fechamento ou reformulação de seus serviços (sem contar a sua inevitável venda), a empresa tem enfrentado um escândalo atrás do outro. No mês passado, o Yahoo admitiu o

Método utilizado pelo FBI para acessar dados de iPhone não funciona com modelos recentes

às 11h08 por

Depois de uma briga com a Apple, o FBI conseguiu acessar os dados do iPhone 5c de um terrorista que promoveu um atentado em San Bernardino, na Califórnia, em dezembro. O FBI não informou o método utilizado para quebrar a proteção sem a ajuda da Apple, mas o diretor James Comey confirmou à CNN nesta quinta-feira (7) que a técnica não funciona no iPhone 5s e modelos mais recentes. O

FBI conseguiu acessar os dados de um iPhone sem ajuda da Apple. Estamos perdidos?

às 17h12 por

A briga da Apple com o FBI acabou, mas o debate sobre segurança e privacidade continua. Nesta terça-feira (29), o Departamento de Justiça (DoJ) e o FBI anunciaram que conseguiram invadir o iPhone que contém dados cruciais para uma investigação de terrorismo. Por meio de uma petição, a advogada do Estado americano arquivou o processo contra a Apple. "O governo acessou com sucesso os dados armazenados no iPhone de Farook

EUA pedem que Apple crie brecha para acessar arquivos protegidos nos iPhones

às 12h43 por

A Apple publicou na noite desta terça-feira (16) uma carta aberta assinada por Tim Cook para se opor publicamente a uma demanda do governo dos Estados Unidos, que pede à empresa para desenvolver uma brecha na tecnologia de criptografia de dados do iOS. Com a falha proposital, as autoridades poderiam acessar informações protegidas nos iPhones de cidadãos que estiverem sendo investigados. A história começou com o

FBI acusa oficialmente Coreia do Norte sobre invasão da Sony

às 16h21 por

Respondendo à curiosidade que se instalou desde que os cyberataques sofridos pela Sony resultaram no cancelamento do filme A Entrevista, o FBI comunicou que já tem provas suficientes para colocar a responsabilidade no governo norte-coreano. As suspeitas de que o grupo Guardiões da Paz seria associado ao governo da Coreia do Norte surgir

Documentos supostamente mostram quanto a Microsoft cobra para fornecer dados de usuários ao FBI

às 17h00 por

Um grupo hacker da Síria que se autodenomina Syrian Electronic Army (SEA) afirma ter tido acesso a documentos que, entre outras informações, mostram que o FBI (a polícia federal dos Estados Unidos) paga à Microsoft para ter acesso a dados de determinados usuários da empresa. Como que para provar, o grupo entregou parte destes supostos materiais ao site Daily Dot. Os arquivos - recibos, na verdade – são atrelados à DITU (Unidade de Tecnologia de Intercepção Digi

Como o FBI encontrou e prendeu o dono do Silk Road

às 15h01 por

Por muito tempo, ninguém sabia quem era (ou eram, já que poderia ser um único nome utilizado por mais de uma pessoa) Dread Pirate Roberts. Apenas que ele era o dono do Silk Road, um site de venda (obviamente ilegal) de drogas que opera na deep web e faz transações utilizando Bitcoins, para garantir o anonimato tanto de quem vende como de quem compra. Mas, hoje, DPR teve sua identidade revelada pelo FBI: Dread Pirate Roberts era o pseudônimo utilizado por Ross Ulbricht para manter-se anônimo na internet. E, claro, fo

EUA têm acesso a 1,6% de toda a comunicação mundial

às 08h07 por

Temos falado muito sobre o programa de espionagem mantido pelo governo dos Estados Unidos. Neste fim de semana, apareceu na rede, de maneira oficial, uma importante informação a respeito do assunto. A NSA (Agência de Segurança Nacional, na sigla em inglês) revelou que tem acesso a 1,6% de toda a comunicação global. Seja por meio da internet ou por telefone, a administração do presidente Barack Obama (e dos antecessores) consegue rastrear este pequeno percentual de uma rede mundial utilizada por cerca de 2,4 bilhões de pessoas -- considerando-se apenas o número de internautas ativos.

FBI e Apple negam envolvimento no vazamento de IDs de dispositivos iOS

às 10h03 por

Na terça-feira dessa semana um grupo de hackers ligado ao movimento AntiSec liberou na web 1 milhão de identificadores únicos de dispositivos iOS, incluindo nomes de pessoas e os nomes dos aparelhos em questão. Esses dados, segundo eles, saíram de um laptop do FBI. Mas ontem tanto a agência de inteligência americana quanto a Apple negaram envolvimento com o suposto vazamento. Segundo o AllThingsD,

FBI deixará 300 mil computadores sem internet; saiba se o seu está na lista negra

às 23h14 por

A polícia federal dos Estados Unidos determinou: servidores de DNS maliciosos serão desativados na madrugada desta segunda-feira (09). Com isso, cerca de 300 mil computadores contaminados podem ficar sem o acesso à internet. Essa situação se deve ao malware DNS Changer, um software que modifica o provedor de DNS dos PCs infectados e faz com que os sites acessados não sejam os corretos. O coordenador de pesquisas para América Latina da fabricante do antivírus NOD32, Raphael Labacca, explicou-me que o DNS Changer funciona como um sequestro de DNS. Em vez

Carregar mais posts